Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 13/09/2016

“O submundo da política”

Deslocados

Salta à vista o ´descasamento´ entre as campanhas majoritárias e incontáveis candidatos a vereador nas maiores coligações em Campina Grande.

Muito material gráfico, por exemplo, tem o número do candidato a prefeito em branco.

´Fora do cárcere´

Em evento de campanha no final de semana, ao lado do candidato Veneziano (PMDB), o vereador Vaninho Aragão (DEM) – que até julho último integrava a bancada de sustentação do prefeito Romero Rodrigues (PSDB) – afirmou no distrito de Galante que se sentia “um prisioneiro” no seu antigo grupo político.

Controle remoto

O candidato da Coligação Pra Mudar Campina, deputado Adriano Galdino, é o entrevistado de hoje (22h) do programa ´Ideia Livre Política & Economia´, na sequencia da série com candidatos a prefeito de Campina Grande.
Na TV Itararé – canal 18.1 (digital) e 19 (analógico).

Expansão

A TV Itararé já pode ser sintonizada pelos habitantes da cidade de Patos e região (canal 18).

Às dezenas

No final de semana passado foram protocoladas 30 representações na 72ª Zona Eleitoral de Campina (juíza Adriana Lóssio), responsável pela coordenação da propaganda de rua.

Linha de frente

A ala majoritária do PT, ´Construindo um Novo Brasil´, deseja indicar o ex-ministro da Casa Civil (e ex-governador baiano) Jaques Wagner para a presidência nacional do PT.

A eleição deverá ocorrer em meados de 2017.

Da boca de…

“… É o preço que estão me cobrando para o Brasil ficar livre do PT…” (deputado Eduardo Cunha, PMDB-RJ, ao fazer a sua defesa ontem no plenário da Câmara Federal, antes da votação de sua cassação).

Nova…

Temos uma mulher, conceituada por amigos como “austera e justa”, na presidência do Supremo Tribunal Federal: ministra Carmen Lucia Barbosa.

… Presidente

A sessão de posse, ontem, foi carregada de simbolismo, mas com um constrangimento flagrante: a presença do ex-presidente Lula, investigado pelo STF.

Estacas

Na sequencia dos discursos, demarcações firmes acerca do momento que o País vive, de multifacetada crise.

Garimpo

Vou sintetizar esses marcantes pronunciamentos nesta e nas próximas edições, começando pelo procurador geral de justiça, Rodrigo Janot.

É o que segue.

Virtudes

“Sinto-me especialmente agraciado com a possibilidade de saudar, como Procurador-Geral da República, uma conterrânea dileta, a quem aprendi a admirar especialmente pelas virtudes da prudência, do saber e da honradez. Vigorosa e muito produtiva em seu labor, a independência, a ponderação e o altruísmo já foram revelados em suas inúmeras decisões.

Reflexões

“Pensando alto, gostaria de dividir com Vossas Excelências modestas reflexões sobre temas momentosos e, a meu sentir, de suma relevância para os destinos coletivos do nosso país”.

 

Centralidade

“Talvez poucas tenham sido as vezes na história da nossa jovem República que o Poder Judiciário foi convocado a ocupar posição de tanta centralidade nas turbulências políticas e sociais observadas nos últimos tempos”.

Dimensões

“Vivemos uma crise multidimensional no Brasil: ética, jurídica, política e econômica. Nessas quatro dimensões, está o Judiciário inserido, em maior ou menor intensidade, como fonte de esperanças da sociedade e salvaguarda insubstituível de estabilidade para a preservação dos valores mais caros de nossa República.

Lava…

“Não posso deixar de lembrar, nesse contexto, do ingente trabalho realizado pela operação Lava Jato.

…Jato

Tenho repetido exaustivamente que a grande virtude desse caso não foi exatamente apontar fatos delituosos concretos e seus responsáveis, mas, sob uma perspectiva de análise mais elevada, demonstrar cabalmente a falência do nosso sistema de representação política, além de realçar, por contraste, as deficiências crônicas do nosso arcabouço jurídico penal.

Descoberta

“Os trabalhos de investigação desenvolvidos na Lava Jato conduziram-nos por caminhos ainda não percorridos. Descobrimos a latitude exata do entrocamento entre o submundo criminoso da política e o capitalismo tropicalizado de compadrio, favorecimento e ineficiência.

Em xeque

“O sistema da nova República está em xeque. Há claramente duas saídas, para o Brasil, nesta encruzilhada. A primeira, danosa e inaceitável, consiste numa reação vigorosa do sistema adoecido contra as instituições que combatem a sua estrutura intrinsecamente patológica.

Viés

“É possível, nessa linha, calar os que bradam a verdade inconveniente, promovendo mudanças cosméticas para que, como nos ensinou Lampedusa, tudo mude para permanecer como está.

Autodepuração

“A segunda, mais auspiciosa, revela-se em um movimento virtuoso de tomada de consciência da sociedade e de autodepuração do próprio sistema político-jurídico, na busca verdadeira de um novo arranjo democrático, que repila a corrupção e a impunidade na forma de fazer política.

Escolha

“Chegamos inelutavelmente ao ponto do nosso processo em que precisamos escolher com desassombro o caminho a seguir. As forças do atraso, que não desejam mudança de nenhuma ordem, já nos bafejam com os mesmos ares insidiosamente asfixiantes do logro e da mentira. Tem-se observado diuturnamente um trabalho desonesto de desconstrução da imagem de investigadores e de juízes.

Punição

“Há hoje um consenso cristalizado na sociedade brasileira de que é preciso punir os corruptos e de que o sistema jurídico vigente no país é inepto para tal propósito.

Inadiável

“Deixo aqui registrada uma das minhas poucas certezas nesta vida: o Brasil precisa mudar.

A força dos gestos

Ainda Janot: “Sou um homem de muitas dúvidas, estou sempre a me questionar sobre as minhas convicções. Acredito, com o escritor e romancista americano, Scott Fitzgerald, que as certezas inquebrantáveis aos 18 anos podem bem representar as colinas confortáveis de onde contemplamos, com certa arrogância até, o vasto horizonte à nossa frente; mas após os 40, não passam de cavernas nas quais nos escondemos por covardia e comodismo.

Como disse Vossa Excelência (ministra Carmen), em seu livro Direito de/para Todos: “Homem não vive de intenção, mas de gesto. É o agir que conduz à construção, à produção, à partilha, que dão efetividade aos direitos reconhecidos e declarados.”

Começa o alinhamento rumo ao 2º turno...
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube