Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

segunda-feira, 03/04/2017

Farpas nos prefeitos/candidatos

Reunião preliminar

A bancada do PMDB no Senado terá um jantar amanhã à noite para discutir o ´fosso´ que foi aberto entre o presidente Michel Temer e o senador (e líder) Renan Calheiros (AL).

O jornal Folha de São Paulo noticiou, no final de semana, o rompimento entre ambos.

No Palácio

No dia seguinte (4ª feira), a bancada do PMDB no Senado terá audiência com Michel Temer.

Ao que tudo indica, os paraibanos José Maranhão e Raimundo Lira não ´morrem de amor´ pelo líder alagoano.

Zerado

Presidente do PMDB na Paraíba, José Maranhão disse que o partido não tem cargos no governo estadual.

Nada a ver

Ao ser confrontado com a presença de Ana Cláudia Vital do Rêgo como secretária executiva da Chefia de Gabinete do Governador, Zé retrucou: “Eu estou falando de indicação do partido”.

Contatos

Na sua ´porção´ pré-candidato a governador, o prefeito campinense Romero Rodrigues (PSDB) recebeu a visita, no final de semana, do deputado estadual Ricardo Marcelo (PMDB).

Tratativas

O publicitário Marco Valério – o famoso ´carequinha´ do escândalo do ´mensalão´ – está negociando uma delação premiada com o Ministério Público Federal.

O ´pedágio´…

Decisão de uma das turmas do Superior Tribunal de Justiça considerou que não é abusiva a cláusula contratual que impõe ao comprador a responsabilidade pela desocupação de imóvel ocupado, algo comum nos contratos celebrados pela Caixa Econômica federal.

… Do incômodo

O STJ considerou que a oferta desses imóveis ocorre normalmente com preços “consideravelmente inferiores”.

Recepção

Na chegada ao Parque Ecológico de Bodocongó, sábado último, Ricardo Coutinho foi recebido por um grupo de funcionários e professores da UEPB.

Acolhida

“Resiste UEPB” era o slogan. O grupo foi recebido e solicitou uma audiência, com sinalização positiva.

´Dever de casa´

Mas RC entregou ao grupo uma planilha mostrando os repasses que o seu governo fez à instituição, e pediu para que estudassem os números.

Avançar na água

Na solenidade, ao falar em nome de uma Associação que defende a preservação do açude de Bodocongó, Vicente Gouveia pediu ao Estado a dragagem do manancial.

Marcha à ré

O deputado estadual Inácio Falcão (PTdoB) bateu forte na gestão de Romero Rodrigues, acusando-a de ter “devolvido” ao governo federal R$ 14 milhões destinados à limpeza do ´Bodocongó´.

Omissa

“A prefeitura não fez a sua parte”, bradou o orador seguinte, deputado Adriano Galdino (PSB), para atestar em seguida que “Ricardo tem feito muito por Campina”.

Confete

Galdino afirmou que “inaugurar obra no governo de Ricardo é tão natural quanto tomar água”.

Equalização

O ex-prefeito Veneziano (PMDB) aproximou as dimensões do novo parque com as do complexo ´Plínio Lemos´, que a sua gestão construiu no bairro de José Pinheiro: “Uma estrutura muito parecida”.

Mote renovado

O ´V´ também bateu na tecla da falta de dragagem, lembrando que R$ 8 milhões para esse serviço, destinados à PMCG, foram objeto de emenda do ex-senador Vital Filho.

Mumificados

Após enfatizar a orientação do governador, segundo a qual “não é para agora” o debate eleitoral de 2018, Veneziano frisou que “os nossos oponentes não se renovam”, numa alusão às movimentações eleitorais dos prefeitos das duas maiores cidades do Estado (Romero e Luciano Cartaxo).

Do peito

O deputado Damião Feliciano (PDT) exaltou realizações do Estado em Campina e lançou mão de seu bordão tradicional: “Estou aqui para agradecer de coração”.

Singular

Homenageado com o seu nome no anfiteatro existente do Parque de Bodocongó, o cantor Genival Lacerda afirmou que “um governador desses que nós temos é difícil de encontrar”.

Miopia

Em suas primeiras palavras, Ricardo se reportou à desaprovação de um requerimento proposto pelo vereador Anderson Maia (PSB-CG) em aplauso à inauguração do local: “Esse povo (oposição ao seu governo na Câmara campinense) não entende nada”.

Congregar

RC salientou que aquele espaço de convivência que estava entregando à população servirá para congregar as pessoas, e fazê-las sair de casa.

Ajuda

“O medo e a intolerância não podem vencer”, assinalou, para realçar que o seu governo realizou “uma obra municipalista” (atribuição clássica para as prefeituras).

Mergulhado

“O Brasil está atolado em sua pior crise; de todos os tamanhos e de todas as formas”, avaliou RC.

Fora da pauta

Em entrevista no local, o governador derivou ao tratar sobre pré-candidaturas majoritárias para 2018.

“Eu não parei ainda para isso”, assinalou.

Evolução

RC avançou na teorização: “Têm algumas pessoas que acham que a população é a mesma de vinte anos atrás. A consciência crítica mudou muito. As pessoas estão mais exigentes”.

Precipitação de…

Em seguida, fez alusão indireta às pré-campanhas de Romero e de Cartaxo: “A questão não é, a dois anos da eleição, sair para cima e para baixo, feito um maluco, dizendo que eu quero ser candidato”.

… Postulantes

“O que a população espera é a demonstração de uma história reta, correta, ética, e ação administrativa”, grifou.

“Absurdo”

O governador comentou que “o que tem de gente (prefeito) que fica esperando uma emenda do governo federal para calçar meia dúzia de ruas… Isso é um absurdo!”

 Comparar

Ainda conforme o socialista, “você precisa comparar as coisas. A política é a arte da comparação. Você não pode achar por ser mais ou menos conhecido vai ser candidato a alguma coisa”.

Macro debate

Ricardo Coutinho afirmou que “tenho a mais absoluta tranquilidade. As eleições de 2018, penso eu, não serão em torno da disputa de fulano contra sicrano. Isso seria muito pobre e pequeno. Serão em torno de projetos, de conjunto de ideias, de uma forma de agir administrativamente falando. E eu represento um projeto”.

– Tenho uma confiança muito grande que a Paraíba não vai querer retrocesso, querer diminuir o seu ritmo; não vai querer insuficiência administrativa – acrescentou o governador.

O Democratas na Paraíba anda muito calado...

Me Aguarde

Palanque

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube