Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

sábado, 22/12/2018

O ´inchaço´ da máquina

Contestação

A Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) ajuizou no Supremo Tribunal Federal uma ação de inconstitucionalidade contra dispositivos do novo texto da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), que impõem limitações ao Judiciário para a fixação do valor de indenizações por dano moral.

Sem efeito…

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro André Carlo Torres, informou que poucas cidades da Paraíba, na atualidade, serão atingidas pela recente mudança na Lei de Responsabilidade Fiscal, que não proíbe os repasses voluntários do governo federal por força da elevação dos gastos com pessoal, desde que as receitas tenham tido queda superior a 10%.

… Imediato

“Há uma série de requisitos, não é uma flexibilização absoluta. Nenhum município paraibano, praticamente, teve queda na arrecadação que justificasse o uso dessa flexibilização. Então, para a Paraíba, essa lei não terá nenhum impacto”, reforçou o presidente do TCE.

Agenda

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, deverá visitar hoje (10h) o complexo Aluízio Campos, em Campina Grande.

Punir o faltoso

O deputado federal Jorge Solla (PT-BA) apresentou um projeto de lei que obriga as emissoras de televisão a entrevistar um dos candidatos (a cargos executivos), caso o outro desista de participar de debates.

Cotação do dia

Um posto de abastecimento de Campina Grande, localizado na avenida Manoel Tavares (Alto Branco), estava vendendo ontem o litro da gasolina a R$ 4,33.

Inercial

No tradicional encontro anual, de final de ano, com os profissionais de imprensa de Campina Grande, o empresário Francisco Buega Gadelha, presidente da Federação das Indústrias da Paraíba, lamentou ontem o fato de o Brasil “nesses quatro últimos anos não ter tido a oportunidade de se planejar”.

Instabilidade

O período do segundo mandato da ex-presidente Dilma (PT) -continuou – “foi conturbado” por conta do processo de impeachment.

O ciclo de Michel Temer foi marcado “pelas ameaças de cassação”.

Espiral…

Mas Buega ressaltou aos presentes que “o setor industrial brasileiro termina o ano em ascensão”.

… Positiva

“Nós acreditamos que, a partir de janeiro, o País vai viver alguns momentos de paz. E, debaixo dessa paz, nós temos a expectativa de que podemos crescer num ambiente propício”, assinalou.

Atrapalhando

O presidente da FIEP afirmou que “a política tem sido um motor negativo, puxando para baixo a nossa economia”.

Dependência

Ao final, Buega Gadelha se permitiu um registro mais introspectivo, após desejar uma efetiva confraternização natalina para todos: “Parece que o celular e o computador aceleram o tempo. E a sensação é de que estamos atrasados e com alguma coisa a fazer’.

Repasse

A família Civita fechou a venda do Grupo Abril para o empresário Fábio Carvalho, dono das redes de lojas Casa & Vídeo e Leader, sediadas no Rio de Janeiro. 68 anos de história ficaram para trás.

Cessão

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, o valor do negócio, simbólico, é de R$ 100 mil.

Passivo

O grupo tem uma dívida de R$ 1,6 bilhão, sendo dois terços junto aos bancos Itaú, Bradesco e Santander, e está em recuperação judicial desde 16 de agosto.

Da boca de…

“… A eleição já acabou, quem discute com o voto é antidemocrático. E quem ganha as eleições para presidente e para governador governa com aqueles que ganharam e com aqueles que perderam, é isso que eu espero…” (governador não reeleito de São Paulo, Márcio França, do PSB).

Tudo junto…

Para escapar da ´cláusula de barreira´, Podemos e PHS anunciaram ontem a fusão das duas legendas, o que resultará numa bancada de 17 deputados federais e sete senadores.

… E separado

Paroquialmente, a fusão vai provocar problemas. A começar por Campina Grande, onde o vereador Galego do Leite é o presidente estadual do Podemos, uma legenda que abriga a suplente de deputada Ana Claudia Vital do Rêgo.

E no PHS está o vice-líder do Governo Romero, vereador Alexandre do Sindicato.

Sábado é dia de poesia

“Na paz do seu sorriso/ Meus sonhos realizo/ E te beijo feliz/ E na ânsia mais louca/ No céu da sua boca/ No alto as estrelas me dizem/ Meu bem/ Que a vida é isso/ Que eu vivo por isso/ Que você me dá, me dá…” (Roberto Carlos, ontem, em seu especial de fim de ano).

Crescimento

O número total de servidores públicos do País, nas três esferas de governo, sem contar trabalhadores de empresas estatais, cresceu 60% em 20 anos, passando de 7,5 milhões, em 1995, para 12 milhões, em 2016, conforme o Atlas do Estado Brasileiro, elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Remuneração

De 2007 a 2016, a remuneração média dos servidores federais passou de R$ 6,5 mil para R$ 8,1 mil.

A remuneração dos servidores estaduais, de R$ 3,5 mil para R$ 5 mil, e a remuneração dos servidores municipais passou de R$ 2 mil para R$ 3 mil.

Pulo

Reportagem do ´Estadão´ detalhou que o total de vínculos trabalhistas no serviço público municipal saltou 175% em 20 anos, de 2,4 milhões, em 1995, para 6,5 milhões, em 2016.

Fatia de cada…

Com isso, a participação dos funcionários públicos municipais no total de servidores do País passou de 38% para 57%, no mesmo período.

… Segmento

Já o total de vínculos no setor público estadual cresceu 28%, no mesmo período, passando de 2,9 milhões, em 1995, para 3,7 milhões de funcionários, em 2016.

Haja cidades!

O estudo também mostra que de 1985 a 2003 foram criados 1.456 novos municípios, uma expansão de 35%.

´Bolsa Família´ vai mudar de nome...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube