Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

sexta-feira, 31/07/2020

O tudo ou nada de Cartaxo

Senha dada?

Em entrevista dada ontem, o deputado e prefeitável Tovar Correia Lima (PSDB) declarou que estava focado nas eleições, mas admitiu abrir mão da candidatura caso esse seja o consenso do grupo.

“Independente de quem seja o candidato do grupo, eu estarei e estou pronto para votar e ser votado. Estamos conversando para que a gente possa, entre nós mesmos, tentar encontrar um denominador comum e quem melhor representará o grupo nas eleições deste ano”, enfatizou o ´tucano´.

Existe um proverbio alemão que preceitua que ´o diabo mora nos detalhes´.

Nova data

“Até o dia 10 de agosto”.

Foi o que atualizou ontem o prefeito Romero Rodrigues acerca do anúncio do candidato à sua sucessão.

E o vice?

“O vice é uma etapa posterior. O candidato escolhido deve emitir sua opinião. A tese que defendo é manter a aliança feita há quatro anos com o Progressistas. Eu tenho minha opinião, mas não sou dono de decisão. Ela será tomada por um conjunto de pessoas”, contextualizou Romero.

Martelo batido

Do lado do Progressistas, o que era presumível foi explicitado ontem pelo vereador Lucas Ribeiro: “O nome (do candidato a vice) será o de Lucas Ribeiro. É uma decisão do presidente Enivaldo e do partido que meu nome seja o indicado. E estou à disposição para isso”.

Preservação

Lucas rememorou que “temos essa parceria desde 2016 e, naquela época, tínhamos candidatura própria e abrimos mão para entrarmos nessa composição. O resultado disso foi a vitória belíssima já no primeiro turno. É uma aliança de sucesso e que tem dado certo, não só na questão político-partidária, mas também no trabalho e nas ações”.

Faixa própria

O professor Fábio Maia sinalizou ontem que o PSB não deverá integrar o ´consórcio´ de partidos de esquerda em torno do prefeitável e deputado Inácio Falcão (PCdoB).

A legenda deverá lançar candidatura, que poderá ser o próprio Fábio.

Chance zero

O senador Veneziano Vital (PSB) reafirmou ontem que está descartada, completamente, a possibilidade de concorrer este ano à PMCG.

“Ana Cláudia é a opção”, grifou.

De olho no DEM

A prefeitável Ana Claudia Vital do Rêgo (Podemos) salientou ontem que “tenho uma convivência maravilhosa com o ex-senador Efraim Morais, assim como com o deputado Efraim Filho. E nós vamos avançar nessas conversações não só com o Democratas, mas também com outros partidos”.

Da boca…

“… Convergimos muito com o Cidadania, mas isso não nos obriga a coligar em todos os municípios. O ideal seria que pudéssemos coligar na maior quantidade de municípios possível. Mas, não sendo possível, o PDT segue o seu caminho e o Cidadania segue o dele…” (Gustavo Feliciano, presidente do PDT/CG).

Aposta

Na eleição de 2014, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), às vésperas das convenções partidárias, protagonizou uma reaproximação com o então governador Ricardo Coutinho (PSB) que resultou no inesperado lançamento de seu irmão Lucélio Cartaxo como candidato ao Senado.

Quase leva a vaga do senador José Maranhão.

Dobrou

No pleito de 2018, depois de muita (aparente) hesitação sobre a sua desincompatibilização do cargo para concorrer ao governo estadual, Luciano permaneceu na PMJP, celebrou uma aliança com o prefeito Romero Rodrigues e lançou novamente Lucélio, dessa vez para o governo estadual.

 

Não vingou

Numa campanha na qual só se falava sobre a sucessão presidencial (e a facada sofrida pelo então presidenciável Jair Bolsonaro), a eleição para governador foi ´morna´ e João Azevedo levou já no 1º turno, desfrutando do prestígio do então fortalecido padrinho político Ricardo Coutinho.

Triplicou

Na noite de ontem, Luciano oficializou o nome de sua ex-secretária de Educação Edilma Freire para concorrer pelo PV à sua sucessão, o que representa outra aposta “alta” de sua parte.

Retrato atual

Sem emissão de qualquer juízo de valor acerca das qualidades e características da escolhida, o fato é que Edilma é a de menor visibilidade e a que aparenta ter menor afinidade com o ambiente político e popular, entre os postulantes do PV.

Dito de outro jeito

O prefeito de JP colocou em jogo a sua capacidade de transferência de popularidade (e de votos); a capilaridade da estrutura administrativa e funcional da PMJP; e decidiu arriscar sair da urnas este ano como uma inquestionável liderança regional, cacifada para o embate estadual de 2020.

Convencimento

“Temos a convicção de que fizemos a escolha por uma pessoa que terá toda a capacidade de aprimorar ainda mais esse modelo de gestão”, proclamou o prefeito quando do anúncio.

´Revolução´

Para respaldar a opção, Cartaxo asseverou que Edilma “tem uma história de vida extraordinária e fez uma verdadeira revolução silenciosa na área da Educação”.

Aprendizado

“Eu aprendi com Edilma que a educação é mãe de todas as políticas públicas. Isso é algo que nos enche de orgulho: saber que a transformação que estamos realizando na cidade não é apenas para hoje, mas para o futuro”, prosseguiu o prefeito.

Balizamento

“O PV não lançaria um político profissional, um político com ideias do passado, um político denuncista ou uma pessoa que não tem experiência em gestão pública. Nosso nome é um nome técnico, com experiência em gestão e compromisso em cuidar das pessoas”, ressaltou Luciano.

Perfil

Edilma é pedagoga formada pela UFPB. Atua na educação de João Pessoa há mais de 20 anos.

Foi professora de escola pública, diretora de creche, conselheira tutelar e há quase oito anos estava à frente da Secretaria de Educação de João Pessoa.

Continuidade

Já na condição de escolhida, Edilma disse que “eu acredito que é possível, sim, estar neste momento colocando meu nome à disposição desta cidade e acreditando que estamos no rumo certo, e que a gente pode sim continuar esse modelo de gestão, fazendo mais e melhor pela nossa cidade. Quero agradecer mais uma vez ao PV pela confiança. É uma honra muito grande poder representar esse modelo de gestão tão bem aprovado pela nossa cidade”.

Sem parar

A ex-titular da SEC recordou que “enfrentamos desafios históricos, porque entendemos que não podemos descansar na busca das melhorias para a vida da população. Chegamos aos bairros, fortalecendo nosso ensino infantil, levando creches dentro de um padrão de qualidade que até então não havia na cidade”.

“É esta forma de governar que queremos continuar garantindo na nossa cidade, um modelo de gestão que olha para as pessoas, encara desafios e busca promover as transformações sociais”, proclamou a pré-candidata.

Lá vem agosto, ainda mais imprevisível...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube