Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

segunda-feira, 17/02/2020

O desagravo a João

´Pilatos´

O desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, preferiu passar ao largo da crise política (e de governabilidade) que a Paraíba atravessa no presente.

– Essas questões de ordem política, os políticos devem comentar sobre isso. Ao Judiciário cabe apenas interagir, no âmbito da Justiça – declarou em entrevista à APARTE.

Da boca de…

“… Eu detesto ter esse poder de prender ou de não prender uma pessoa. Nunca tinha feito isso antes na minha vida…” (ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal).

Para não…

Após uma semana novamente atribulada na política regional, passaram ao largo dois pronunciamentos relevantes durante o começo das comemorações dos 40 anos do Partido dos Trabalhadores, na semana passada.

… Passarem em branco

Aproveito esse começo de semana para resgatar trechos das falas do ex-presidenciável Fernando Haddad e do ´dono do PT´, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Convocação

Inicialmente Haddad. “É hora de ir para a rua defender esse partido, defender esse legado e botar esses fascistas para correr.

Sem hesitação

“Se a gente ficar com medo de fake news, medo de rede social, medo de fascista, eles vão avançar. Se a gente mostrar a garra que a gente teve, eles vão recuar. E o país volta a ser governado por gente decente.

Escalada

“Estão barbarizando a sociedade. Estamos nos tornando bárbaros sem perceber o que esses caras estão fazendo. Um presidente da República falar que o soropositivo custa para o país? Quem custa é ele! O maior custo que esse país tem é o Bolsonaro!

Contumaz

“Todo dia tem alguém sendo ofendido. Uma hora é a mulher do presidente da França, que é mais velha que ele. Ele é democrático na ofensa, ofende todo mundo. Menos os seus correligionários covardes.

Provocação

“Chamar servidor público de parasita? Um cara que ficou 28 anos na Câmara Federal e não aprovou um projeto? Um cara que rachava o dinheiro dos funcionários do gabinete para enriquecer às custas do dinheiro público e desviado? Esse cara tem coragem de chamar alguém de parasita?

Auxiliar

“Outro cara (ministro Paulo Guedes, da Economia) que vem do mercado financeiro e só lidou com especulação a vida inteira, nunca produziu um parafuso, vem chamar alguém de parasita?

Inquieto

“Eu fico preocupado quando as pessoas me perguntam qual é o discurso do PT. Será que nós vamos continuar falando de negros, mulheres, LGBT, ou temos que focar nosso discurso na agenda econômica?

Sem restrições

“Esse partido nunca deixou nenhuma pauta importante para trás, pois sabe que democracia é tudo isso junto e acumulado. Quero ter todas essas discussões”.

Agora é Lula

“Não temos muita alternativa. Estão destruindo tudo o que montamos, além da subserviência ao governo americano. Se não formos para a rua lutar e resistir, estaremos perdidos.

Ensinamento

“A última eleição nos ensinou que ou assumimos a responsabilidade de fazer política e de discutir política ou seremos levados a rodão como na última eleição.

Desafio

“Acusam todos de corrupção e enfiam na nossa cara esse governo que enfiaram agora. Esse é um desafio para nós. Como organizamos os movimentos sindicais de novo?

Crença

“É possível a gente construir um novo Brasil e recuperar o povo da solidariedade que sempre deveria existir na humanidade.

Estímulo

“Eu tenho 74 anos. Quando eu digo que tenho tesão de 20 anos é para fazer inveja, para vocês saberem que é preciso ter muita motivação. Muita energia e tesão por participar desse debate.

Contrassenso

“A moda é pedir para o PT fazer autocrítica. Vocês não fazem autocrítica? A pessoa que me pede autocrítica é porque não tem crítica a fazer para mim. Eu nunca vi pedirem autocrítica para a direita, que governou esse país por 500 anos, pelos 12 milhões de desempregados, pela matança da nossa juventude na periferia, pela violência contra a mulher”.

Venda

Em uma transação de quase R$ 2 bilhões (R$ 1,95 bilhão), o grupo francês Carrefour oficializou ontem a compra de 30 lojas da rede Makro, predominantemente localizadas na região Nordeste, e que passarão a usar a bandeira ´Atacadão´.

Baque

Nos últimos três anos, mais de 3 milhões de pessoas abandonaram os seus planos de saúde.

O detalhe

Os valores cobrados e a crise econômica são as principais justificativas dos desistentes.

2ª feira filosófica

“Se o homem soubesse as vantagens de ser bom, seria homem de bem por egoísmo”.

Santo Agostinho

´Faxina´

O senador Veneziano Vital (PSB) realçou a ação moralizadora do governador João Azevedo (Cidadania) no tocante à extinção dos contratos com as organizações sociais (OSs).

Cessou

O ´V` tomou por base um despacho da ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça, no qual ela assinala não haver mais registros de continuidade do delito na gestão estadual.

João virou a página

À ótica do ´V´, o posicionamento da ministra acabou colocando em xeque a teoria do impeachment defendida pelos deputados que integram a bancada de oposição no Estado.

No texto divulgado pela assessoria do senador, a gestão João Azevêdo “se mostra em um novo patamar”, o que aponta para “a lisura na administração pública com a ausência de contratos com tais OSs”.

Alteração (para maior) no ´Censo´ da Operação Calvário...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube