Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

sábado, 06/02/2021

Paraibano cotado para ministério

Fim da polêmica

O Supremo Tribunal Federal firmou maioria, no dia de ontem, no sentido de que o presidente da República deve seguir a lista tríplice para indicar os reitores das instituições federais de ensino.

Mas o STF interpretou que o presidente não é obrigado a nomear o nome mais votado pelos colegiados das instituições.

O julgamento ocorre através do ´plenário virtual´, por provocação da Ordem dos Advogados do Brasil.

Precedentes

Desde o início de seu mandato, Jair Bolsonaro já fez 14 indicações que não resultaram na escolha do mais votado internamente.

O detalhe

Uma dessas indicações foi a do professor Valdiney Veloso como reitor da UFPB.

Saia justa a caminho

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), indicou o deputado Raniery Paulino (MDB) para ocupar a vice-liderança do governo na Assembleia Legislativa, ao lado do líder, Wilson Filho (PTB).

´Quase ontem´

Faz pouco tempo que o ex-deputado estadual João Henrique ´baixou a sepultura´, vitimado pela Covid 19.

Guinada

Mas a dinâmica política é acelerada, ao ponto de o ´espólio´ político do ex-deputado do PSDB já estar em marcha batida para integrar a base de apoio do governo estadual.

O que impedia

“Algo que sempre respeitamos (a postura independente do ex-marido) e que sempre levou a gente a seguir a orientação dele. Era tudo diferente, por isso, era mais difícil”, comentou ontem a deputada federal Edna Henrique (PSDB), ao admitir a aproximação do governador João Azevedo (Cidadania).

Faz tempo

Edna revelou que sempre teve “um carinho muito grande pela pessoa do governador”.

“A união com ele por um trabalho em defesa da Paraíba é algo que sempre vi com bons olhos”, acrescentou a parlamentar.

Aproximação

Há alguns dias, as ´paredes´ oficiais testemunharam a passagem de Michel Henrique, filho de João Henrique, para uma conversa com o governador.

Interlocução

O vereador Rubens Nascimento assumiu a liderança do partido Democratas na Câmara Municipal de Campina Grande.

Freio

O senador Veneziano Vital (MDB) se posicionou contra a tramitação virtual da proposta de reforma tributária.

Impraticável

“Dificilmente, você consegue fazer o melhor debate. Não há como pretender que se dê conta dessa forma”, avaliou o ´V´.

Bate…

Dias atrás, houve uma áspera troca de farpas entre o deputado paraibano Wellington Roberto (PL) e o ex-presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ).

… Boca

“Vamos sair dessa bagunça”, disse Wellington para o então candidato a presidente, deputado Arthur Lira (PP-AL), numa reunião com Rodrigo.

Réplica

“Você é o valentão, o dono do Brasil”, devolveu Rodrigo Maia.

Sábado é dia de poesia

Hoje vai ser diferente. O destaque será para as duas músicas repetidamente tocadas na festa da vitória de Arthur Lira para a presidência da Câmara Federal – a farra que ignorou por completo os tempos pandêmicos que estamos atravessando.

Hit 1

´É Tarde Demais´, do grupo Raça Negra: “…Hoje é você quem está sofrendo, amor/ Hoje sou eu quem não te quer/ O meu coração já tem um novo amor/ Você pode fazer o que quiser/ Você jogou fora o amor que eu te dei/ O sonho que sonhei, isso não se faz…”

Hit 2

´Letícia´, do compositor Zé Vaqueiro: “…Por que você foi me iludir/ Falando que ia voltar?/ Tu me deixou aqui sozinho/ Comprei uma São Braz pra gente tomar…”

O detalhe

Tudo indica que era uma ´zoeira´ com o deputado Rodrigo Maia.

Marcha à ré

O ministro Kássio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal, remeteu para a Justiça Federal da Paraíba o processo contra o deputado federal Wilson Santiago (PTB), sob a alegação de que as acusações se referem a fatos anteriores ao exercício do atual mandato.

Só recordando

A Operação ´Pés de Barro´, que envolve o deputado, diz respeito à acusação da formação de uma organização criminosa, em conjunto com o prefeito de Uiraúna, João Bosco Fernandes, para cobrar propina de obras no Sertão financiadas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (à época Ministério da Integração Nacional), orçadas em quase R$ 25 milhões.

Da boca de…

“… Não tenho relação com João Azevêdo. Ele é uma pessoa de difícil relação, inclusive…” (senadora Daniella Ribeiro, do PP).

Salto no escuro

A venda do vermífugo ivermectina – estimulada pelo presidente Bolsonaro para tratamento da Covid 19 – saltou de R$ 44,4 milhões em 2019 para R$ 409 milhões no ano passado, alta de 829%, informou ontem o jornal Valor Econômico.

No páreo

O deputado paraibano Hugo Motta, do Republicanos da Paraíba, que esta semana foi alçado à liderança do partido na Câmara Federal, poderá passar pouco tempo no cargo.

Hugo é um ´fiel escudeiro´ do novo presidente da Câmara, deputado Arthur Lira. E poderá ter o aval de Lira para assumir o Ministério da Cidadania, atualmente ocupado pelo ´coringa´ do governo Bolsonaro, deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS).

Com a ´Calvário´ ativa, os cenários para 2022 são inconsistentes...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube