Jornalista há quase 30 anos, escreve a coluna Aparte desde 1991. Já trabalhou em TV, rádio e foi editor chefe do Jornal da Paraíba e colunista das TVs Cabo Branco e Paraíba. É comentarista político das rádios Campina FM, Caturité AM e editor do portal de notícias Paraibaonline.

terça-feira, 15/11/2016

O buraco é mais embaixo

Sem urna

A democracia interna no PT sofreu um abalo no final de semana passado.

Foi extinto o processo de eleição direta para a escolha da direção nacional do partido, uma inovação adotada no ano de 2001.

A nova cúpula petista será eleita em abril próximo.

O que sobrou

Só os diretórios municipais permanecem adotando a eleição direta para eleger os seus presidentes.

Carão

Para esse desfecho, foi marcante, em recente reunião de dirigentes petistas, um desabafo do ex-presidente Lula: “Por favor, parem de brigar!”

Insensibilidade

Ao comentar essa mudança de rota na condução partidária, o deputado estadual paraibano Anísio Maia (PT) afirmou que “a cúpula do PT ainda não entendeu o que vem acontecendo no país e está completamente insensível à vontade de mudança que existe na base partidária”.

Mão de ferro

“Tenho a impressão de que a grande preocupação do campo majoritário do partido é permanecer com o domínio da máquina partidária, custe o que custar”, acrescentou o parlamentar.

Futuro sombrio

O arremate das declarações de Anísio Maia foi denso: “Não podemos viver do passado. Ou o PT muda ou terá seu fim. No que depender desta cúpula, não mudará”.

Na tela

O professor e cientista político Fábio Machado (UFCG) é o entrevistado de hoje do programa ´Ideia Livre Política & Economia´, que começa às 21 horas na TV Itararé – canal 18.1 (digital) e 19 (analógico) – ou no endereço eletrônico www.tvitarare.com.br

Com o chefe

O governador Ricardo Coutinho (PSB) reuniu ontem a sua base política na Assembleia Legislativa.

“Foi uma reunião extremamente positiva”, resumiu o líder da bancada, Hervázio Bezerra (PSB).

Vacantes

O líder destacou em suas declarações o fato de a Secretária Executiva da Administração, a Secretaria Executiva de Administração Penitenciária e a Secretária do PAC estarem sem titulares.

Mudanças

Hervázio confirmou que ajustes estão a caminho na estrutura governamental: “Ele (Ricardo) limitou-se apenas a dizer que a reforma era perfeitamente normal para oxigenar a administração”.

O detalhe

Estiveram ausentes da reunião os deputados Jeová Campos (PSB), Zé Paulo (PSB) e Nabor Wanderley (PMDB).

Rumo ao plenário

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso liberou ontem para julgamento um recurso que trata da validade do pagamento de auxílio-moradia para juízes.

 

Indispensável

O setor de energia elétrica é vital no mundo contemporâneo, ´mercadoria de 1ª necessidade´, numa expressão de fácil compreensão popular.

Gestão

Em função desse caráter estratégico, não é coisa para amadores.

Também é inimaginável prescindir de permanente planejamento – e de investimentos.

Dimensão

Os ´apagões´ que ocorreram ontem, a partir das 5h10 da manhã em Campina Grande, a segunda maior cidade do Estado, são fatos muito mais graves do que os percalços enfrentados imediatamente e ao longo do dia.

Ao Deus dará

Os relatos que chegaram ao colunista desenham um quadro preocupante, uma espécie de aposta na sorte às escuras.

Estrago

A subestação Campina Grande II, sob a responsabilidade da Chesf e localizada no bairro do Velame, atingiu com a sua paralisação 73 cidades e cerca de 410 mil unidades receptoras.

Consequente

E não foi um imprevisto ocasional, mas decorrência da falta de manutenção da subestação, um sintoma da redução crescente de investimentos.

Limitações

A ocorrência pegou a estatal elétrica de ´calças curtas´, sem estrutura para recolocar em tempo razoável a subestação em funcionamento.

Reforço

Nesse caótico quadro da segunda-feira em Campina e nas outras cidades – só atenuado pelo ´feriadão´ compulsório de muitas categorias funcionais -, foi preciso a empresa distribuidora de energia (Energisa) – que não tem ingerência na subestação – improvisar um socorro colaborativo.

Suporte

Conforme informações da Energisa, o trabalho de recuperação da subestação teve o apoio de 22 eletricistas, três engenheiros e um supervisor da Energisa, além de três caminhões com cesto aéreo.

Cortes

Em nota divulgada à imprensa, o presidente do Sindicato dos Urbanitários da Paraíba, Wilton Maia Velez, denunciou que a Chesf “reduziu drasticamente os investimentos em manutenção a partir de 2015, de acordo com dados da Demonstração Financeira de 2014/2015 da empresa”.

Repetições

O texto assinala ainda que “não havendo manutenção preventiva, a tendência é que esses apagões ocorram com frequência”.

Dezenas

Ainda conforme o Sindicato, no ano passado ocorreram 31 desligamentos no Sistema Chesf que atende a PB/RN e parte de PE.

Agir rapidamente

Os sustos verificados ontem em Campina Grande devem servir para que as autoridades e o setor produtivo da cidade e do Estado promovam imediatamente uma discussão pública acerca das reais condições das subestações e linhas de transmissão que servem à população, com a cobrança de medidas corretivas, caso as informações não sejam tranquilizadoras.

Redobro o alerta, porque existem informações de que o Ministério das Minas e Energia já foi formal – e renovadamente – notificado de que o sistema elétrico vinculado à Chesf, por essas bandas, inspira cuidados urgentes.

A luz amarela está acesa.

Atenção candidatos ´graciosos´ nas últimas eleições...
Simple Share Buttons