Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 04/07/2017

O ´balsâmico´ Kassab

Aposta alta

Na contramão das expectativas dos líderes da base aliada, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) avaliou ontem que a Câmara Federal deverá avalizar as investigações contra Michel Temer.

– Acho que com os elementos que estão postos, é difícil imaginar que a Câmara não autorize essa investigação – assinalou.

CCL grifou que “na República, qualquer pessoa pode ser alvo de investigação”.

Não digerida

O ´tucano´, em entrevista à rádio Correio FM, adotou uma postura aparentemente oposicionista, ao comentar que “ficou difícil de entender como o TSE não puniu a chapa Dilma/Temer”, com provas por ele conceituadas como revestidas de “contundência e robustez tamanhas”.

Alto…

Em entrevista ontem à rádio BandNews, o presidente Michel Temer (PMDB) afirmou ter “quase absoluta certeza” de que a Câmara Federal derrubará a denúncia de corrupção passiva contra ele.

… Astral

“Estou animadíssimo. Essas coisas que acontecem me revitalizam”, acrescentou.

Balanço

O prefeito Romero Rodrigues (PSDB) concederá uma entrevista nesta quarta-feira para fazer uma avaliação dos festejos juninos deste ano.

Renovação

Ele deverá anunciar a continuidade da parceria com a empresa Aliança, que geriu o evento.

Na tela

O presidente da seccional paraibana na OAB, Paulo Maia, é o entrevistado de hoje no programa ´Ideia Livre Política & Economia´, que começa às 22h15 na TV Itararé – canal 18.1 (HD) e 19 (analógico), ou ao vivo na internet: www.tvitarare.com.br

Garimpo

Vale destacar declarações do procurador geral da República, Rodrigo Janot, em entrevista no final de semana ao jornal O Globo.

Ritmo de trabalho

“Até dia 17 (de setembro), a caneta estará na minha mão. Enquanto houver bambu, vai ter flecha.

Metodologia

“Não é possível que para eu pegar um picareta, tenha que tirar uma fotografia dele pegando a carteira do bolso de outro. Ninguém vai passar este recibo. Isso é um tipo de prova satânica, quase impossível.

Delação JBS

“Se o Ministério Público não pode oferecer imunidade ou redução de pena vai oferecer o que? Vou chamar os irmãos Batista e oferecer uma caixa bombons garoto, pão de mel, cachaça e torresmo? A delação é uma instituição nova que está se consolidando no Brasil e eu tenho que ter flexibilidade para fazer um acordo”.

Demonstração

Ao comentar o encontro informal, ocorrido no final de semana em Campina Grande, que reuniu o ministro Gilberto Kassab (Comunicações), Cássio e os prefeitos Luciano Cartaxo e Romero Rodrigues, o deputado Rômulo Gouveia, presidente estadual do PSD, disse que “a gente demonstrou que o que a situação tentou criar de distanciamento não existe”.

 

Sem divisão

Ainda conforme Rômulo, “estamos todos unidos por uma causa. Romero é um nome extraordinário. Luciano é outro nome extraordinário. Vamos encontrar uma alternativa para que possamos marchar juntos. Não podemos é nos dividir. Só seremos fortes se estivermos unidos. Vamos estar unidos em 2018!”

Todos à mesa

Gouveia informou que ficou acertada a realização de um encontro, no final deste mês, da chamada ´frente de oposições´ na Paraíba “para definir estratégias”.

O detalhe

Rômulo viajou a Brasília. A bancada do PSD na Câmara Federal se reúne hoje para debater a tramitação do pedido de investigação contra o presidente Temer.

Sereno

Ao avaliar a conversa com Kassab, Cartaxo, Rômulo e Cássio, Romero Rodrigues (PSDB) disse que tem se pautado pela “serenidade”, e que “ninguém vai conseguir construir um processo se não for dialogando”.

Entendimento

Especificamente sobre o prefeito pessoense, RR observou que “temos já uma relação de amizade. Vamos ver o melhor caminho, que possa levar à vitória das oposições em 2018”.

Construção

Romero declarou ainda que “estou muito tranquilo, um pouco mais maduro na política e na vida. Tenho um modelo que pode servir à Paraíba, mas vamos agir com serenidade, tentando construir um consenso”.

Confetes

Cartaxo declarou que “fico lisonjeado com o reconhecimento (à sua administração) dos presidentes Kassab e Rômulo”.

´Quatro mãos´

Para ele, “o grande projeto é o da unidade das oposições. Essa proposta é fundamental. Tenho um respeito profundo pelo prefeito Romero. Ninguém resolve nada sozinho. Na política ninguém faz nada sozinho. É importante que preservemos essa unidade”.

´Socialização´

Gilberto Kassab (presidente nacional licenciado do PSD) afirmou que “o PSD não é do Rômulo, do Kassab ou do Cartaxo. Mas também do Romero, do senador Cássio”.

Salomônico

Ele recordou que “com a maior satisfação nós tivemos no ano passado no palanque do Romero, que tem se revelado um dos melhores prefeitos da história de Campina Grande. Temos um orgulho muito grande de sua administração. E o mesmo orgulho nós temos do Luciano Cartaxo, uma pessoa que tem uma carreira na vida pública da Paraíba que poucos têm”.

Futuro

O ministro acentuou que Romero e Cartaxo “têm, com certeza, uma avenida pela frente para caminhar. Eu estou aqui para aplaudir essa parceria, que vai continuar entre o PSD e o PSDB”.

Celebração

“Os dois (Romero e Cartaxo) estão preparadíssimos para ser governador. E os dois estarão juntos no palanque que vai eleger o futuro governador. Não tenho nenhuma dúvida de que estarão juntos. Trouxe o Cartaxo aqui para consolidar esse casamento, que é o casamento da vitória e o casamento que a Paraíba merece”, realçou Kassab.

A presidente do Supremo estaria virando uma espécie de ´rainha da Inglaterra´?...
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube