Fechar

logo
logo

Fechar

Arimatéa Souza

quarta-feira, 22/09/2021

Vergonha alheia, mas conterrânea

´Piuiii´

A Associação Nacional dos Analistas Judiciários da União (Anajus) acionou integrantes do Conselho Nacional de Justiça, do Congresso Nacional e do Judiciário para alertar acerca de um projeto já batizado de “trem-bala da alegria”.

A intenção é transformar técnicos judiciários, um cargo de nível médio, em cargo com status de nível superior, sem a necessidade de os possíveis beneficiários dessa ´migração´ serem submetidos a concurso público.

Estimativa

A Anajus calcula que ao menos 70 mil técnicos de nível médio do Judiciário da União podem ser favorecidos com um aumento de 64% em seus salários, por intermédio dessa conversão administrativa.

Impacto

De acordo com o site Metrópole, a aprovação dessa proposta teria um custo anual da ordem de R$ 340 milhões para os cofres públicos.

Ou seja, R$ 4 bilhões em quatro anos.

Subir a Serra

O governador João Azevedo (Cidadania) vai passar boa parte desta quarta-feira em Campina Grande, numa agenda predominantemente administrativa.

Aposta…

A empresa aérea Gol anunciou a compra e/ou arrendamento de 250 aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL), conhecido como ´carro voador elétrico´.

… Alta

O veículo pode transportar até quatro passageiros e um piloto, com alcance de 160 quilômetros a uma velocidade de 320km/h.

Verticalizadas

Segundo o jornal O Globo, as aeronaves têm decolagem e pouso vertical, produzindo até cem vezes menos ruído que um helicóptero quando em voo de cruzeiro.

Novas luzes

O distrito dos mecânicos de Campina Grande deverá ser contemplado, em breve, com a modernização de sua iluminação (em led).

Ímã

O senador Veneziano Vital (MDB) abriu conversações para tentar atrair para o seu partido o deputado estadual Anderson Monteiro (PSC), que vez por outra tem ´flertado´ com a base governista na Assembleia Legislativa.

Sem pressa

“Tudo ao seu tempo”, comentou Anderson, que vai esperar a ´janela partidária´ (abril próximo) para definir o seu destino político visando a reeleição.

´Me dê motivos´

Pré-candidato ao Senado pelo PT/PB, Charliton Machado comentou que Veneziano – com quem esteve dias atrás – “tem votado em favor da democracia e por isso é importante estreitarmos as nossas relações”.

´Fullgás´

Durou apenas horas as nomeações do prefeito Bruno Cunha Lima (PSD-CG) para a direção da Urbema – empresa vinculada à PMCG.

Óbice

O suplente de vereador Pimentel Filho (PSD) alegou que havia um impedimento legal para que ele assumisse um cargo público que não fosse no primeiro escalão do Executivo, sob pena de ficar impossibilitada a sua eventual ascensão à titularidade do mandato.

´Dominó´

Na sequencia da desistência de Pimentel, a vereadora Eva Gouveia (PSD) também anunciou que havia desistido da indicação para a presidência da Urbema.

´Efeito disjuntor´

Se Eva não desistisse, a consequência imediata seria a posse de Pimentel como vereador, o que não é assimilado por – pelo menos – cinco vereadores da base governista.

Resgate

“Conservarei imaculada minha vida e minha arte (…) Se eu cumprir este juramento com fidelidade, que me seja dado gozar felizmente da vida e da minha profissão, honrado para sempre entre os homens; se eu dele me afastar ou infringir, o contrário aconteça.”

Conteúdo

O texto transcrito acima é o famoso ´Juramento de Hipócrates´, considerado o ´Pai da Medicina´, habitualmente verbalizado nas solenidades de formaturas das faculdades de Medicina.

Amnésia

Se o renomado médico paraibano Marcelo Queiroga tivesse fixado o ´mandamento´ acima, certamente não teria personificado mais um – e o mais deprimente – episódio grotesco em sua ainda curta passagem pelo comando do Ministério da Saúde.

Fim de…

Vamos aos fatos. Na saída da comitiva de Jair Bolsonaro de uma recepção em Nova Iorque (EUA), na noite de segunda-feira, existiam no local manifestantes contrários ao presidente.

Cerca de dez pessoas gritavam palavras de ordem, conforme o jornal Folha de São Paulo.

… Noite

Queiroga, de dentro de uma van, levantou-se do assento e mostrou o ´dedo do meio´ para os manifestantes.

Chefe

Reação do presidente ao saber do fato: publicação no Facebook de um vídeo com o título “meia dúzia de acéfalos protesta contra Jair Bolsonaro para delírio de parte da imprensa brasileira”.

Antes do embarque

Antes mesmo dessa obscenidade – especialmente para uma autoridade nacional, visitando outro país -, Marcelo Queiroga (que ontem testou positivo para a Covid-19) já havia sido ´inspiração´ para um recente editorial do jornal O Estado de São Paulo, publicado no final de semana.

Novo ´Pazuello´

Destaco alguns trechos desse editorial, intitulado ´o curandeiro da República´.

“Marcelo Queiroga mostrou que está disposto a tudo para se manter no cargo, inclusive se ajoelhar diante do altar da seita bolsonarista (…) Queiroga deixou claro ao País que a única diferença entre ele e seu antecessor, Eduardo Pazuello, é um diploma de Medicina.

“A subserviência aos desígnios mais irresponsáveis do presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Saúde de facto, é rigorosamente a mesma do intendente”.

´Dar o dedo´: todo Queiroga tem seu dia de ´Ney Suassuna´...

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube