Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

quarta-feira, 21/08/2019

Fraturas expostas

Os ´jatinhos´ do BNDES

A revista Crusoé publicou a relação dos proprietários das aeronaves mais caras financiadas pelo BNDES em governos anteriores.

Ei-los: Doria Administração de Bens Ltda. – R$ 44,03 milhões (2010) – empresa do governador de São Paulo, João Doria Júnior; JBS S/A – R$ 39,78 milhões (2009) – Friboi; Neo Táxi Aéreo – R$ 44,97 milhões (2011); Construtora Estrutural – R$ 64,01 milhões (2012); Brasil Warrant Adm de Bens – R$ 75,46 milhões (2013); Lojas Riachuelo – R$ 55,52 milhões (2013); Sumatera Participações – R$ 65,96 milhões (2013); Industrial e Comercial Brasileira – R$ 59,11 milhões (2013); CB Air Taxi Aéreo (Casas Bahia) – R$ 77,78 milhões (2013); Eurofarma Laboratórios – R$ 43,99 milhões (2014); apresentador Luciano Huck – R$ 17,7 milhões (2013); cantora Claudia Leitte – R$ 6,1 milhões; e a dupla sertaneja Victor & Leo – R$ 6,5 milhões.

Termômetro…

Os tópicos que seguem desta edição de APARTE foram escritos ´em parceria´ com deputados estaduais do PSB na Paraíba.

… Da crise

Dito de outro jeito: a pura e simples transcrição do que os parlamentares declararam ontem, na Assembleia Legislativa, ao mesmo tempo, retratam e dimensionam a crise que a legenda vive no Estado.

Estela Bezerra

“É necessário que se pense na política. Eu acho que na política você só se separa quando se está defendendo coisas contrárias. Esse (João Azevedo) deveria e deve ser um governo de continuidade.

Más companhias

“Tem um provérbio bíblico que diz: ´Me diga com quem andas, que eu te direi quem és´.

Convergir

“Eu acho que na política devemos nos juntar com quem acredita que a Paraíba deve se desenvolver.

Tem jeito

“Eu acho que temos tudo para continuarmos fazendo o melhor para a Paraíba”.

Cida Ramos

“Nós temos que separar as coisas. Eu digo que a solução é pela política. Eu faço e sempre fiz a grande política.

Afinidades

“O que está em discussão é: há alguns distanciamentos na forma de fazer política? Há discordância frente ao que nós pensamos com relação ao Governo Bolsonaro? Tenho certeza de que não. Há diferenças de articulação no Nordeste? Não! São essas as discussões que unem Ricardo e João.

Pontual

“O que está havendo são distensões do ponto de vista do partido, da direção do partido, de quem dirige ou não dirige o partido.

RC no…

“No meu entendimento – e eu assinei a renúncia (à condição de diretoriana) – é um momento muito difícil da vida do País, e que a Paraíba requer alguém experiente e com capacidade de articulação; com muita relação com a sociedade de uma formal geral, que é Ricardo Coutinho.

… Comando

“Eu defendo que ele (RC) conduza o partido, para que no próximo ano a gente possa sair com uma grande vitória em toda a Paraíba. Essa é a grande discussão.

´Juízo´ pra João

“João se coloca como alguém que dialoga muito. Então ele vai ter capacidade de discernimento de entender que ele foi eleito com uma mensagem muito forte, que o foi a mensagem de dar continuidade a um projeto, que confiou a ele ser governador da Paraíba.

Escutar

“Tenho certeza de que João vai ouvir não só o partido, mas o que as ruas dizem. E o que o povo da Paraíba quer, é a unidade e a continuidade desse projeto. Qualquer coisa fora disso, eu tenho certeza de que significa a pequena política, a futrica, a intriga. E tenho certeza de que tem muita gente querendo crescer numa possível crise, que não existe.

Epílogo

“Certamente nós teremos um desfecho disse nessa semana”.

Ricardo Barbosa

“(é preciso) respeitar a trajetória técnica de João, com o perfil que ele encara no comando da administração (…) A Paraíba é quase uma ilha de prosperidade, em relação aos outros estados, nessa situação de crise que grassa no País.

Torcida

“É por isso a preocupação, porque perde a Paraíba, perdemos todos. Temos que caminhar buscando alternativas que evitem um rompimento formal. Agora, não dá para esconder as etapas desse cenário, e torcer que possamos sair fora disso sem a formalização de rompimento.

Indisfarçável

“Há uma crise, não há como negar. A gente tentava avançar para que a crise não se instalasse.

Expirando-se

“Já está meio vencido esse aconselhamento de buscar o diálogo. Mas o diálogo é sempre o melhor caminho.

Cara a cara

“Não tem como se juntar os cristais quebrados, sem que haja encontros e reuniões, conversas serenas e amistosas, como preceitua a relação que João e Ricardo construíram ao longo dessa caminhada.

Racha

“Continuo torcendo pela saída através do diálogo, porque uma ruptura entre essas duas forças, elas levam consigo (cada uma) uma parte desses blocos. A história já nos mostrou exemplos semelhantes.

Imprevisível

“Esse é um problema que a gente só sabe como começa, e não sabe como termina. E quem começou, a Paraíba sabe.

´Incendiárias´

“Ela (Cida Ramos) deu um grande passo para que esse rompimento haja, com as suas posições. Ela e Estela fizeram a solicitação de afastar, sem motivo algum, sem fato que justificasse, a saída do nosso presidente eleito Edvaldo Rosas (…) As divergências anteriores entre João e Ricardo eram sanáveis e superáveis.

Simples assim

“Não tem muita saída para isso: ou se senta, se define e rediscute as relações ou vamos caminhar para um rompimento”.

Pragmatismo presidencial  

Deputado-presidente Adriano Galdino: “Se o PSB não me quiser, não me resta alternativa: é arrumar as malas e ir pra outro partido. Mas isso ainda é cedo. Torço para que haja união, para que possamos estar juntos. O PSB mudou a vida de todos nós. Tivemos obras em todos os cantos. Na hora que a gente se dividir, enfraquece o projeto do PSB e as consequências são as mais imprevisíveis possíveis”.

Slogan ouvido ontem na Assembleia: ´João, Avante´...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube