Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

quarta-feira, 18/07/2018

O ´desgarrado´

´Meu pedaço´

A Paraíba, mais 11 Estados e o Distrito Federal ingressaram com mais duas ações no Supremo Tribunal Federal contra o Governo Temer, alegando que a parte que a eles pertence nos Refis (programas de refinanciamento de dívidas) não está sendo repassada, via FPE (Fundo de Participação dos Estados).

 

Síntese

A essência das ações é que o governo central preste contas dos repasses do FPE e que permita o acesso dos Estados ao sistema de contabilização dos recursos provenientes dos programas de refinanciamento.

Projeção

Os Estados calculam que deixaram de entrar em seus cofres mais de R$ 13 bilhões ao longo dos últimos meses.

Tudo junto

A alegação é de que o dinheiro do Refis ingressa de forma unificada nos cofres da União, sem a separação das contribuições sociais (Cofins, Cide, entre outras) dos impostos recolhidos em atraso que formam o FPE (Imposto de renda e IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados).

Apropriação
“Nós entramos na justiça em defesa do pacto federativo, que vem sendo descumprido pelo governo federal. O governo federal está fazendo um ´caixa falso´, porque esse dinheiro não pertence a ele”, comentou sobre essas ações o governador Ricardo Coutinho (PSB), em entrevista à TV Itararé.

Penalização

“Essa situação foi descoberta a partir de uma auditoria do governo de Minas Gerais. Nenhuma federação pode se apoiar com essa indefinição. Infelizmente é mais uma coisa esquisita nesse Brasil que virou de ponta/cabeça. Este País precisa ser revisitado. Os Estados sofrem pela crise e pela incompetência do governo federal, que não tem legitimidade para governar, e se apropria de recursos que não lhes pertence. Espero que o Supremo paute isso com urgência”, acrescentou RC.

Ela não!

Na recente passagem da presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR) pela Paraíba, a histórica militante campinense Socorro Ramalho disse que rechaçava apenas uma alternativa em termos de coligações: votar na deputada Daniella Ribeiro (PP) para o Senado.

Na vice

O empresário Flávio Rocha, que dias atrás desistiu de concorrer à Presidência da República pelo PRB, começa a ter o seu nome cogitado para ser o companheiro de chapa do presidenciável Henrique Meireles (MDB).

Etapa

Os juízes eleitorais de Campina Grande – Falkandre Sousa (71ª Zona), Valério Porto (16ª Zona) e Horácio Ferreira de Melo Júnior (17ª Zona) – farão nesta quinta-feira uma reunião preparatória com o aparato da segurança na cidade.

Será às 16h, nas instalações do fórum eleitoral.

O detalhe

Clark Benjamin (16ª Zona), Júlia Amaral (71ª Zona) e Berlindo Estrela (17ª Zona) serão os promotores eleitorais titulares em Campina.

Convocação

Cerca de 5 mil eleitores começam a ser convocados pela Justiça Eleitoral para atuarem como mesários no dia da eleição em Campina Grande.

Da boca de…

“… Aqueles que apostaram que Lucélio não seria candidato (a governador) quebraram a cara…” (prefeito Luciano Cartaxo, PV/JP, em entrevista).

Mais uma

O Partido Verde e o PSDB também decidiram realizar a sua convenção no dia 5 de agosto, em João Pessoa.

Retaguarda

O tradicional escritório de advocacia titulado por Laidson Farias ficará encarregado da assessoria jurídica do candidato a governador José Maranhão (MDB) em Campina Grande.

´Degola´

O senador Romero Jucá (RR), presidente nacional do MDB, realizou uma intervenção no diretório estadual de Minas Gerais devido à resistência à coligação com o PT e o apoio à ex-presidente Dilma Rousseff (PT) para o Senado.

Da boca de…

“… Eu apoio o presidente Lula pelas convicções que tenho da inocência dele…” (senador poliprocessado Renan Calheiros, MDB/AL).

´Namoro´

O PSL avança nos entendimentos para integrar a coligação que terá como candidato a governador Lucélio Cartaxo (PV).

No leme

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), será o coordenador da campanha do ex-presidente Lula no Nordeste.

Da boca de…
“… Quem se envolve em política hoje é marginalizado na sua classe de trabalho. Eu sofri muito isso…” (médica Tatiana Medeiros, pré-candidata à Câmara Federal pelo MDB).

Bye bye JP

Em entrevista à TV Arapuan (JP), a deputada Daniella Ribeiro (PP) disse que já tomou a decisão de não concorrer à reeleição à Assembleia Legislativa, e que vai concorrer a uma cadeira no Senado.

Apocalíptica

“Só se eu morrer, porque se não, eu serei sim candidata. Estou decidida. Os que sobraram na curva é porque não sabiam o que queriam. Eu sei, tenho o apoio do meu partido”, disse a parlamentar enfaticamente.

Reaproximação

O ex-deputado estadual Robson Dutra, que passou um bom tempo filiado ao MDB, tem encurtado a distância que o separava do grupo político liderado pelo senador Cássio (PSDB).

Sintonia fina

Ricardo Coutinho reuniu ontem a sua base aliada na Assembleia Legislativa para tratar de assuntos e pendências relacionadas ao processo eleitoral em curso.

Sumido

Nas hostes oposicionistas já se sente o distanciamento do prefeito de Patos, Dinaldinho (PSDB) dessa fase de pré-campanha.

 

O PP poderá deixar o PSB sozinho no ´altar´...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube