Jornalista há quase 30 anos, escreve a coluna Aparte desde 1991. Já trabalhou em TV, rádio e foi editor chefe do Jornal da Paraíba e colunista das TVs Cabo Branco e Paraíba. É comentarista político das rádios Campina FM, Caturité AM e editor do portal de notícias Paraibaonline.

sábado, 28/10/2017

O alerta dos bispos

De caso pensado

Ao se reportar em entrevista, ontem, acerca do tumulto ocorrido na última quarta-feira no plenário do Legislativo campinense, a vereadora-presidente Ivonete Ludgério (PSD) disse que os sindicalistas “fizeram uma bagunça”, e que se deslocaram para a Câmara com “a motivação de fazer barulho”.

“Deram muitos murros nos vidros”, ilustrou.

Desequilibrado

Acerca da postura do sindicalista Wilton Maia (Urbanitários), a presidente disse que “é um problema de destempero do tamanho daquela criatura. O problema dele não é justiça, é CAPS”.

Ivonete acrescentou que “nem todo louco é livre de punição”.

Situando

CAPS é um centro de atenção psicossocial que realiza atendimento a usuários com transtornos mentais graves e persistentes.

´Gelo´

Depois de lamentar o fato de os protestantes terem executado “gestos obscenos e palavras proibidas de se falar (em público)”, Ivonete avisou que “essa (entrevista) é a ultima vez que eu revido os ataques mentirosos daqueles dois presidentes de sindicatos (Wilton Maia e Napoleão Maracajá, do Sintab)”.

Desmentido

A vereadora assegurou em entrevista que “não recebo dois salários” do Poder Público municipal “como parlamentar e como servidora da Secretaria de Agricultura”.

Abdicou

Ivonete posteriormente esclareceu que chegou a acumular as funções parlamentares e de servidora, mas que há algumas semanas (“agosto”) pediu licença sem vencimento, publicada no dia 4 de outubro último.

Sem onipresença

O fato novo levantado pelos sindicalistas é a impossibilidade de a vereadora exercer essas funções cumulativamente no período anterior ao seu pedido de afastamento, uma vez que desde o começo de 2016 o horário de funcionamento da PMCG (das 7h às 13h) coincide com as suas atividades da representação popular.

Alerta

Os inscritos no Benefício de Prestação Continuada em Campina Grande precisam apressar o passo. O prazo para a regularização junto ao Cadastro Único termina em dezembro. E dos 5.100 contemplados, apenas 300 já resolveram as pendências.

O detalhe

Quem não solucionar, não receberá o pagamento referente ao mês de janeiro de 2018.

A sós

O presidente Michel Temer teve ontem uma conversa com o seu líder na Câmara Federal, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

Fermento

Antes mesmo do término da V edição da Expopão (feira do setor de panificação), realizada até ontem em Campina Grande, o sindicato da categoria já projetava o fechamento de negócios superior à meta fixada, que era de R$ 5 milhões.

O resultado será divulgado na próxima semana.

Sem espelho

O senso do ridículo é algo que deveria ser nato ao ser humano, mas com frequência é artigo raro na prateleira da vida nacional, notadamente entre os homens públicos.

Jocoso

Quarta-feira última, o deputado Carlos Marun (PMDB-RS), da ´tropa de choque´ de Michel Temer, dançou no plenário da Câmara Federal após a votação acerca das investigações contra o peemedebista.

Rodopiou cantando um clássico do compositor Benito de Paula: “Tudo está no seu lugar/ Graças a Deus…”

Sem rima

Em entrevista ao portal UOL, Benito ficou indignado: “Tô muito puto. É um desrespeito (…) Eu não tô apoiando porra nenhuma (…) Eu diria que ele (Marun) é um… um babaca?! Não tem o que fazer não? Vai trabalhar! (…) Tenho nojo, raiva de política”.

Sábado é dia de poesia

“Hoje a poesia chora/ Minha madrugada é triste…/ Vou sem rumo e sem destino/ Finjo não chorar, sorrindo/ Onde andará meu canto?/ Eu preciso me encontrar…”

Benito de Paula, num modesto desagravo da Coluna.

Olha a fila!

Existem 25 pedidos de impeachment contra o presidente Temer tramitando na Câmara Federal.

Por aqui

O deputado Rômulo Gouveia (PSD) confirmou a visita a Campina Grande, dia 1º próximo, do ministro de Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, para a inauguração do Centro-Dia.

Saudade do poder

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, pelo menos 15 ex-governadores, dentre eles Anthony Garotinho (PR-RJ), José Serra (PSDB-SP), Roberto Requião (PMDB-PR) e Roseana Sarney (PMDB-MA) querem se lançar ao governo de seus Estados nas eleições gerais do ano que vem.

Novo endereço

A Coordenadoria de Comunicação da Prefeitura de Campina Grande passou a funcionar na rua Nossa Senhora de Lourdes, Jardim Tavares.

Garimpo

Duas notas publicadas no jornal O Estado de São Paulo: Um pré-candidato a presidente fez pesquisas qualitativas em três capitais para entender o humor do eleitor.

Resultado

É quase unânime a concordância com a frase “todo político é ladrão”.

A maioria não votaria em 2018 se tivesse essa opção.

Outra nota

A Universidade Federal da Paraíba adotou nos formulários de inscrições para seus cursos seis opções de identidade de gênero: homem, mulher, trans, cis (cisgênero), travesti e não-binário.

O fosso aumentou

A CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) publicou uma nota oficial condenando a “barganha na liberação de emendas parlamentares pelo governo”.

 “A barganha na liberação de emendas parlamentares pelo Governo é uma afronta aos brasileiros”, sublinha a entidade dos bispos, ressaltando em seguida que “o divórcio entre o mundo político e a sociedade brasileira é grave”.

E se Cássio e Ricardo não disputassem o Senado em 2018?...
Simple Share Buttons