Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 22/01/2019

OAB ´paralela´

Premissa

O leitor deve saber do seguinte fato, antes das reflexões que seguem acerca da reportagem veiculada no último domingo pelo programa Fantástico (Rede Globo), relacionada à Arquidiocese da Paraíba: este colunista é católico e presta (há vários anos) serviço (indiretamente) à Diocese de Campina Grande, através da Rádio Caturité.

 

Como Simão Pedro

Apesar do não exercício do contraditório (presumivelmente por opção dos denunciados), a reportagem é impactante e traz para a ribalta, com depoimentos fortes (e deprimentes) episódios reprováveis em quaisquer ambientes, notadamente na milenar instituição, “formada por homens frágeis e pecadores”, como bem ensina a catequese.

Condução

Tive a oportunidade de conviver por vários anos com o arcebispo Dom Manoel Delson (à época de sua passagem pela diocese campinense) e sei que ele tem tratado os problemas que encontrou com a seriedade, tirocínio e espírito de justiça que integram a sua personalidade.

Antecessor

Em muitas solenidades e eventos estive com o arcebispo Dom Aldo Pagotto, uma inteligência privilegiada que convivia com contradições evidentes, cujo ímpeto polemicista (que muitos chamariam de partidário) ofuscava um preparado religioso de sólida formação filosófica e teológica.

Descontrole

Em medidas distintas – evidentemente – os fatos narrados comportam vicissitudes nos dois lados, apontando a inexistência e/ou ineficácia de acompanhamento para a contenção dos abusos em seus estágios ou tentativas pioneiras.

Subtração

Em recente reflexão, o papa Francisco tratava genericamente da fragilidade dos homens e dizia que quando se vive a hipocrisia cristã, o que nós fazemos é expulsar Jesus do nosso coração. Fazemos de conta tê-lo conosco, mas o expulsamos”.

“Ferida”

Noutra recente homilia, o santo padre afirmou que “é duro ver pastores com vida dupla: é uma ferida na Igreja”.

O que há por trás

Particularmente, entendo que o pano de fundo dessa polêmica questão é milenar, mas carece ser enfrentado num mundo que dá saltos evolucionistas a cada década (no máximo): o celibato, a proibição do casamento para os sacerdotes.

Protelação

Por justificativas inconsistentes do ponto de vista doutrinal e pragmático, prorroga-se no tempo o encontro com uma realidade fatídica em muitos lugares, empurrando o tema para ´debaixo do tapete´ até que propaga-se ´aqui e acolá´ mais um escândalo em gradações distintas e de incontida e triste repercussão.

Fresta

O mesmo Francisco, renovadamente, já declarou que “o celibato não é um dogma de fé; é uma regra de vida que eu aprecio muito e acredito que seja um dom para a Igreja. Não sendo um dogma de fé, sempre temos a porta aberta”.

Inexorável

Ex-celibatário, o ex-frei e escritor Leonardo Boff costuma dizer que a Igreja Católica inevitavelmente vai acabar “abrindo mão da lei do celibato como uma imposição e a deixando como uma opção”.

A caminho

A ´CNN Brasil´, novo canal de notícias anunciado para o País, deverá contratar 800 pessoas (400 jornalistas) e entrar no ar ainda este ano.

Convocado

Será na próxima sexta-feira a nova reunião do Conselho Municipal de Transporte Público de Campina Grande para deliberar acerca do pedido do Sitrans para revisão da tarifa do ônibus urbano.

O detalhe

A solicitação do empresariado do setor é que passagem suba dos atuais R$ 3,30 para R$ 3,80.

Cotação

No final de semana, o preço do litro da gasolina (em média) estava R$ 3,85 em João Pessoa e R$ 4,15 em Campina Grande.

Já o preço do etanol era vendido por R$ 2,74 na Capital e R$ 2,95 na Rainha da Borborema.

Fortalecido

O governo decidiu ampliar os poderes do INSS. Recente medida provisória conferiu à Previdência Social acesso às bases de dados da Receita Federal, do SUS e do FGTS.

Da boca de…

“… Nós faremos desonerações definitivas e universais com impacto em diferente…” Marcos Cintra, secretário da Receita Federal, sobre a redução de encargos na folha de pagamento das empresas, comparando com o que foi feito de similar no Governo Dilma).

Caneta

Valmir Guimarães Queiroz foi nomeado pelo governador João Azevedo para o cargo de delegado regional da Junta Comercial do Estado, em Campina Grande.

Queda …

A guerra (surda) está declarada entre a direção da seccional paraibana da Ordem dos Advogados do Brasil e a subseção de Campina Grande, presididas por Paulo Maia e Jairo Oliveira, respectivamente.

… De braço

A sinalização desse rompimento veio através de recente solenidade: a inauguração de uma casa, na rua Goiás (bairro Estação velha), onde foram “implantados serviços da OAB-PB, da nova Caixa de Assistência dos Advogados (CAA-PB) e da nova Escola Superior da Advocacia (ESA) na cidade”.

Medir forças

Sob o pretexto retórico de se facilitar o deslocamento dos associados, a CAA foi retirada das dependências da sede da OAB na cidade.

Trata-se, na verdade, de um desdobramento do último pleito (novembro de 2018), quando as duas ´instâncias´ da Ordem ´duelaram´ em campos opostos.

Em resumo: A OAB/PB monta uma estrutura paralela à da subseção, em seu segundo maior colégio eleitoral.

Quantos deputados federais paraibanos estarão na ´base´ do Governo Bolsonaro?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube