Arimatéa Souza

quinta-feira, 13/05/2021

João e o PDT: coração partido

Petista na dianteira

O Instituto Datafolha divulgou ontem mais uma pesquisa sobre a sucessão presidencial de 2022.

Eis os números: Lula 41% das intenções de voto no primeiro turno, contra 23% de Bolsonaro.

2º pelotão

Embolados a seguir na pesquisa, o ex-ministro da Justiça Sergio Moro (sem partido), com 7%, o ex-ministro da Integração Ciro Gomes (PDT), com 6%, o apresentador Luciano Huck (sem partido), com 4%, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que obtém 3%, e, empatados com 2%, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) e o empresário João Amoêdo (Novo).

Projeção

Em termos de segundo turno, Lula teria 55% e Bolsonaro 32%.

Rejeição

Bolsonaro 54%, Lula 36%, João Doria 30%, Huck 29%, Moro 26% e Ciro 24%.

Serviço:

Leia aqui mais detalhes sobre essa pesquisa, publicada com exclusividade na Paraíba pelo PARAIBAONLINE:

Longe da…

O ex-governador Roberto Paulino (MDB) descartou ontem, por antecipação, disputar um mandato eletivo em 2022.

… Urna

“Vou dar um tempo. Tenho que priorizar a candidatura do (deputado) Raniery Paulino. Esse é o nosso foco”, comentou Roberto na ´Arapuan FM´.

Quem se…

O deputado federal Wilson Santiago, que foi ´rifado´ do comando do PTB na Paraíba na semana passada, traçou o perfil de seu futuro partido: uma legenda que comungue com a sua forma de pensar e de fazer política.

… Habilita?

“Temos muito tempo para tratar sobre esse assunto e ver o partido que mais se afina com muito do que queremos e pensamos”, assinalou Santiago.

Pesar

As condolências da Coluna à família da professora Dilvani, especialmente o seu esposo, professor Severiano. Ela foi a óbito no final de semana passado.

Tive a oportunidade de conhecer o casal, que foi proprietário do antigo Colégio Cacildiva, ainda criança.

Falha nossa

O vice-líder da bancada governista em Campina Grande é o vereador Waldeny Santana – e não Rubens Nascimento, como a Coluna escreveu ontem.

Rubens é o líder da bancada do Democratas.

Inimaginável

Estão anexando fotos de bebidas no aplicativo que visa cadastrar as pessoas para a vacinação contra a Covid-19.

Conta-gotas

O prefeito da cidade de Marizópolis, Luquinha do Brasil (PSDB), oficializou, ontem, seu apoio à base de sustentação do governador João Azevedo e à sua reeleição em 2022.

´Não corri´

O vereador Renan Maracajá (PRB) ocupou ontem a tribuna da Câmara campinense para reforçar que estava presente – até o final – na sessão da última quinta-feira, quando foi votada uma mudança na previdência municipal – Ipsem.

Debandada

“Alguns (vereadores) esvaziaram a sessão. Mas quando entro numa sessão, voto sim ou voto não, mas não saio escondido pelas escadas. Desafio quem já tenha presenciado isso. Isso não é do meu feitio”, discursou Renan, para reforçar que não foi um dos edis governistas (pelo menos, quatro) que não participaram da mencionada votação.

Afinação

O deputado Raniery Paulino (MDB) disse que foi muito proveitoso o diálogo mantido por lideranças do partido com o governador João Azevedo, no final de semana passado.

Pendências

Mas ele ressalvou que “têm pontos que têm que ser discutidos” com relação ao momento eleitoral que se avizinha.

Falta….

Paulino considera que o seu partido ainda não faz parte formalmente da base governista, e que apenas ele e o senador Veneziano Vital (presidente do partido) fizeram “indicações pontuais” (e pessoais) no governo.

… Formalizar

O emedebista considera que é preciso Veneziano convocar o partido de forma oficial para que a legenda se posicione com relação à gestão João Azevedo.

Majoritária

Raniery admitiu que, apesar de resistências internas, como a do ex-prefeitável pessoense Nilvan Ferreira, “existe uma tendência muito clara” de incorporação formal à base do governador.

A quem compete

“Sou de respeitar a hierarquia. Veneziano é que tem que fazer essa manifestação”, adendou.

Página virada

O deputado exaltou a postura de João Azevedo, sublinhando que “beligerância e perseguição ficaram no governo passado” (Ricardo Coutinho).

Vai demorar

O deputado-presidente Adriano Galdino (PSB) informou ontem que somente no segundo semestre é que a Assembleia Legislativa retomará, gradualmente, as sessões em plenário, adotando inicialmente a modalidade híbrida – permitindo que os deputados optem pela participação remota.

Da boca de…

“… O prefeito Bruno está tentando administrar Campina Grande pelas redes sociais…” (vereador Anderson Almeida, do Podemos, líder da oposição no Legislativo).

União

A deputada estadual Cida Ramos (PSB) disse ontem, na ´Correio FM´, que estão avançando as conversações para a formação de uma ´frente partidária´ contra a reeleição de João Azevedo (Cidadania).

“Têm sido discussões produtivas e importantes”, grifou a socialista.

´Coração partido´

Cida revelou uma informação importante ao listar o leque de legendas que articulam essa ´Frente´.

Além dos presumíveis PSB, PT, PCdoB e Psol, a deputada citou o Partido verde (do ex-prefeito pessoense Luciano Cartaxo) e o PDT da atual vice-governadora Lígia Feliciano.

Ou seja, a ´trincada´ entre João Azevedo e a família Feliciano na eleição do ano passado – que resultou na aliança do PDT com o PV na Capital – não foi superada.

O ´Centrão´ não aguenta muita pesquisa eleitoral adversa...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube