Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

quarta-feira, 30/05/2018

Indústria atingida

Tempo de recomeçar

Após reunir representantes de vários segmentos econômicos, ontem, Ricardo Coutinho fez um pronunciamento acerca da crise inerente ao ´apagão dos combustíveis´ no País.

“Que a gente possa retomar a normalidade. E O Brasil se prepare para poder construir os seus caminhos dentro da democracia, da livre escolha, do fortalecimento das instituições. Não há outro caminho. Quem disser que existe outro caminho está mentindo”, discorreu.

Baque

O governador observou que “o prejuízo é enorme. O governo do Estado vai perder cerca de 30% de suas receitas”, estimou.

Mais atrás

RC rebateu as acusações de que teria elevado significativamente a alíquota de ICMS na Paraíba sobre os combustíveis, atualmente em 29%: “O ICMS foi aumentado em 2004. Passou de 17% para 27%, e eu não era o governador”.

“Esse aumento todo (dos combustíveis) não se deve ao ICMS”, assinalou.

Precedentes

O socialista declarou que “não vejo saída para o Brasil que não seja pela democracia”.

E recordou que “nos momentos” em que a falta de democracia aconteceu “o resultado foi muito ruim, terrível”.

Sem restrições

“Eleições têm que ser livres. Não se pode privar o eleitor brasileiro de votar em quem por ventura ele queira”, defendeu.

Fruto

Segundo Ricardo, “o Brasil está pagando caro hoje, exatamente pelo golpe contra a democracia. As coisas não ficaram assim porque caíram do céu. Mas ficaram porque todo o tecido democrático foi atingido”.

Prenúncio

Para o governador, a tensão atual é “a continuação desse processo, e acho que outras expressões irão vir”.

Estranheza

“Têm muitas coisas estranhas acontecendo neste País. É preciso que o Brasil se prepare para superar os seus graves problemas, criados pela agressão à democracia”, acrescentou Ricardo Coutinho.

Da boca de…

“… Essa pré-candidatura (de Henrique Meirelles) não vai passar de pré. Não acredito que o MDB homologue uma candidatura como essa (a presidente). Meirelles vai rebaixar o MDB em todos os Estados…” (senador Renan Calheiros, MDB/AL, na tribuna do Senado).

Avançando

O jornalista Napoleão de Castro informou na TV Itararé que ontem a direção nacional do PDT renovou à vice-governadora Lígia Feliciano a intenção de lançá-la como pré-candidata ao governo estadual nas eleições deste ano.

Parou

No dia de ontem, a unidade de Campina Grande da Alpargatas (maior empregadora da cidade) anunciou férias coletivas devido às dificuldades inerentes ao citado ´apagão de combustíveis´, que potencializou a crise econômica.

 

´Sincericídio´

O vereador Luiz Sabino, do PTB da cidade de Baia da Traição, ocupou a tribuna da Câmara na última sexta-feira e sapecou (reprodução da Arapuan FM): “Todo político mete a mão no dinheiro do povo. Têm uns que roubam mais e tanto faz; têm uns que roubam menos e fazem mais”.

Baú

Essa ´tese´ do ´rouba, mas faz´ ganhou visibilidade nas últimas décadas do século passado, a partir do ex-governador de São Paulo Adhemar de Barros (já falecido), que foi denunciado por (supostamente) se apropriar de veículos pertencentes ao governo estadual.

Da boca de…

“… Não há espaço na nossa estratégia para defender o apoio a qualquer outro candidato a presidente que não seja o Lula. Nós temos um candidato, que vai concorrer, sub judice ou não…” (deputado Paulo Pimenta, RS, líder do PT na Câmara Federal).

Garimpo

O jornal Folha de São Paulo destacou em recente edição a morte do advogado campinense José Cursino de Siqueira, ex-superintendente da Rádio Caturité.

Leia a seguir alguns trechos.

Adeus…

“Por amor, desistiu do sonho de ser padre e virou radialista (titulo). Desde a infância, José Siqueira tinha em mente ser padre. O garoto do sertão cresceu e realizou seu sonho. Porém, o destino do pernambucano mudou ao se apaixonar, e ele resolveu deixar o sacerdócio para se casar nos anos 1970.

… Batina

“Advogado de formação, mudou-se com a mulher para Campina Grande, na Paraíba, onde conciliava os trabalhos na advocacia cível e no jornalismo —mas sem deixar as raízes católicas de lado.

Balança 

“José, em tom de brincadeira, sempre dizia aos jornalistas: ´Cada um vale o que pesa´.”

Palanque

“Não se resolve o problema da falta de segurança distribuindo armas para a população. Isso é uma insanidade”.

Marina Silva, presidenciável do Rede.

Transição

Na tarde de hoje – sede em João Pessoa, no bairro Miramar, 14h30 – o PSD vai formalizar a indicação da suplente de deputada estadual Eva Gouveia como nova presidente da legenda, sucedendo ao ex-deputado Rômulo Gouveia.

Requentada

Está na pauta do Supremo Tribunal Federal para o dia 20 de junho a adoção do parlamentarismo por meio de emenda à Constituição, sem precisar de plebiscito.

“Danos cruéis”

O empresário Francisco ´Buega´ Gadelha, presidente da FIEP, informou ontem que os dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI) apontam que 45% do setor industrial brasileiro está paralisado, por conta da paralisação dos caminhoneiros.

“Os danos da greve são irreparáveis e até cruéis”, verbalizou Buega.

Os bancários já preparam a sua ´tradicional´ greve de setembro...
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube