Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

quinta-feira, 01/11/2018

Outra dose de ´sincericídio´

Partida

O executivo André Theobald, diretor da Energisa Paraíba e da Energisa Borborema, foi transferido para Rondônia, onde o grupo adquiriu há algumas semanas uma empresa distribuidora de energia elétrica.

André deixa muitas lembranças (e amigos) no Estado, por sua reconhecida competência profissional e pelo apreço e atenção que dedicou ao setor cultural da Paraíba.

Gratidão

Em termos de Campina Grande, André teve uma participação decisiva no processo de modernização das instalações elétricas de boa parte do Hospital Escola da FAP.

O detalhe

O novo executivo da Energisa na Paraíba, Ricardo Charbel, é dos próprios quadros da empresa e dirigia a empresa em Sergipe.

Caneta…

A suplente de deputada federal Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos), esposa do deputado Veneziano (PSB), foi nomeada secretária executiva da Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana, em ato publicado no Diário Oficial do Estado.

… Com tinta

O DO também publicou a designação de Roseana Maria Barbosa Meira, ex-secretária de Saúde de João Pessoa, para o posto de secretária executiva da Secretaria de Segurança Alimentar e Economia Solidária.

O detalhe

Roseana estava afastada há anos do grupo político do governador.

Pancadão

Despesas sem comprovação documental contribuíram para a reprovação, pelo Tribunal de Contas do Estado, das contas de 2015 e 2016 do prefeito de Aroeiras, Mylton Domingues de Aguiar Marques, a quem foi imposto débito, conforme o TCE, de R$ 1.753.557,37.

Da boca de…

“… As eleições terminaram e temos que reconhecer, de forma respeitosa, os vencedores. Eu mantenho a minha disposição de diálogo com o governo…” (deputado Manoel Ludgério, do PSD, sobre o governador eleito João Azevedo, do PSB).

Essa alma…

Por sinal, o jornalista Napoleão de Castro relatou ontem aos telespectadores da TV Itararé que no dia anterior o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), fez públicos elogios em Brasília a João Azevedo.

Orvalho

A reunião da bancada paraibana no Congresso Nacional com João Azevedo e os prefeitos de João Pessoa e Campina Grande, começou na noite de terça-feira e avançou pela madrugada de ontem.

Garimpo

Foi ruidosa, como é o seu estilo, a entrevista que o ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT) concedeu ontem ao jornal Folha de São Paulo.

Leia algumas de suas declarações.

Segue na…

“Eu disse isso (que abandonaria a política, caso não fosse eleito) comovidamente porque um país que elege o Bolsonaro eu não compreendo tanto mais, o que me recomenda não querer ser seu intérprete.

… Na militância

“Entretanto, do exato momento que disse isso até hoje, ouvi 1 milhão de apelos de gente muito querida. E, depois de tudo o que acabou acontecendo, a minha responsabilidade é muito grande. Não sei se serei mais candidato, mas não posso me afastar agora da luta. O país ficou órfão.

Precipitação

“A cúpula exacerbada do PT já começou a campanha de agressão. Eu não. Tenho sobriedade e modéstia. Acho que o país precisa se renovar.

O que houve?

“O que aconteceu foi uma reação impensada, espécie de histeria coletiva a um conjunto muito grave de fatores que dão razão a uma fração importante dessa maioria que votou no Bolsonaro.

Cria do PT

“O lulopetismo virou um caudilhismo corrupto e corruptor que criou uma força antagônica que é a maior força política no Brasil hoje. E o Bolsonaro estava no lugar certo, na hora certa. Só o petismo fanático vai chamar os 60% do povo brasileiro de fascista. Eu não, de forma nenhuma.

2º turno

“Quem declara o que eu declarei não está neutro. Agora, o que estava dizendo, por uma razão prática, não iria com eles se fossem vitoriosos, já estaria na oposição. Mas estava flagrante que já estava perdida a eleição.

Sem traição

“A gente trai quando dá a palavra e faz o oposto. Quem tiver prestado a atenção no que falei, está muito clara a minha posição de que com o PT eu não iria.

Adeus PT

“Não, se eu puder, não quero mais fazer campanha para o PT.

Ex-frade

“Eles (PT) podem inventar o que quiserem. Pega um bosta como esse Leonardo Boff (que criticou Ciro por não declarar voto a Haddad). Estou com texto dele aqui. Aí porque não atendo o apelo dele, vai pelo lado inverso. Qual a opinião do Boff sobre o mensalão e petrolão? Ou ele achava que o Lula também não sabia da roubalheira da Petrobras?

Ele sabia

“O Lula sabia porque eu disse a ele que, na Transpetro, Sérgio Machado (ex-senador do MDB-CE) estava roubando para Renan Calheiros. O Lula se corrompeu por isso, porque hoje está cercado de bajulador, com todo tipo de condescendências.

Quem são?

(os bajuladores?) “É tudo. Gleisi Hoffmann, Leonardo Boff, Frei Betto. Só a turma dele. Cadê os críticos? Quem disse a ele que não pode fazer o que ele fez? Que não pode fraudar a opinião pública do país, mentindo que era candidato?

Por que…

…não aceitou ser candidato a vice-presidente de Lula? “Porque isso é uma fraude. Para essa fraude, fui convidado a praticá-la. Esses fanáticos do PT não sabem, mas o Lula, em momento de vacilação, me chamou para cumprir esse papelão que o Haddad cumpriu. E não aceitei. Me considerei insultado.

 Chega!

“Não quero mais fazer campanha com o PT. Agora, em uma eleição que tem só dois candidatos, na noite do primeiro turno, disse à imprensa: ´Ele não´.

Traição

“Fomos miseravelmente traídos. Aí, é traição, traição mesmo. Palavra dada e não cumprida, clandestinidade, acertos espúrios, grana (…) Pelo ex-presidente Lula e seus asseclas (…) Projeto de poder miúdo. De poder e de ladroeira. O PT elegeu Bolsonaro.

Caminho próprio

“Não quero participar dessa aglutinação de esquerda. Isso sempre foi sinônimo oportunista de hegemonia petista. Quero fundar um novo campo, onde para ser de esquerda não tem de tapar o nariz com ladroeira, corrupção, falta de escrúpulo, oportunismo. Isso não é esquerda. É o velho caudilhismo populista sul-americano”.

Sem sombra

Ainda Ciro Gomes: “O (Fernando) Haddad é uma boa pessoa, mas ele, jamais, se fosse uma pessoa que tivesse mais fibra, deveria ter aceito esse papelão. Toda segunda ir lá (visitar Lula), rapaz. Quem acha que o povo vai eleger pessoa assim? Lula nunca permitiu nascer ninguém perto dele. E eles empurram para a direita, que é o querem fazer comigo”.

 

O que Romero achou da anunciada ´revoada´ de Cássio?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube