Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

quinta-feira, 04/04/2019

Mirando o Sebrae

Risco de demissão em massa

Segundo o jornal Folha de São Paulo, muitas construtoras que atuam no programa Minha Casa, Minha Vida vão começar a demitir trabalhadores.

O motivo alegado são os atrasos no repasse de pagamentos devidos pelo governo federal.

O segmento fala em dispensar até 50 mil empregados nos próximos dias.

A dívida seria de R$ 450 milhões.

Avançando

O grupo Caoa deverá assumir as operações da fábrica da Ford, de São Paulo, em dezembro.

O grupo brasileiro negocia realizar a produção de caminhões sob licença da montadora americana.

Da boca de…

“… O Brasil é uma carcaça de Fusca, com motor de Ferrari, tanque de combustível de moto 50 cilindradas, carregando a carga de uma jamanta…” (deputado federal Newton Cardoso Júnior, do MDB-MG sobre a situação atual do País).

Mais um

O conhecido ´Restaurante do Baixinho´ está desativando a sua unidade na rua Aprígio Nepomuceno (bairro da Liberdade), em Campina Grande.

Ao que se informa, a empresa optará por outra atividade principal.

Pra esquecer

Em entrevista ontem à TV Itararé, o empresário Artur Bolinha Almeida, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Campina Grande, observou que o comércio “teve um trimestre (1º de 2019) muito difícil. Talvez tenha sido o pior março dos últimos anos”.

Prejuízo no bolso

Ao cabo de uma reunião que manteve ontem com o ´colégio de líderes´ da Assembleia Legislativa, o deputado-presidente Adriano Galdino (PSDB) comunicou que a partir da sessão da próxima terça-feira será cortado o ponto do deputado que não estiver em plenário quando da ordem do dia.

Ruído

Uma publicação de ontem no Diário do Poder Legislativo deu muito o que falar.

Trata-se de um ato da mesa diretora oficializando os blocos partidários.

Incluso

Num deles, aparece o nome do deputado Manoel Ludgério (PSD) num agrupamento reconhecidamente situacionista: PCdoB, PSB, Podemos, Rede e PTB.

Repasse

Ao ser questionado sobre a participação de Ludgério no bloco governista, Adriano respondeu que “perguntem ao próprio deputado”, mas registrou que ele seria muito bem-vindo.

Fez a opção

Já o líder do bloco oposicionista, deputado Raniery Paulino (MDB), comentou que “esse é o direito que cada um tem. O importante é que a pessoa esteja bem definida onde esteja, porque ficar numa situação híbrida…”

Boa sorte

Paulino citou que Ludgério “se dizia oposição, mas não atendia aos chamados das reuniões e nem assinou a CPI (da Cruz Vermelha). Então, se definiu e vai assumir todas as consequências boas ou más. Eu desejo boa sorte a ele e quem sabe a gente não se encontre brevemente para o lado da oposição, o que é bem possível”.

Silêncio

Apesar do chamado de jornalistas que estavam acompanhando a sessão de ontem da ALPB, o deputado do PSD optou por não conceder entrevista.

Acomodação interna

Posteriormente, Manoel afirmou que essa participação não é novidade, mas foi a alternativa existente para o PSD ter mais espaço nas comissões permanentes, a exemplo do aconteceu em 2015/2016, “e isso não me demitiu da condição de uma oposição equilibrada e de votar em Lucélio (Cartaxo) no pleito de 2018”.

Autônomo

“Minha linha de atuação tem sido de independência. Meu líder é a minha consciência e a sociedade”, exclamou o deputado.

Aprendizado

Por fim, Manoel Ludgério disse que “o resultado geral, e de Campina, em 2018, demonstrou que o incentivo a qualquer abismo, inevitavelmente, proporcionará derrotas”.

Da boca de…

“… Há um assassinato de reputações nas redes sociais, impulsionado por interesses escusos…” (ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal).

Interino

O 1º vice-presidente da Associação dos Magistrados da Paraíba, Max Nunes, assumiu interinamente a presidência da associação no período de 1 a 15 de abril, em decorrência das férias da atual presidente da AMPB, a juíza Aparecida Gadelha.

Protocolo

Mais de 83 mil declarações de Imposto de Renda recebidas. Eis o balanço mais recente da Receita Federal da Paraíba.

A estimativa é receber mais de 300 mil até o dia 30 próximo.

Para breve

O Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária determinou a realização de uma inspeção no sistema penitenciário da Paraíba.

Da boca de…

“.. Há um desejo latente no País de valorizar a vulgaridade e a barbárie…” (cineasta Cacá Diegues).

Fogo de…

Informação do ´Estadão´ revela que alguns membros do governo federal defendem que seja trocado o comando nacional do Sebrae.

… Monturo

O ex-ministro dos Transportes e ex-deputado federal João Henrique de Sousa (MDB-PI) preside a instituição. Foi eleito em novembro do ano passado para cumprir um mandato de quatro anos, com o apoio do ex-presidente Michel Temer (MDB).

Em compasso de espera

Ainda conforme o jornal, “se esse movimento político avançar, um dos nomes citados como possibilidade para ocupar o cargo é o do ex-ministro do Turismo e ex-deputado federal Carlos Melles, ligado ao Democratas, que já é diretor do Sebrae.

Quando o TRE/PB vai ´limpar a pauta´ das eleições anteriores?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube