Jornalista há quase 30 anos, escreve a coluna Aparte desde 1991. Já trabalhou em TV, rádio e foi editor chefe do Jornal da Paraíba e colunista das TVs Cabo Branco e Paraíba. É comentarista político das rádios Campina FM, Caturité AM e editor do portal de notícias Paraibaonline.

sábado, 20/08/2016

Lições da longevidade

Bisturi

O senador Cássio (PSDB) informou ontem que está em vias de se submeter a uma intervenção cirúrgica, que deverá propiciar que o seu suplente imediato, empresário ´Deca do Atacadão´, assuma uma cadeira no Senado.

CCL frisou que se o procedimento clínico ensejar uma rápida recuperação, irá participar da campanha de vários aliados pelo Estado.

Colados

Estão muito próximos os comitês de campanha dos prefeitáveis campinenses Romero Rodrigues (PSDB) e Veneziano (PMDB) – na antiga Cavesa e na desativada filial da Panificadora Pastiery, ambos os endereços na rua Miguel Couto.

No ´Jere´

Foi muito tumultuada a caminhada que o candidato a prefeito Veneziano (PMDB) realizou quinta-feira última no bairro do Jeremias.

O roteiro do evento teve que ser abreviado.

Garimpo

Do livro ´Sobre amor e outras coisas´, lançado anteontem em Campina Grande pelo economista (e agora estudante de Teologia) Arlindo Almeida: “A palavra saudade encerra oceânica complexidade”.

Púlpito

O SindCampina (sindicato do setor de hotelaria, bares e restaurantes) deverá promover uma rodada de discussões com os candidatos a prefeito.

Recurso

O PSOL ingressou com uma ação de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal questionando a norma eleitoral que dificulta a participação de todos os candidatos nos debates realizados pela mídia.

Veto

O Banco Itaú determinou que seus principais executivos estão proibidos de realizarem doações financeiras nessas eleições.

Moleza

Para uma das coordenadoras da campanha do prefeitável Artur Bolinha (PPS-CG), empresária Rosália Lucas, “vamos ter uma grande facilidade de trabalhar” nas mídias virtuais.

Comunhão

Duas convergências foram celebradas na noite desta quinta-feira pelo Poder Legislativo de Campina Grande: os 90 anos de fundação da Associação Comercial e a mesma idade do empresário José Carlos da Silva Júnior, diretor presidente do Grupo São Braz.

Autores

Proposta pelos vereadores Antonio Lula Cabral (PMB), João Dantas (PSD) e Pimentel Filho (PSD), a sessão teve a participação de vários convidados e do empresário Álvaro Barros, representando como presidente a ACCG.

“Ícone”

João Dantas disse que José Carlos “é um ícone de Campina Grande e da Paraíba. É um patrimônio desta cidade, representando o talento de nossos conterrâneos e empreendedores”.

Realização

Sobre os 90 anos da ACCG, Lula Cabral disse que sentia naquele instante “o sentimento do dever cumprido”.

Agradecimento

Pimentel Filho destacou que a solenidade é “uma oportunidade para agradecer, em nome da cidade” ao empresário que festeja 90 anos.

Personificação

Álvaro Barros se referiu a José Carlos como “um símbolo do progresso e do desenvolvimento” de Campina.

Perene

Sobre a entidade que preside, Álvaro grifou que “são 90 anos de luta incessante pelo desenvolvimento de Campina Grande”.

Confluência

Em seu discurso de agradecimento, José Carlos destacou que a sua história e a da ACCG “se confundem e se misturam, tanto na quantidade de anos quanto na identificação com a cidade que nos serve de bússola pela vida inteira”.

´Prova dos 9´

De acordo com o empresário, “no mundo real, transpor 90 anos é, indiscutivelmente, prova de maturidade e de superação”.

Resistência

“Neste nosso País, uma Associação de comerciantes e de empresários atingir essa marca é uma demonstração incontestável de sua importância para o seu meio e para a sua cidade”, sublinhou.

Vanguarda

Conforme o empresário, “sempre que os interesses maiores do povo campinense estão ameaçados, a Associação Comercial se soma aos demais poderes para tomar partido pela cidade”.

Conjuntura

O diretor presidente do Grupo São Braz fez referência ao atual momento nacional: “É inegável que vivemos no presente as aflições e privações de uma imensa crise econômica, fruto de uma sucessão de desacertos, que agora cobra de todos uma pesada fatura”.

Avante

“A minha experiência – prosseguiu – exige de mim uma palavra e até um apelo a todos vocês. Não sejamos porta-vozes da desesperança, mas instrumentos de enfrentamento e de superação desse momento difícil”.

Passageira

Prosseguindo, José Carlos afirmou que “o nosso País – creiam – é muito maior do que a crise momentânea. O melhor e mais eficaz caminho é a nossa parcela pessoal e intransferível de colaboração e de dedicação ao que fazemos. Logo as luzes da prosperidade voltarão a brilhar sobre nós”.

Ampla conjugação

Ao final, José Carlos da Silva Júnior proclamou que “quem vive 90 anos sabe muito bem o que é conjugar o verbo amar, em todos os seus tempos e os seus modos”.

A ´Lava Jato´ deu uma esfriada?...
Simple Share Buttons