Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 04/09/2018

Haja ´bolsa´

Zé puxado ´pro ringue´

Os números obtidos pelo candidato a governador José Maranhão (MDB) nas recentes pesquisas já ensejaram um ´ajuste´ (e endurecimento) no tratamento dado pelos seus adversários Lucélio Cartaxo (PV) e (principalmente) João Azevedo (PSB).

Durante debate, ontem, na Arapuan FM, quando a discussão girou em torno do programa de pavimentação de rodovias estaduais (financiado pela Comunidade Andina), Maranhão disse ao socialista que “o seu governo quer aparecer como o fundador da Paraíba. Daqui a pouco vocês serão responsáveis pela construção da ponte do Rio Sanhauá, do jeito que vai. Vocês tiram o mérito de quem trabalhou”.

Estaca zero

João Azevedo havia dito que “nós encontramos um pequeno programa (de pavimentação)”, e que o programa citado por Zé “estava paralisado, sem receber nenhuma parcela”.

Indagação

Noutro momento, JM indagou o socialista sobre os custos mensais (segundo ele, discrepantes) de manutenção dos hospitais de trauma de Campina Grande e João Pessoa.

´Haiti´

“Não há essa diferença que o senhor está colocando. Os dois hospitais têm, aproximadamente, o mesmo custeio. Na época (2011) que chegamos ao governo (sucedendo a Maranhão) existia até uma ala no hospital (de JP) que chamavam de ´Haiti´, um verdadeiro terror. E nós acabamos com tudo isso. Duplicamos o número de leitos e aumentamos a UTI. O hospital saiu das páginas policiais, que era uma constante”, respondeu João.

TCE

Na réplica, Zé disse que “os relatórios do Tribunal de Contas apontam essas disparidades. Isso é inegável, é um fato contábil”, fazendo em seguida menção à terceirização da gestão da unidade hospitalar pessoense.

Hein?

Ao ser perguntado por Tárcio Teixeira (PSOL) sobre o que achava do escândalo político sediado na cidade de Cabedelo, Lucélio respondeu que “não acompanho e não posso opinar”.

Tudo junto

O vereador Alexandre do Sindicato (PHS), vice-líder do Governo na Câmara campinense, garantiu ontem que “a nossa bancada está fechada com a chapa majoritária (Lucélio/Cássio e Daniella)”.

Sem consumação

Alexandre garantiu que “não houve o encontro” – que chegou a ser agendado – com o candidato a senador e ex-governador Roberto Paulino (MDB).

Sabatina

A TV Itararé inicia hoje uma série de entrevistas com os candidatos ao governo estadual, durante o programa ´Ideia Livre´, que vai ao ar às 22h15 – canal 18.1 (HD) e 19 (analógico), ou ainda pela internet: www.tvitarare.com.br

O detalhe

Conforme a ordem do sorteio, o entrevistado de hoje é Tárcio Teixeira (PSOL).

Última forma

Os três juízes eleitorais de Campina Grande – Valério Porto, Falkandre Queiroz e Horácio Ferreira de Melo Júnior – encaminharam ofício à presidência do TRE/PB tornando sem efeito a solicitação – remetida ainda no 1º semestre – para o envio de tropas federais para a cidade nas eleições deste ano.

Limão

Ao que se informa, está ´azeda´ a convivência entre o vice-prefeito pessoense Manoel Júnior (pré-candidato a deputado federal) e a direção estadual do PSC.

Extrato

Até ontem, a conta bancária de campanha de Lucélio Cartaxo (PV) mostrava o ingresso de R$ 32.099,00; a de Tárcio Teixeira (PSOL) R$ 11.520,00; a de Rama Dantas (PSTU) – zero; a de José Maranhão tinha pouco mais de R$ 2 milhões (quase a totalidade oriunda da direção nacional, do fundo eleitoral público); e a de João Azevedo R$ 3 milhões e 98 mil (R$ 2 milhões 862 mil provenientes do fundo eleitoral).

Passando a régua

O balancete parcial de ontem mostra R$ 5 milhões e 50 mil no somatório das contas bancárias dos postulantes ao ´Palácio da Redenção´.

Garimpo

Em debate promovido ontem, pelos portais UOL e SBT, o presidenciável Ciro Gomes (PDT) ´espanou´ novamente.

Leia trechos frases.

Pra cadeia

“Ninguém no meu governo vai fechar estrada para impedir pessoas doentes de transitar, para impedir galinha de chegar viva. 70% (dos que pararam em maio) não são caminhoneiros, são empresários que usam a linguagem da greve pra fazer locaute. Quem transgredir a lei vai preso, não tem conversa. Não sou dessa esquerdinha boboca, não, que fica alisando bandido.”

Vista grossa

“O presidente da República tem que dar exemplo, a tarefa do presidente, do chefe de Estado, não é só não roubar, é não deixar roubar. Eu não tenho dificuldade com as questões escandalosas que envolvem o (Geraldo) Alckmin, mas é flagrante que ele deixa roubar.”

Ufa!

A aeronave que transportou a chapa oposicionista (Lucélio/Cássio/Daniella) do Sertão para João Pessoa, no domingo, fez um pouso de emergência na Capital instantes após ter desembarcado o trio, que seguiu de carro para a região brejeira.

Quem pagará a conta?

O presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou ontem, que, se eleito, vai criar um programa para custear a metade do preço do botijão de gás para as famílias beneficiárias da tarifa social de energia elétrica.

Segundo o tucano, o “bolsa botijão” atenderia cerca de 8,3 milhões de famílias e custaria cerca de R$ 2 bilhões por ano.

Veneziano e Cássio ´estão pintados para a guerra´...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube