Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

quarta-feira, 19/07/2017

O ´rombo´ do ´extrateto´

´Guarda-chuva´ pra Lula

Sem alarde, o deputado Vicente Cândido (PT-SP) inseriu no seu relatório na Comissão de Reforma Política da Câmara Federal um artigo que impede, a partir da eleição de 2018, a prisão de candidatos até oito meses antes da eleição, sem definir bem como é alcançada a condição de candidato com tanta antecedência, bem antes das convenções partidárias.

Prontamente, a citada proposta foi batizada como ´Emenda Lula´.

Frisson

Nos bastidores do Judiciário paraibano já pululam as especulações acerca da escolha do novo desembargador, que sucederá a desembargadora Maria das Neves do Egito Araújo, que se aposentou há poucos dias.

Cotados

Os nomes mais citados são os dos juízes Ricardo Vital de Almeida, Wolgran Ramos e Horácio Ferreira de Melo Júnior.

O processo deverá ser concluído, pelo Pleno do Tribunal de Justiça, em meados de agosto.

Protesto

De forma até surpreendente, o novo presidente do PT na Paraíba, Jackson Macedo, divulgou nota ontem qualificando como “retrocesso” a anunciada decisão do governo estadual de terceirizar para uma Os (organização social) a manutenção e conservação das escolas públicas.

Não pode calar

Macedo destacou a postura do governo Ricardo Coutinho nas grandes questões nacionais, mas ressalvou que o PT “não pode deixar de se posicionar contrariamente a uma ação privatista como essa”.

Dimensão

O documento petista frisa que essa medida proposta poderá se constituir “na maior transferência de recursos públicos à iniciativa privada que já aconteceu na educação no Estado”.

´Mosca azul´

O professor Thompson Mariz, presidente do PSB em Campina Grande e diretor de Operações da Cinep, começa a encarar com carinho a possibilidade de disputar um mandato deputado federal nas eleições do ano que vem.

Xadrez

A aguardada mudança no secretariado do prefeito Romero Rodrigues (PSDB) foi anunciada ontem e mexeu com algumas peças de seu governo.

C&T

A previsível nomeação do deputado Tovar Correia Lima (PSDB) para a equipe tinha como única interrogação o posto que ocuparia.

E a indicação recaiu para a Secretaria de Ciência e Tecnologia.

Transferido

Atual ocupante do cargo, o ex-deputado Carlos Dunga Júnior vai dirigir a Urbema, empresa vinculada à administração municipal.

Remanejamento

O suplente de vereador Gildo Silveira (PSDC) deixa o comando da Urbema para ocupar o posto de secretário executivo numa secretaria ainda indefinida.

Abrir espaço

Toda essa arrumação tem por finalidade viabilizar a chegada à Assembleia Legislativa da suplente tucana, Eliza Virginia, vereadora em João Pessoa.

Amortecedor

Eliza, logo após o anúncio da licença de Tovar, tratou de utilizar um ´analgésico´ político, ressaltando que permanecerá, na ALPB, na defesa da gestão do prefeito pessoense Luciano Cartaxo (PSD).

Jogo de cintura

“Minha postura será a mesma. Sou da base de Cartaxo e sou partidária de Romero Rodrigues. O gesto que o prefeito de Campina fez foi muito importante. Isso é bom para o PSDB e para a Paraíba. Estamos todos trabalhando juntos por uma Paraíba melhor”, comentou, com extremado comedimento, a nova deputada.

Polido

Comedimento é a palavra que também se aplica à reação inicial do prefeito da Capital: “Eliza tem um papel importante a cumprir na Assembleia e leva uma bagagem com bastante experiência da Câmara Municipal de João Pessoa. Ela tem a perspectiva de fazer um grande mandato, porque possui uma visão de Estado e será muito bom para todos nós”.

Cartão de visitas

Na verdade, todo esse arranjo para permitir que a vereadora ´tucana´ chegasse à tribuna da Casa de Epitácio Pessoa tem como uma das intenções fazer ecoar na Capital a gestão municipal campinense.

Não vingou

A formatação final do prefeito campinense deixou pelo caminho a cogitada possibilidade de criação da Secretaria de Habitação na estrutura da PMCG.

Olho vivo

Ricardo Coutinho (PSB) vetou uma ´sutileza´  inserida na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias, na parte relativa à UEPB.

Razões do veto

Trata-se da troca da palavra “limite”, do texto original, por “base” no enxerto parlamentar, o que provocou uma “inversão” da lógica de concepção da LDO, bem como quebraria a “isonomia” inserida nos poderes constituídos do Estado.

O que escapa do teto

O governo federal economizaria por ano ao menos R$ 50 bilhões (em valores atualizados) em despesas da Previdência, se todos os benefícios já fossem limitados ao teto fixado pela legislação atual para a Previdência Social (R$ 5.531,31).

O cálculo é de pesquisadores do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada).

Distorções

Em 2016, conforme dados publicados pelo jornal Folha de São Paulo, o país gastou, em média, cerca de R$ 29 mil com cada aposentadoria do Legislativo; R$ 22 mil no Judiciário; R$ 9,7 mil com militares; e R$ 7,6 mil com servidores civis.

 O benefício médio do aposentado do setor privado ficou em torno de R$ 1,3 mil.

Aguinaldo Ribeiro já cuida de 2018 na Paraíba...

Me Aguarde

Palanque

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube