Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

segunda-feira, 02/09/2019

Os dois lados ´do rio´

Cirurgia feita

Ao que se informa, a direção nacional do PSB fez a opção pelo nome do professor Fábio Maia para dirigir a legenda no Estado, dentro do processo de renovação (e, quem sabe, de depuração) de filiados e diretorianos.

Próxima etapa

A conferir, caso oficializada a indicação, a situação de Fábio no Governo João Azevedo, no qual ocupa o cargo de secretário executivo de Planejamento.

Cabeça de chapa

No encontro estadual, realizado sábado último na cidade de Cabedelo, a cúpula do Democratas renovou a disposição de ter candidatura própria a prefeito de João Pessoa no ano que vem.

Leque

As alternativas são Raoni Mendes, Felipe Leitão e (o favorito para a escolha) Efraim Filho.

Avisa lá

Mas os demistas foram além: anunciaram – desde já – que lançarão um candidato a senador nas eleições de 2022, em qualquer circunstância.

De volta

Ao cabo de algumas semanas em convalescença – necessárias em função do acidente que sofreu, Lucélio Cartaxo deverá reassumir esta semana o cargo de chefe de gabinete da Prefeitura de João Pessoa.

Nas alturas

Entre os meses de junho e julho últimos, reta final do processo de votação da reforma previdenciária na Câmara Federal, foram protocolados no INSS, em todo o País, pouco mais de 388 mil pedidos de aposentadoria.

Nova…

Grande ´padrinho´ do evento ´SOS Transposição´ – ontem, na cidade de Monteiro -, Ricardo Coutinho anunciou ao público que vai ingressar, junto com senadores e deputados, com uma representação no Ministério Público Federal contra o presidente Jair Bolsonaro devido à suspensão há quase seis meses do bombeamento das águas do eixo Leste do Rio São Francisco.

… Confrontação

“É preciso fazer imediatamente isso, porque Monteiro já está em racionamento e todos os açudes da região como Sumé, Congo e Poções estão no volume morto. É preciso que essa água volte a chegar na Paraíba para que a gente retire o fantasma do racionamento e a população volte a ter água em sua porta”, justificou o ex-governador.

Missiva

Durante o discurso, Ricardo Coutinho leu uma carta enviada pelo ex-presidente Lula – o onipresente -, na qual ele cita que a inauguração popular da transposição em 2017 foi um dos momentos mais felizes de sua vida.

Felicidade

“A oportunidade que me foi dada pelo povo brasileiro de governar esse país fez de mim um homem feliz”, grifa Lula no texto.

Sem preço

“Ver a criançada mergulhando, o povo dançando e bebendo daquela água que o sertanejo esperava desde a época do Império, nada disso tem preço. Não há dinheiro no mundo que pague os abraços que naquele dia eu recebi de tanta gente molhada de suor do seu trabalho e encharcada das águas do São Francisco”, assinala o ex-presidente noutro trecho.

´Me aguardem´

Na parte final da carta, Lula enfatiza que “estou certo de que nós vamos desfazer cada maldade que fizeram com o Nordeste e com o Brasil. Hoje eu só posso estar com vocês em pensamento, mas muito em breve estarei aí em carne e osso, molhando o corpo e a alma nas águas abençoadas do Velho Chico”.

“Absurdo”

O ex-presidenciável petista Fernando Haddad (SP) disse em seu pronunciamento que “ao manter o canal seis meses sem água, como faz Bolsonaro, o mesmo vai se deteriorar e terá que ser refeito devido aos efeitos de diferença de temperatura. É um absurdo o que Bolsonaro está fazendo com o povo, estamos exigindo que volte irrigar o canal para perenizar os rios e açudes”.

Abandono

“Estivemos aqui há dois anos para inaugurar a obra da Transposição e vê-la abandonada é uma tristeza. Isso demonstra o desprezo de Bolsonaro à Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e o povo do Nordeste”, acrescentou o petista.

Insensível

Noutro momento, Haddad afirmou que “a gente gosta das pessoas, e o Bolsonaro não gosta. O que está acontecendo aqui é tão grave quanto o que acontece na Amazônia. O Brasil inteiro precisa de cuidados e nós não vamos esquecer o Nordeste”.

Terceirizar

A deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), que em breve reassumirá a direção nacional do PT, esteve no ato e verbalizou que “Bolsonaro quer privatizar a transposição. Não vai, aqui tem luta, o povo nordestino irá resistir. Nós estaremos ao lado de vocês nesta luta. Nós queremos que a transposição dê certo”.

Libertação

Como não poderia deixar de ser, a petista enveredou pela campanha ´Lula Livre´: ”Queremos justiça para aquele que foi o melhor presidente que os brasileiros tiveram na história”.

Nova batalha

“Nós vamos denunciar que ele (Bolsonaro) quer suspender o abastecimento para deixar essa obra se deteriorar e depois dizer que a culpa foi dos governos anteriores. Nós vamos estar unidos para dizer basta. O Nordeste e o Brasil não aceitam esse presidente e vamos à luta para derrotá-lo”, bradou Humberto Costa (PE), líder do PT no Senado.

Outro ato

Costa também ´rezou a cartilha´ do ´Lula Livre`: “O Nordeste quer lançar um primeiro grito de justiça, que é um grito por Lula Livre, um homem que fez pelo Nordeste mais do que qualquer outro presidente”.

´Caderneta de presença´

Da bancada federal paraibana, tomaram parte no evento ´SOS Transposição´ os deputados federais Gervásio Maia (PSB), Damião Feliciano (PDT) e Frei Anastácio (PT), além do senador Veneziano (PSB).

Os deputados estaduais presentes foram: Cida Ramos (PSB), Estela Bezerra (PSB), Buba Germano (PSB), Jeová Campos (PSB), Chió (Rede) e Anízio Maia (PT).

Depois do ato pela transposição, vem aí a ´transposição´ de partidos...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube