Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 03/04/2018

O ´dote´ de Pedro

Pagando pra ver

A irredutibilidade do senador José Maranhão com a sua pré-candidatura a governador levou o senador Raimundo Lira a abdicar da liderança da legenda no Senado para buscar um partido que viabilize a disputa da reeleição em condições mais promissoras de êxito.

Nova casa

Na noite de ontem, a direção estadual do PSD (leia-se deputado Rômulo Gouveia) anunciou o ingresso de Lira no partido, ao cabo de conversações que contaram com a participação do presidente nacional (licenciado) do partido, o ministro Gilberto Kassab.

Trajetória

Na comunicação da filiação, o PSD/PB salienta que o novo filiado “em sua vida pública sempre se comportou com ética e coerência. Um homem de visão que oferece a sua sabedoria para proporcionar avanços ao nosso estado”.

Afinidade

“A relação de nosso presidente (Rômulo) com o senador Lira sempre foi de amizade e profundo respeito, e agora passa a ser também de companheirismo partidário”, assinala o texto.

Vai disputar

O PSD adiantou que “Raimundo Lira passa a ser um quadro muito importante para a disputa majoritária que se aproxima”.

A caminho

A nota partidária adianta que “ao longo da semana, outras importantes figuras públicas devem também ingressar nas fileiras do Partido Social Democrático”.

O detalhe

A solenidade de filiação ocorrerá hoje, na sede do partido, em Brasília.

Bye bye

A 2ª feira foi também de despedida para o deputado Veneziano, que consumou a sua aguardada desfiliação do MDB, ao qual estava vinculado desde 2003.

“Me despedi pela porta da frente”, assinalou o ´V´ na ´Campina FM´.

Entendimento

Ele recordou que em recente reunião de parlamentares do MDB/PB ficou acertado que a direção do partido apresentaria até o final de março “algo concreto e definitivo, o que não pode ser apresentado”.

Tempo

“Como nosso prazo é um prazo diferente do prazo das convenções, você tem que tomar essa decisão, até para nos precavermos, e não ficarmos a mercê de acontecimentos que, em muitas das vezes, fogem ao nosso controle e domínio”, ponderou o ´V´.

Gestação

“Não são situações forjadas para justificar uma decisão. Ela é consabida e foi discutida ao longo dos últimos cinco, seis meses”, ressaltou.

Sem mágoas

Na carta que endereçou a José Maranhão, presidente do MDB/PB, o deputado grifar que “não cabe sopesar (calcular) créditos ou débitos a quem quer que seja. Pelo contrário, impõe-se reconhecer com gratidão o que propiciado nos foi”.

Fatos

“Deparo-me – prossegue o texto – com circunstâncias que se sobrepõem aos desejos pessoais à nossa permanência. Relutei ao fazê-lo, mas quedo-me a uma realidade de óbices intransponíveis em situações vividas em níveis nacional e estadual, devidamente elencadas ao querido amigo e aos demais companheiros”.

Desejo

“Rogo a Deus que sejamos todos felizes nas inarredáveis atribuições reservadas às próximas empreitadas”, concluiu Veneziano.

Papo…

Ele informou que até esta 5ª feira anuncia a sua nova opção partidária.

E revelou ao colunista que a equação está posta: se aceitar o convite do governador Ricardo Coutinho para disputar uma vaga de senador, ingressa no PSB.

 

… Reto

Se optar por tentar a reeleição, vai se filiar ao Podemos (antigo PTN), legenda que já controla indiretamente através do vereador campinense Galego do Leite, presidente estadual do partido.

Adequação

Só recordando o que APARTE publicou há alguns dias: na hipótese de Veneziano concorrer ao Senado, a sua esposa Ana Claudia deverá postular um mandato de deputada federal, provavelmente pelo Podemos.

Quem diria…

Levantamento feito pela revista Veja mostrou que a Caixa Econômica Federal está cobrando a 5ª maior taxa de juros para financiamentos habitacionais entre os maiores bancos brasileiros.

O detalhe

A melhor taxa praticada atualmente é a do Bradesco, em torno de 9,5% ao ano.

Parcial

Até a manhã de ontem, a Câmara Federal havia protocolado a troca de partido por parte de 44 deputados, com as maiores adesões ocorrendo para o Democratas e o PSL (Jair Bolsonaro).

Em bloco

Três deputados da base governista na Assembleia Legislativa – Lindolfo Pires, Edmilson Soares e Branco Mendes – estão articulando a filiação em grupo no PHS.

E ainda apostam nas filiações de Jullis Roberto e Trócolli Júnior.

Quinteto

“Até 6ª feira teremos essa definição. Poderemos ter de largada uma bancada com cinco deputados na Assembleia”, comentou Lindolfo com o colunista.

Fluxo

Lindolfo Pires esclareceu que foi “uma questão de Diário Oficial” o fato de a sua exoneração da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico ainda não ter sido publicada, ao contrário de vários outros auxiliares do Executivo, que foram desligados na semana passada.

Internado

Inspira cuidados adicionais no Hospital Antonio Targino, em Campina, o estado de saúde do professor da UEPB Percy de Holanda Cavalcante (86 anos), parapsicólogo.

O detalhe

Antes da intensa vida acadêmica, ele integrava a comunidade Franciscana com o nome de ´Frei Miguel´.

Em alto…

Será às 10h de hoje (Hotel Laguna, na orla), com pompa, a filiação ao PSC do vice-prefeito pessoense Manoel Júnior, que também deixou o MDB.

… Estilo

Além dos dirigentes estaduais do partido, estarão prestigiando a solenidade o presidente nacional do PSC, Pastor Everaldo, e o presidenciável e economista Paulo Rabello de Castro.

Sem…

É importante realçar que Manoel Júnior não precisa deixar o atual cargo para concorrer às próximas eleições.

… Afastamento

Apenas não poderá, a partir do dia 7, substituir o prefeito Luciano Cartaxo (PV) em suas eventuais ausências da cidade.

`Pegar o beco´

O ex-vereador campinense Napoleão Maracajá disse ontem ao colunista que é inconciliável a convivência no PCdoB com o deputado Inácio Falcão, novo filiado.

Não por razões de ordem pessoal, mas por inadequação eleitoral.

Tudo resolvido

O jornal O Globo informou, em sua edição de ontem, que o deputado Pedro Cunha Lima “já estava com um pé fora” do PSDB, rumo ao PPS, “quando lhe foi ofertada a chance de disputar o cargo de governador da Paraíba.

“Aos 29 anos – segue o jornal – a sua candidatura oferecerá um palanque estratégico ao pré-candidato à Presidência Geraldo Alckmin (SP). Sua permanência evita também a fuga de seu pai, o senador tucano Cássio Cunha Lima”.

Maranhão vai ´apagar a luz´ no MDB/PB?...
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube