Jornalista há quase 30 anos, escreve a coluna Aparte desde 1991. Já trabalhou em TV, rádio e foi editor chefe do Jornal da Paraíba e colunista das TVs Cabo Branco e Paraíba. É comentarista político das rádios Campina FM, Caturité AM e editor do portal de notícias Paraibaonline.

quinta-feira, 15/06/2017

Outro pedido de impeachment

Nova quarentena

Ao julgar ontem uma ação que envolve a Universidade Federal do Ceará, o Supremo Tribunal Federal decidiu que “é compatível com a Constituição Federal a previsão legal que exige o transcurso de 24 meses, contados do término do contrato, antes da nova admissão de professor temporário anteriormente contratado”.

A decisão deverá respingar na UEPB.

Sob vigilância

Nas palavras do seu atual presidente nacional, senador Tasso Jereissati (CE), o PSDB “vai ficar no monitoramento diário” com relação ao Governo Temer.

Avanço

A empresa aérea Gol assinou o contrato para usar o posto de combustíveis do Aeroporto João Suassuna, em Campina Grande, para abastecer as suas aeronaves.

Outra etapa

É preciso sensibilizar o governo estadual a oferecer, ao aeroporto campinense, a mesma alíquota reduzida de ICMS para o querosene de aviação que já concede (faz tempo!) ao Aeroporto Castro Pinto.

Pleito

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Campina já remeteu apelo nesse sentido.

Da boca de…

“… A Odebrecht foi parasita da Petrobras. O maior parasita da Petrobras foi a Odebrecht…” (ministro Herman Benjamin durante o recente julgamento no TSE).

Debutante

No exercício da governadoria, Lígia Feliciano (PDT) amanheceu ontem em Campina, mais precisamente na emissora de rádio de sua família – a Panorâmica FM.

“Eu faço parte de uma nova geração política da Paraíba”, proclamou.

´Grupo´

Instada a falar sobre as eleições de 2018, a vice-governadora enfatizou que “faço parte de um projeto político que vem dando certo e que vem transformando a Paraíba”, acrescentando que as definições ficam para o ano que vem.

Pronunciamento

Coube ao decano (mais antigo) ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, sair ontem em defesa do ministro relator da Operação Lava Jato, Edson Fachin.

Desagravo

“Ministro Fachin é um grande juiz, é um jurista eminente, desde os seus tempos de academia na Universidade Federal do Paraná, cercado de alta respeitabilidade, e merece o apoio institucional do Supremo”, afirmou Celso.

Aval

Ainda de acordo com o decano, Fachin “está realizando um trabalho notável como relator de causas extremamente complexas”.

Decisiva

Celso de Mello concluiu que “a atuação do ministro Fachin é fundamental neste momento decisivo em que os caminhos da República se delineiam e se estendem à nossa frente”.

Começar…

“Precisamos refundar o PSDB”. A assertiva foi verbalizada ontem pelo deputado federal Pedro Cunha Lima.

… De novo

Para ele, a legenda precisa protagonizar “um exercício de humildade e tentar se reconectar com a população”.

Alas

Pedro situou que a cúpula e a bancada do partido no Congresso Nacional estão divididas, de maneira quase igual, em três enfoques acerca desse impasse político.

Vertentes

Existem os que defendem o imediato rompimento com o governo; os que querem a entrega de todos os cargos, mas a preservação do apoio às reformas importantes para o País; e os que desejam continuar dando o apoio integral ao presidente.

´Pegar o beco´

O ´tucano´ paraibano se mostrou, durante entrevista na ´Campina FM´, enfático com relação ao presidente licenciado do partido, senador Aécio Neves (MG): “Ele tem que responder às denúncias como qualquer cidadão, e se distanciar da política”.

“Não há espaço para a contemporização”, reforçou.

Aversão

´Braço direito´ do ex-presidente Lula em sua passagem pelo Palácio do Planalto, o ex-chefe do gabinete pessoal da Presidência Gilberto Carvalho disse em depoimento na Operação Lava Jato que o petista é avesso a dinheiro.

Proletário

“O presidente Lula tem muitos defeitos, como qualquer ser humano. Agora, tem uma coisa. Ele nunca quis ficar rico. Ele nunca pensou em usar a função dele como presidente para auferir recursos próprios. Isso eu posso ter certeza, posso afirmar porque eu acompanhei no dia a dia naqueles oito anos que eu estive ali”, declarou ´Gilbertinho´, como o chama Lula.
Sem picaretagem

O ex-ministro avançou em seu depoimento: “No nosso governo não havia clima para ninguém, nenhum picareta que fosse, chegar e fazer qualquer tipo de oferta. Havia uma regra entre nós muito forte nesse sentido. Nós não podíamos nem receber convites para ir para torneios, não sei o que lá, ou tal, que o Banco do Brasil financiava ou que a própria Petrobrás financiava”.

Óbito

Faleceu ontem o conhecido professor da UFCG (Unidade Acadêmica de Matemática) Bráulio Maia Júnior, irmão do secretário executivo de Planejamento e Gestão do Estado, Fábio Maia.

Despedida

O sepultamento será às 14h de hoje no Campo Santo Parque da Paz (Distrito Industrial de Campina Grande), onde ocorreu o velório desde a noite de ontem.

Freio da toga

O ex-procurador-geral da República Cláudio Fonteles decidiu apresentar um pedido de impeachment contra o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal.

“É claramente uma atuação política que não condiz com o cargo que ele exerce”, justificou Fonteles.

E se Campina tivesse dois candidatos a governador em 2018?...
Simple Share Buttons