Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

quarta-feira, 10/02/2021

O ´Zé´ de cada um

Comunhão de sentimentos

A Coluna optou por recolher de amigos e interlocutores frequentes do senador José Maranhão um compêndio resumido do que foi a trajetória dele nas últimas décadas na política paraibana.

´JM´ ou ´Zé´, como APARTE se referia frequentemente ao senador, ´gravitou´ por muitas décadas no espaço político, administrativo e aéreo do Estado.

“Legado”

“Um grande homem público, íntegro, que deixa um legado de muito trabalho e muita seriedade”.

Deputado federal Baleia Rossi (SP), presidente nacional do MDB.

“Amor”

“O Brasil perde um homem honrado, defensor de causas, de bandeiras e que amava o seu estado”.

Senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), presidente do Congresso Nacional.

“Mestre”

“A Paraíba perde um grande líder, a política perde um grande exemplo e eu perdi um amigo, um professor”.

Deputado Adriano Galdino (PSB), presidente da Assembleia Legislativa.

“Perda”

“A FIEP expressa o sentimento do empresariado industrial pela perda de um dos mais importantes representantes da política e da vida pública do Estado”.

Francisco de Assis Benevides Gadelha, presidente da FIEP.

“Experiente”

“Em todas as oportunidades que pude estar com ele, uma pessoa calma, tranquila, um político experiente que sabia ouvir e muito ensinou também”.

Dom Manoel Delson, arcebispo da Paraíba.

“Recepção”

“Eu sempre tive por ele um apreço extraordinário. Eu creio que quando ele chegar no céu, ele será recebido com a mesma alegria que os paraibanos o recebiam, e os brasileiros o recebiam quando chegava no Senado Federal”.

Michel Temer, ex-presidente da República.

“Dedicação”

“Político que nos honrou permanentemente. Fez de sua vida uma constante dedicação ao povo.

Tatiana Medeiros, presidente do MDB/CG.

“Em campanha”

“Não temos geneticamente nenhuma ligação, mas afetivamente somos muito fortes na amizade (…) Ele morreu pela política, em uma campanha política”.

Roberto Cavalcanti, empresário e ex-suplente de senador.

“Conselheiro”

“A Paraíba perdeu o homem público mais honesto, correto, leal e amigo. O seu legado será eternizado. Seus conselhos estarão presentes em todos os momentos da minha vida”.

Nilvan Ferreira, radialista e ex-prefeitável do MDB/JP.

“Satisfação”

“É um momento de dor para toda a Paraíba, que perde um grande nome da política. Tive a satisfação de ser vice-governador quando Zé ocupava a cadeira de governador”.

Luciano Cartaxo, ex-prefeito de João Pessoa.

“Especial”

“Maranhão era um grande ser humano, uma pessoa especial, de extraordinário desempenho político e de enormes demonstrações de afeto pelo povo paraibano. Vital Filho, ex-senador e ministro do TCU.

“Sacerdócio”

“Fez da política um sacerdócio e uma verdadeira missão de servir ao Estado”.

Romero Rodrigues, ex-prefeito de Campina Grande

“Referência”

“Foi uma convivência de mais de 25 anos. A convivência de um amigo próximo, de um eleitor, de um correligionário. Ingressei no MDB através de seu chamamento. Eu sempre tive nele a referência de um homem público, dedicado, extremamente solícito, franco, generoso e sincero. Não de muitas palavras. Mas palavras suficientes para estabelecer um compromisso de verdade. Ele deixa marcas indeléveis”.

Senador Veneziano Vital (MDB).

“Lacuna”

“A vida proporciona encontros e desencontros. E me reencontrei definitivamente com o senador Maranhão no Senado, onde a Paraíba nos colocou. E, de forma sincera, verdadeira, construímos uma relação fraterna, respeitosa, colaborativa (…) O senador Maranhão muito fez pelo nosso Estado, e deixará também uma lacuna na política brasileira”.

“Austero”

“Recebi com o peito inundado de lágrimas a notícia da morte do grande amigo de muitas batalhas (…) Um gestor austero, pai carinhoso e marido profundamente apaixonado”.

“Uma honra”

“Maranhão, nome forte na política, homem de coração grandioso para os que o conheceram de perto e com ele tiveram o prazer de conviver (…) Foi uma honra sentar ao seu lado no Senado, ouvir suas histórias, seus ensinamentos”.

Daniella Ribeiro, senador do PP-PB.

“De décadas

“Desde sempre, Maranhão e Ivandro (Cunha Lima) souberam alimentar uma amizade de décadas, com base no respeito mútuo”.

Prefeito Bruno Cunha Lima (PSD-CG).

“Lutou”

“O senador José Maranhão deixa mais que um legado de homem público, de pessoa que se dedicou para melhorar e lutar pela qualidade de vida dos paraibanos. Ele deixa exemplos para as gerações futuras, de como amar e se dedicar à sua terra e à sua gente. Um homem forte, que lutou até enquanto pôde pela vida”.

Senadora Nilda Gondim (MDB-PB).

“Visionário”

“Uma história que jamais será apagada (…) Foi um visionário”.

Roberto Paulino (MDB), ex-governador.

“Orfandade”

“A lacuna afetiva gerada a partir do desaparecimento de uma das maiores lideranças políticas da nossa história, dilacera o coração e gera feridas na alma que dificilmente cicatrizarão. (…) Um sentimento de orfandade, que, sabemos, não é só nosso”.

Nota da direção do PSC/PB.

“Dedicação”

“Uma tristeza imensa para todos nós (…) Das muitas vidas perdidas e histórias desfeitas pela pandemia, chega ao fim a trajetória de um homem público que dedicou sua vida ao nosso estado”

Governador João Azevedo.

Último voo; derradeiro pouso

Foram tantas décadas de incontáveis pousos e decolagens do senador/piloto/mecânico de aeronave José Maranhão, tendo como ponto de partida ou destino da chegada a Paraíba.

Nesta terça-feira, no voo derradeiro, o corpo inerte, frio e horizontalizado de um homem fissurado pelas alturas e que hoje será devolvido à terra, nossa mãe natureza e morada derradeira.

“A vida é uma permanente despedida”, dizia o escritor Rubem Alves...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube