Jornalista há quase 30 anos, escreve a coluna Aparte desde 1991. Já trabalhou em TV, rádio e foi editor chefe do Jornal da Paraíba e colunista das TVs Cabo Branco e Paraíba. É comentarista político das rádios Campina FM, Caturité AM e editor do portal de notícias Paraibaonline.

terça-feira, 18/07/2017

´Outro golpe´?

Mais concessões

O governo federal vai leiloar dois blocos de aeroportos na nova rodada de concessão do setor, informou no final de semana o jornal O Globo.

Seriam os de Recife (Guararapes) e o de Cuiabá Mato Grosso.

´Contrapesos´

Pela modalidade que está sendo concebida, quem arrematar Recife levará também os aeroportos de Campina Grande, Maceió (AL), Aracaju (SE), Juazeiro (CE) e João Pessoa.

Repasse

O jornal noticia que está decidido que a Infraero repassará para a Aeronáutica o serviço de controle de tráfego aéreo (torres de controle e 1.900 funcionários).

O detalhe

A Infraero tem 10,8 mil funcionários e administra 56 aeroportos em todo o país.

Nos últimos três anos, a empresa estatal registrou prejuízo acumulado de R$ 7,6 bilhões.

Critério

Presidente estadual do PSDB, o ex-deputado Ruy Carneiro disse ontem que o candidato a governador da ´frente de oposição´ será o “melhor situado. Nós vamos testar nas pesquisas – de imagem e de intenção de voto”.

Cerco

O presidente Michel Temer (PMDB) está tentando agendar aproximadamente 80 audiências, para os próximos dias, com deputados que se mostram indecisos com relação à autorização para a continuidade das investigações contra o peemedebista.

Presidenciável

Foi confirmada para o dia 31 de agosto a palestra do prefeito de São Paulo, João Dória Júnior (PSDB) em Campina Grande, no I Fórum Estadual de Comércio.

O que vem…

O jornal Folha de São Paulo publicou que na delação premiada que negocia com procuradores da Operação Lava Jato, a empreiteira OAS apresentou fatos ilícitos que, segundo ela, evolvem ministros do TCU (Tribunal de Contas da União) e conselheiros de Tribunais de Contas da maioria dos Estados em que a empresa tinha obras.

… Por aí

Segundo envolvidos nas investigações, executivos da empreiteira relataram que integrantes desses tribunais atuaram a favor da OAS, ajudando em trâmites que deram celeridade a obras e também na liberação de recursos.

O detalhe

A empresa também promete delatar personagens do Judiciário.

Negativa

O prefeito Luciano Cartaxo (PSD-JP) negou ontem qualquer estremecimento nas relações com os demais partidos que fazem oposição na Paraíba, como também qualquer insatisfação em termos de PSD, apesar de alguns de seus aliados estarem atuando para fortalecer o PMN no Estado.

Novo destino

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, requereu ao Supremo Tribunal Federal a redistribuição de seis inquéritos baseados na delação da Odebrecht, alegando que não há conexão com a Operação Lava Jato.

Investigados

Esses inquéritos envolvem os senadores Fernando Collor (PTC-AL), Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) e Cassio Cunha Lima (PSDB-PB).

Incompleto

Janot, no caso do ´tucano´, pede a prorrogação do prazo para a investigação, observando que ainda faltam algumas diligências e a coleta de testemunho de alguns delatores e do próprio senador.

Simples assim

Em palestra ontem nos Estados Unidos, Rodrigo Janot afirmou que “quanto mais colaboração, mais premiação, quanto menos colaboração, menos premiação ou nenhum acordo.”

Conterrâneo

A Câmara campinense vai entregar, às 17h30 desta quarta-feira, na catedral campinense, o titulo de cidadania ao administrador diocesano, padre Aparecido Camargo, que estará comemorando 30 anos de ordenação sacerdotal.

A iniciativa é do vereador Antonio Pimentel Filho (PSD).

Dosando as…

Romero Rodrigues comentou ontem a hipótese, cogitada nos bastidores políticos, de o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB) vir a compor a chapa majoritária nas eleições do ano que vem.

… Palavras

“Acho que é muito cedo para definir chapa. Pedro é nome para estar no Senado, como governador, ou qualquer outra função. Nós estamos definindo teses. As teses que tenho defendido são colocar meu nome à disposição. É legítima a colocação de Pedro, do senador Cássio, mas falta muito tempo para discutirmos isso”, assinalou o prefeito.

Nada de anormal

Romero ressalvou que “ninguém pode impossibilitar, já por antecipação, a manifestação de pretensão de quem quer que seja, seja de Pedro ou de qualquer outro. Os partidos da oposição, todos eles, têm legitimidade para apresentar os seus nomes”.

Faixa própria

“Não sou imbecil ao ponto de chegar a dizer que só é bom o meu nome. Estou defendendo, pois não vou defender os outros, tenho que defender uma pretensão minha. O meu nome só tem crescido, pois as pessoas analisam não o nome, mas a gestão”, completou Romero em entrevista à ´Correio FM´.

Em gestação

Enquanto nas manchetes predomina o incerto futuro do Governo Temer, o PMDB, o PSDB e mais oito partidos do chamado ´Centrão´ avançam num acordo para incluir na proposta de reforma política um artigo que cria o “distritão”.

Nesse sistema, são eleitos apenas os parlamentares mais votados em cada Estado, sem considerar quociente eleitoral ou voto em legenda.

Qual o tamanho do fosso entre Romero e a direção estadual do PSDB?...