Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

segunda-feira, 20/06/2016

Otimismo não tem idade

Do outro lado

A presidente afastada Dilma Rousseff (PT) aproveitou a sua passagem por Recife (PE), sexta-feira última, para desfrutar da condição de ´estilingue´, após meses a fio como ´vidraça´.

Ao ser perguntada sobre a saída de mais um ministro do Governo Temer, a petista foi irônica: “Todo dia nós acordamos e nos perguntamos: quem vai cair hoje?”.

Afastamento

O professor Thompson Mariz, presidente do PSB em Campina, deverá se desincompatibilizar das atividades na UFCG, apesar de garantir que não será candidato nas eleições que se avizinham.

Vento ventania

Cerca de 30% da energia consumida na região Nordeste tem origem na geração eólica – através dos ventos.

Sem excitação

O ex-deputado Enivaldo Ribeiro (PP) contou ao colunista que o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP) não se animou com a cogitação do seu nome para concorrer à provável eleição para presidente da Câmara Federal.

Retomada

Em recente passagem por Campina Grande, o presidente do Conselho Nacional do Sesi, João Henrique de Almeida Sousa, externou ao colunista a sua preocupação “em trazer o Sesi às suas origens, no sentido de fazer com que o Brasil volte a crescer e as indústrias voltem a funcionar em plenas condições de trabalho”.

Sem retrovisor

Almeida assinalou que “algumas aplicações feitas” na gestão anterior “são questionáveis”, mas que não era necessária a realização de uma auditagem.

O detalhe

João Almeida, ex-deputado pelo PMDB do Piauí e ex-ministro dos Transportes, sucede a Gilberto Carvalho, ex-ministro e um dos mais próximos amigos do ex-presidente Lula.

Sem liquidez

O dirigente do Sesi antecipou que diante das dificuldades econômicas conjunturais, não será possível repassar à FIEP o volume de recursos solicitado para a instalação do Museu Digital, nas dependências do Monumento do Sesquicentenário de Campina Grande.

Duas…

O Grupo São Braz aproveitou a celebração dos 90 anos de seu diretor-presidente, empresário José Carlos da Silva Júnior, para apresentar a nova unidade de seu parque fabril, que duplica o processamento diário de milho – passando de 430 toneladas para pouco mais de 800 toneladas.

… Celebrações

Esse incremento no maquinário foi diretamente idealizado e acompanhado pelo aniversariante, que mostra acurada visão empresarial e singular dedicação ao que faz com prazer.

 

Bússola

“Algumas pessoas se sobressaem, ao longo de suas vidas, pela intensidade de suas personalidades; pelo exercício profissional; e pela generosidade de caráter. Essas pessoas se fazem líderes e influenciam gerações. Elas são chamadas de pessoas substantivas. Meu pai é assim. Ao longo da vida, com uma personalidade forte, traçou e construiu uma trajetória que muito nos orgulha”, discorreu a filha Eliane.

Multifacetado

Ainda conforme a filha, “não existe um senhor José Carlos da Silva Júnior, existem infinitos senhores. São tantos e tão plurais que não cabem em si mesmos. E, às vezes, eles convergem, divergem, brigam e concorrem entre si. Mas sempre se completam”.

Vinculação

Eliane resgatou que “do sonho desse homem originou-se o Grupo São Braz, nascido em Campina Grande (…) A São Braz uniu o seu nome, definitivamente, não somente ao café da manhã, mas à mesa em geral de todos os nordestinos. Não é pouco!”

“Transformador”

A descendente – que estava ao lado dos irmãos Eduardo Carlos e Ricardo Carlos – registrou que “representando aqui a nossa família, aplaudo a figura desse homem transformador. É bravo com os seus quando preciso, e doce quando necessário”.

“Esperançoso”

A filha se permitiu uma invocação na solenidade festiva, ocorrida sexta-feira última, nas dependências da indústria: “Lembrando o ilustre paraibano (escritor) Ariano Suassuna, destaco uma máxima que lhe (ao pai) cai como uma luva: o otimista é um tolo; o pessimista é um chato. Bom mesmo é ser um realista esperançoso. E o senhor é isso! Precisamos de mais realistas esperançosos!”

Ensinamento

José Carlos bradou aos convidados: “Eu sou um otimista. E acho que como cheguei a essa idade, posso dizer a vocês que viver 90 anos é uma bobagem (algo comum); que vocês chegando a essa idade vão viver muito bem”.

Fidelização

O empresário pontificou que “ao longo desses 60 anos a empresa tem se mantido fiel à sua missão de fazer produtos e prestar serviços de alta qualidade, que satisfaçam a necessidade dos clientes e consumidores, através de moderna tecnologia e de recursos humanos capacitados”.

O futuro no horizonte

Ao falar sobre o novo investimento, aflorou a figura do empreendedor nato: “Comprei um moinho talvez acima de nossas possibilidades. Mas tenho certeza de que a qualidade do produto que nós vamos oferecer vai ser motivo de um aumento de consumo, que talvez até torne necessário que eu venha a investir em novos moinhos”.

– Eu sou um otimista – reafirmou José Carlos, um exemplo indelével para atuais e antigos funcionários, interlocutores e amigos.

Olhos para o Diário Oficial...

Me Aguarde

Palanque

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube