Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

sábado, 09/02/2019

Outro duro recado

Prefeito na ofensiva

Após a sua posse no cargo, ocorreu ontem o ´batismo´ do governador João Azevedo (PSB) no debate público com adversários políticos.

A cutucada partiu do prefeito pessoense Luciano Cartaxo (PV): “Eu acho que o governo do Estado tem que encerrar esse contrato com a Cruz Vermelha, pois toda a direção da instituição está presa. Então, como é que o governo insiste em manter um contrato com uma empresa onde está instalada uma verdadeira quadrilha, uma organização criminosa? E não sou eu quem está dizendo, é o Ministério Público”.

Dever de casa

João foi rápido no revide: “O que ele (Cartaxo) tem que fazer é a saúde municipal funcionar, até porque basta visitar o Hospital Trauminha (Mangabeira) para entender o que eu estou dizendo”.

Torniquete

O site paraiba radioblog (e a TV Cabo Branco) mostraram ontem a reprodução de trechos de conversas dos secretários Waldson Souza (Planejamento) e Gilberto Carneiro (Procuradoria Geral do Estado) com um empresário sobre um processo licitatório.

A situação dos dois auxiliares do governo ficou delicada.

Vai sair lasca

Nos bastidores da Assembleia Legislativa é aguardado o primeiro debate acalorado em plenário entre os deputados Ricardo Barbosa (PSB) e Walber Virgulino (PSL)

Estreia

O pernambucano Jobson de Paiva Silveira Sales, atualmente gerente executivo regional do INSS em Campina Grande, é o novo colunista do PARAIBAONLINE, trazendo quinzenalmente uma coluna abordando mercado de trabalho e serviço público.

Credenciais

Ele é formado em Direito pela UEPB, com mestrado em Gestão de Sistemas de Seguridade Social na Universidade de Alcalá, possuindo especialização no Centro de Formação da ONU em Turim, na Itália (Gestão de Seguridade Social).

Garimpo

“Os pais perderam os filhos; os estádios perderam futuros talentos; e os torcedores ficaram sem um pedaço do futuro”.

Trecho de reportagem da Globonews sobre a tragédia no centro de treinamento do Flamengo.

Convocação

Foi agendada para o dia 20 próximo a nova reunião do governo federal com os governadores, para apresentação do projeto de reforma previdenciária.

No Norte

O conselheiro Fábio Nogueira, do Tribunal de Contas do Estado, recebeu esta semana a ´Medalha Siqueira Campos´, condecoração do TCE do Tocantins “àqueles que contribuem para o fortalecimento do controle externo”.

Uma dúzia

Desde a eleição de outubro (posse no dia 1º último), 12 senadores da atual legislatura já trocaram de partido.

Panos…

Ao tratar da crise interna em sua bancada no Legislativo campinense, em razão de cargos na mesa diretora, o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) comentou que “caberia, já há algum tempo, uma reunião interna, onde as pessoas pudessem, de forma madura e serena, buscar um entendimento e uma conciliação, que é melhor para a cidade, para o parlamento e para o executivo”.

… Quentes

“Se precisarem de mim, estarei à disposição para ajudar nesse diálogo. E também, claro, não devem criar algum tipo de instabilidade onde não há necessidade”, acrescentou RR.

Pra já

O vereador campinense Galego do Leite (Podemos) já sinalizou à mesa diretora do Legislativo que vai tirar licença e abrir espaço para a suplente da vez, ´Dona Fátima de Santa Terezinha´ (Podemos).

Da boca de…

“… É preciso entender que o esporte não é apenas corrida (atletismo). Temos várias outras modalidades…” (vereador Bruno Faustino, líder da oposição na Câmara campinense, dando uma alfinetada indireta no secretário de Esportes da PMCG, vereador Teles Albuquerque).

Preocupante

A sensação – à distância – é de que precisa ser aprofundada a apuração acerca do estado de saúde do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Sábado é dia de poesia

“As pessoas não morrem, ficam encantadas”.

Escritor Guimarães Rosa, em homenagem aos ex-atletas do Flamengo.

Incisivo

O atual superministro da Economia, Paulo Guedes, adota uma linguagem franca, não habitual aos meios políticos.

Leia trechos de recentes declarações.

Preservados

“Ninguém mexe em direitos, mas daremos novas alternativas para os trabalhadores (…) As regras trabalhistas não estão sendo mudadas pela PEC (emenda) da Previdência.

Libertação

“Queremos libertar os jovens de um regime obsoleto, atrasado e injusto, que não proporciona hoje emprego para eles”, afirmou o ministro, observando em seguida que atualmente existem mais de 46 milhões de trabalhadores brasileiros que estão na informalidade, por causa dos altos encargos que incidem sobre a folha de pagamentos das empresas.

Ônus

“Cada emprego hoje custa dois porque os encargos são muito altos. Para cada jornalista contratado, há um desempregado”.

Aviso prévio

Na parte final de sua fala, Paulo Guedes mirou os sindicatos: “Interesses corporativos são falsas lideranças que aprisionaram o Brasil a uma legislação fascista de trabalho. Os presidentes dos sindicatos precisam ter paciência, mas devem saber que a vida deles não será tão boa como antes”.

– A vida não vai ser como antigamente, onde os líderes sindicais tinham uma vida muito boa às custas dos trabalhadores que não têm emprego nem benefícios previdenciários corretos. Os interesses corporativos de sindicatos, sejam patronais ou de trabalhadores, são falsas lideranças que aprisionaram o Brasil num sistema obsoleto, que cria desemprego, fabrica privilégios, sustenta diferenças e iniquidades, e está afundando o país – finalizou.

O que anda fazendo Michel Temer?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube