Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

sexta-feira, 09/12/2016

Nova data para a água

Interlocutores palacianos

Os três senadores paraibanos (José Maranhão, do PMDB, Deca, do PSDB, e Raimundo Lira, PMDB) participaram da audiência de ontem da bancada paraibana com o presidente Michel Temer.

Igualmente presentes seis deputados federais: Rômulo Gouveia (PSD), Aguinaldo Ribeiro (PP), Wilson Filho (PTB), Efraim Filho (DEM), Pedro Cunha Lima (PSDB) e Benjamin Maranhão (SD, coordenador da bancada).

Fluiu bem

Foi uma conversa informal, que durou pouco mais de uma hora.

Temer adora conversar com parlamentares. É a sua praia.

Reta final

A questão hídrica foi predominante no viés administrativo.

O presidente estava acompanhado do ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, que garantiu a conclusão, ainda este ano, das obras físicas do Eixo Leste da transposição do Rio São Francisco – justamente o que atenderá a região de Campina Grande e Cariri.

Derivação

O ramal da transposição para a região do Piancó foi novamente abordado, com sinalização positiva do governo.

Ações de…

Rômulo tratou do plano emergencial que há algumas semanas foi protocolado no Ministério da Integração pelo prefeito Romero Rodrigues.

… Curto prazo

Seriam obras emergenciais, tipo perfuração adicional de poços, distribuição de reservatórios e construção de cisternas.

O ministro sinalizou a liberação de R$ 7,7 milhões para essa demanda.

Trem

José Maranhão renovou o apelo para a inclusão do território paraibano na ferrovia transnordestina.

Ele fez uma detalhada exposição sobre o tema.

Passivo

Houve também a ratificação do pedido em prol dos produtores rurais do Estado, que estão com dívidas junto a bancos oficiais.

E Temer disse que nesta quinta-feira vai autorizar um socorro a esse segmento econômico.

Calamidade

Em documento entregue ao presidente, os parlamentares sublinham que a Paraíba “assiste desolada a maior crise hídrica de sua história. 88% dos municípios estão em situação de emergência. Das 223 cidades do Estado, 197 precisam de ajuda de forma emergencial para enfrentar o grave problema de desabastecimento de água que assola sua população”.

Sem estoque

“Para que se tenha uma ideia da situação em que estamos, dos 126 mananciais monitorados pela Agência Estadual de Gestão das Águas (Aesa), 70 deles, o equivalente a 55%, têm hoje menos de 5% de sua capacidade. Outros 28 têm menos de 20% da quantidade de água que podem abrigar”, menciona o texto noutro trecho.

Reforço

O presidente da República informou aos representantes paraibanos que mesmo sem divulgação duplicou o repasse de recursos destinados à construção do sistema adutor Acauã/Araçagi, obra tocada pelo Governo da Paraíba.

Da boca…

“… Receio muito o amanhã caso prevaleça a visão acomodadora, dando-se o certo pelo errado, o dito pelo não dito…” (ministro Marco Aurélio de Mello, sobre as decisões surpreendentes que tem tomado o Supremo Tribunal Federal).

Apuração

Avançam no CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) 30 investigações relacionadas à formação de carteis por empresas que estão, de alguma maneira, ´enrascadas´ na Operação Lava Jato.

As denúncias envolvem principalmente combinações de preços e conluios para divisão de licitações.

Em tempo

No encontro com dezenas de prefeitos eleitos na Paraíba este ano (cerca de 180), ocorrido esta semana no Centro de Convenções de João Pessoa, Ricardo Coutinho frisou que o evento buscava “aproximar, cada vez mais, municípios do Estado buscando o desenvolvimento de todas as regiões da nossa Paraíba”.

Parcerias

“Estamos – prosseguiu RC – dizendo claramente que é possível fazer mais com menos. É um desafio dos prefeitos que assumem ou reassumem em 1º de janeiro. Aqueles que querem convergir com as políticas públicas que vêm transformando a Paraíba marcam presença nesse evento. Juntos, queremos dar uma qualidade de vida melhor para nossa população. Buscamos efetivamente construir indicadores mais positivos no próximo ano”.

Queda livre

Sobre a conjuntura nacional, o governador comentou que “vivemos um momento muito delicado, com queda constante das receitas dos municípios e também do Fundo de Participação dos Estados (FPE); uma economia nacional que entrou em depressão”.

Desafiador

Para Ricardo, “essa é uma crise maior que muitas outras pela qual o Brasil já passou, porque além de ser uma crise econômica tem também conteúdo político. Queremos que o país volte a ter estabilidade. Governar é um desafio enorme para os gestores, porém fomos eleitos para fazer o melhor pelo povo, então temos que encontrar, juntos, alternativas”.

Deixar ´azul´

RC declarou em entrevista que é um desafio constante “manter o Estado equilibrado nas condições mais adversas do mundo”.

Chegada na Páscoa

O Ministério da Integração Nacional atualizou as suas informações sobre as obras da transposição.

Restam da obra física 9,98%. A água do Projeto São Francisco deverá chegar a Monteiro (PB) em fevereiro de 2017 e em Campina Grande em abril do próximo ano.

Romero Rodrigues voltará de caneta na mão...
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube