Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

segunda-feira, 02/11/2020

´Guilhotina´ acionada

Os frutos do ´novo casamento´

O presidente Jair Bolsonaro está dando consistência à aproximação que tem avançado com o grupo partidário ´Centrão´, cuja característica primordial é a ocupação e desfrute das concessões inerentes ao poder.

Dez vice-lideranças do governo já são ocupadas por parlamentares filiados ao MDB, PL (ex-PR), Republicanos, MDB, PSD, PP, DEM e Pros.

Resgate

Os últimos dias têm sido atribulados na política regional, razão pela qual só nesta edição vamos destacar trechos da participação da prefeitável campinense Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos-CG) no programa Ideia Livre da TV Itararé (canal 18.1).

É o que segue.

Pauta do…

“(35 reivindicações apresentadas pelo sindicato, subscritas pela candidata) A carta e o debate que realizamos foi bastante esclarecedor. São reivindicações justas da categoria.

… Sintab

“Temos quase 10 mil pessoas contratadas por excepcional interesse público. O que deveria ser excepcionalidade virou rotina (…) Vamos poder sim arcar com essas despesas porque vamos seguir a lei (…) A pauta do Sintab é exequível.

Mulheres

“Eu sei a importância de nós aumentarmos nossa representatividade na política (…) É importante que possamos incentivar.

Desassoreamento

“(do Açude Velho) Esse é um projeto que eu tenho trabalhado em parceria com a Cagepa. Sabemos que é um orçamento elevado (…) É necessário que possamos fazer esse enfrentamento (…) O orçamento realmente eu não tenho. A Cagepa está trabalhando nesse projeto.

´Famintos´

“Lamentavelmente Campina é vista constantemente nas páginas policiais por uma organização criminosa que foi implantada pela atual gestão. Há a acusação de desvio de milhões de recursos da merenda escolar, com todos os ex-secretários de Educação sendo réus, como também um vereador da base do governo, que já foi, inclusive, condenado em 1ª instância; de ex-secretário de Administração e de sua esposa, que era chefe do setor de licitação.

´Quatro mãos´

“As parcerias com os governos estadual e federal são fundamentais, parcerias institucionais. E também, dependendo da situação, parceria público-privadas.

Exemplos

“A parceria público privada para o São João é interessante, desde que a gestão da festa se dê pela prefeitura. Isso é fundamental (…) Poderíamos viabilizar parcerias (privadas) para a construção de conjuntos habitacionais.

Internet gratuita

“(na área central da cidade, inserida no plano de governo) Isso seria em parceria. Temos que buscar parcerias para que possamos desenvolver esses programas (…) A gente pode começar com um projeto piloto, na Praça da Bandeira. Temos um centro tecnológico que é subutilizado.

Retomada

“Campina perdeu a capacidade de atrair investimentos, lamentavelmente. Precisamos retomar essa capacidade.

Quem vai gerir…

“(o VLT, prometido) A gestão da empresa nós ainda não paramos para fazer essa discussão.

Tributos

“O IPTU em Campina já teve um aumento muito grande. O que precisamos é reduzir as despesas (…) É preciso que a gente trabalhe efetivamente com o pé no chão, porque os cenários estão muito difíceis no tocante à arrecadação.

Familismo

“Todas as pessoas que são eleitas, foram eleitas pelo voto da população. Quando colocam que Ana Claudia é candidata porque é esposa do senador Veneziano, eu considero isso um comentário machista, porque existem outras mulheres que fazem parte da política e desempenham bem as suas funções (…) Eu estou candidata porque me identifico com a vida política.

O que o ex-prefeito…

“(Veneziano fez, que a senhora, se eleita, não faria?) São situações bem diferentes (…) Hoje nós temos um outro tempo, são mais de oito anos que se passaram. Obviamente, tudo evolui na vida, e as necessidades das pessoas também evoluem”.

Expansão

A empresa Cimento Nacional – com fábricas na Paraíba e em Minas Gerais – consumou novos negócios no mercado nacional de cimento.

Compra

A BCPAR (razão social do citado cimento) – controlada pelo grupo italiano Buzzi Unicem e pelo grupo pernambucano Ricardo Brennand – fechou contrato de aquisição das empresas cimenteiras do Grupo CRH no Brasil.

O detalhe

O negócio entre as partes chega a US$ 218 milhões, o equivalente a R$ 1,2 bilhão.

Palanque

“Se tiros e truculência resolvessem o problema da violência, o Rio de Janeiro seria a cidade mais segura do mundo…” (vereador e prefeitável João Almeida, do Solidariedade/JP).

Refrega

Na redes sociais, a sucessão campinense deu uma ´aquecida´.

O senador Veneziano Vital (PSB) comentou uma postagem do prefeitável Bruno Cunha Lima (PSD) sobre o ciclicamente famoso terminal de integração de ônibus.

Cínico

“Silenciou todo este tempo. O cinismo de quem compactuou com o fim de tudo que construímos. Continuem subestimando o povo!”, bradou o ´V´.

Rebate

A senadora Daniella Ribeiro (PP) ´soltou as tamancas´ na direção de seu colega de Senado: “Cinismo é quem tem a coragem de prometer um VLT em 2012, dizendo que estava chegando até o final do ano… Campina espera até hoje!

Embalou

“Cinismo é pedir à Câmara de Campina que vote a favor de uma Guarda Municipal que após criada teve só o nome, 1 carro, 1 concurso e menos de 10 guardas contratados.  “Cinismo é falar agora em servidor público e deixar os mesmos com salários atrasados. Cinismo é dizer que ama Campina e deixar a cidade embaixo do lixo. Abandonada. Com o Natal das trevas”.

Ainda Daniella

“Cinismo é não defender a UEPB ficando ao lado do seu governador Ricardo Coutinho enquanto ele retirava os recursos da mesma! Você senador de Ricardo Coutinho entende bem do assunto. Bruno não (…) Sua esposa candidata (Ana Cláudia) esteve ao seu lado aplaudindo tudo isso. Campina não esquece. E eu não me calo ao ler essas infelizes palavras de sua parte! Lamentável!”.

Recomendação

A presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), aconselhou os petistas paraibanos que estão ocupando cargos de confiança no governo de João Azevedo (Cidadania) a seguir o exemplo do ex-deputado Luiz Couto e deixar a administração estadual.

Direitista

“Se tiver mais petistas nesse governo daí, tem que se afastar, tem que sair todos porque seria muito ruim essa postura de estar em um governo que é de direita, que apoia uma candidatura de direita”, recomendou Gleisi.

O detalhe

Não ficou claro se os petistas ainda no governo devem ´pedir férias´ e aguardar a exoneração por parte do governador.

Quer…

Mas esqueceram de avisar à dirigente petista que Luiz Couto contratou uma assessoria jurídica para tentar retornar ao cargo de secretário de Estado da Agricultura Familiar.

… Voltar

“Eu não iria pedir demissão, porque estava fazendo um trabalho que engrandece a secretaria e estava de férias porque é um direito que eu tinha. Ele (governador) me demitiu durante o tempo em que estava de férias”, argumentou o ex-deputado.

Expulsão

Sônia Braga – não a consagrada atriz, mas a secretária nacional do PT -, que integra a comissão interventora do diretório municipal do partido em João Pessoa, protocolou uma Representação junto à Executiva Nacional solicitando o cancelamento do registro da candidatura de Anísio Maia a prefeito da capital, como também a expulsão simultânea do deputado, de acordo com o que prevê o artigo 229 do Estatuto do PT.

“Dissimulado” e “farsante”

“Ao insistir em ser candidato de si mesmo, o deputado estadual Anísio Maia sequestra o tempo reservado ao PT no horário eleitoral para dividir o campo progressista em João Pessoa, tornando-se instrumento da direita”, assinala a Representação.

Para a dirigente petista (Sônia), “o discurso dissimulado de Anísio Maia sobre o debate político nacional é uma farsa, um jogo de palavras, de quem se pretende ser progressista, mas que ao desrespeitar as diretrizes e a Resolução da Direção Nacional, serve na verdade a um jogo pequeno”.

Está valendo um acordo de 2º turno entre Ana Cláudia e Inácio Falcão?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube