Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

sexta-feira, 31/05/2019

João nas entrelinhas

SOS moradia

Em sua edição de ontem, o jornal O Globo divulgou que a Caixa Econômica Federal anunciará dentro de um mês um programa de renegociação de dívidas para os mutuários da casa própria que estão inadimplentes.

São cerca de 600 mil clientes que estão com as prestações atrasadas há mais de 90 dias.

Uma das alternativas em cogitação é permitir o uso de recursos do FGTS para a amortização.

Encalhe

A Caixa está com mais de 60 mil imóveis em sua carteira, após a retomada devido à prolongada inadimplência.

O tamanho da crise

O setor bancário brasileiro, por falta de pagamento, tem R$ 16,8 bilhões em imóveis sem compradores.

´Barraco´

O deputado federal Julian Lemos (PSL-PB) agrediu com uma cabeçada o seu colega Expedito Netto (PSD-RO) no plenário da Câmara Federal, informou ontem o ´Estadão´.

Dores alheias
O ´auê´ começou quando Lemos deu um empurrão no deputado Edmilson Rodrigues (PSOL-PA).

Netto foi repreender verbalmente o colega do PSL, que reagiu com a cabeçada.

Protocolo

A vítima informou que vai denunciar Julian ao Conselho de Ética, que tem a prerrogativa de recomendar a cassação do mandato.

Bye

O vereador campinense e pastor Luciano Breno anunciou que não vai seguir o destino nacional do seu partido (PPL), que consumou a fusão com o PCdoB.

Afivelando…

“Tenho muito a agradecer ao PPL. Mas com certeza vou procurar outro rumo. Estamos nos reunindo com um grupo e temos conversado com esse grupo. Vamos entrar em um consenso para tomar a melhor decisão”, antecipou.

… As malas

Luciano Breno está avaliando o convite feito para ingressar no Progressistas do vice-prefeito Enivaldo Ribeiro.

´Festival´

A proposta de reforma da Previdência Social já recebeu 276 emendas em sua tramitação na comissão especial da Câmara Federal.

Atração

Ao falar sobre o processo de reorganização e ampliação do Solidariedade no Estado, o vice-prefeito pessoense (e presidente estadual do partido) Manoel Júnior disse que “nós temos até nos surpreendido com a procura de lideranças importantes” que manifestam o desejo de filiação.

Foto na urna

Júnior garantiu que o SD terá candidatura própria a prefeito em João Pessoa no próximo ano: “Não tenham dúvidas”.

´Quarentena´

Mas ressalvou que só vai assumir ou não essa postulação “quando analisarmos no tempo oportuno”.

“Ninguém é candidato de si mesmo. Eu sou vice-prefeito de João Pessoa pela segunda vez e acho que tenho serviços prestados”, argumentou o vice.

 

Incógnita

Sobre a expectativa no tocante a um eventual apoio do prefeito Luciano Cartaxo (PV-JP) à sua eventual candidatura, Manoel Júnior respondeu que “no momento certo ele irá definir o seu apoio. Eu estou fazendo a minha parte, enquanto dirigente do Solidariedade”.

Supremas…

“Acho que temos uma situação em que o presidente da República foi eleito com 58 milhões de votos com um discurso antiestablishment, contra o sistema, contra ‘tudo isso que está aí’. E, no entanto, para fazer as mudanças que o Brasil precisa é preciso negociar com esse sistema, porque o sistema não mudou.

… Palavras

“Portanto, eu diria que as tensões deste momento são as tensões decorrentes do fato de o discurso que o elegeu não permite que você governe”.

Ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, em entrevista ao canal Globonews.

Captação

Na reunião que teve ontem com os reitores das instituições federais de ensino na Paraíba (UFCG, UFPB e IFPB), com a participação de deputados federais paraibanos, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, defendeu a independência das universidades federais para recursos próprios.

Reproduzir

“Nós queremos fazer a gestão das universidades nos moldes do que acontece no Canadá e na Europa. O atual modelo (local) falhou”, grifou Weintraub.

Nada contra

À saída da conversa, a reitora da UFPB, Margareth Diniz, afirmou que “parceria público-privada tem que ser desmistificada. É bom para a universidade”.

Momento Francisco

“Um cristão triste é um triste cristão e isso não é bom. A tristeza não entra no coração do cristão (…) Quando o coração do cristão começa a envelhecer, a sua vocação de cristão começa a diminuir. Ou você é jovem de coração e de alma ou você não é cristão (…)O cristão nunca se aposenta”.

Papa, em homilia, esta semana.

´Baldeada´

Está, no mínimo, agastada a convivência na cúpula do PSB paraibano, diante das recentes e públicas recomendações, de natureza política, dadas pelo ex-governador Ricardo Coutinho ao seu sucessor e correligionário João Azevedo.

Aprendizado

João voltou a tratar da convivência com o antecessor, ontem, durante uma inauguração em Guarabira: “Claro que isso não existe. Aliás, eu aprendi na política, e até com o próprio Ricardo Coutinho, que não se rompe”.

Recado por tabela

Ainda João: “Se alguém não estiver satisfeito de estar próximo a mim, que faça esse ato. Agora da minha parte, não. Até porque eu tenho o maior respeito pelo governador (RC), sei o tamanho que Ricardo tem e da importância política que ele tem para a Paraíba e o que ele construiu”, verbalizou Azevedo.

O governador comentou ainda que “essa coisa de rompimento que tenta se colocar, isso é muito mais fantasia do que efetivamente realidade”.

Mais auroras agitadas...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube