Arimatéa Souza

sábado, 08/05/2021

´Estrela-guia´

Com segundas intenções

O ex-presidente Lula reuniu-se, dias atrás, com a direção do PT no Rio de Janeiro.

A certa altura da conversa, ele recomendou aos interlocutores o livro “Em nome de
Deus’, de Karen Armstrong (escritora inglesa).

O ´guru´ do PT deu um ´ spoiler ´ (antecipação do conteúdo) aos ´companheiros´: o modo como o evangélico acolhe a população mais vulnerável.

Paralelo

“Se essa mesma pessoa resolve recorrer à Igreja Católica, ouve do padre que o sofrimento é importante e que a felicidade virá na vida eterna”, avançou o ex-presidente.

Pragmático

Lula tem no horizonte a necessidade de reduzir a aceitação de Jair Bolsonaro no meio da comunidade evangélica.

Situando

A obra trata do fundamentalismo inoculado no cristianismo, no judaísmo e no islamismo.

Defenestrado

O deputado Wilson Santiago foi apeado do comando do PTB na Paraíba, posição que ocupava há muitos anos.

Destituição

Igualmente, por ato da direção nacional do partido, Santiago foi desligado como representante da bancada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Federal.

Desobediência

A dupla ´pancada´ em Santiago decorreu de seu posicionamento contrário à aprovação do projeto de lei 4.754, que criminaliza o chamado ativismo judicial.

Tradução

Dito de outro jeito: o projeto facilita a punição a ministros de tribunais superiores do Judiciário.

É a tentativa de conter o chamado ´ativismo judiciário´.

Motivações

Em Nota, a cúpula do PTB justificou as duas medidas punitivas lembrando que “o ativismo judicial é pernicioso ao país e tem que ser combatido”.

Ilegal

O deputado paraibano divulgou uma nota externando a sua surpresa com a decisão cupular, e ponderando que o projeto acima referido “fere a Constituição, conforme parecer feito pela Consultoria Técnica da Câmara”.

Nada de ´preposto´

“Em momento algum, ocuparei mandato para servir de propagador de decisões individuais de terceiros”, sublinhou o ainda petebista.

Imposição

Para Santiago, o presidente nacional do partido (ex-deputado Roberto Jefferson) “tenta impor posições que desrespeitam os poderes e a política como instrumento de construção social”.

Aliado

“Seu (de Jefferson) alinhamento político ao presidente Bolsonaro não pode transformar o PTB em filial de grupos extremistas e antidemocráticos”, arrematou Wilson Santiago.

Fragilidade

É importante não perder de vista que Santiago está sendo investigado no caso de fraudes em obras federais executadas no Sertão do Estado, e tem sua vida pessoal e política ´pendurada´ no Judiciário e na mesa diretora da Câmara Federal.

O detalhe

O referido projeto foi arquivado na CCJ por 1 voto (33 a 32), o que ampliou a fúria do comando petebista e a irritação do núcleo político do governo federal.

Assédio

Como não há espaço vazio na política, PSL, Cidadania e Podemos fizeram convites de filiação a Wilson, que pareceu – à primeira vista – mais ´encantado´ com a possibilidade de regressar ao MDB.

Versão

O presidente do Ipsem, Hermano Oliveira, enviou correspondência à Coluna, ontem, acerca do projeto aprovado na véspera pelo Legislativo campinense – em segundos -, acerca da previdência municipal.

Motivação

“Mando PARA QUE NÃO VENHA A CONFUNDIR A OPINIÃO PÚBLICA COM INFORMAÇÕES QUE NÃO SÃO VERDADEIRAS (grifo do colunista)”, comentou.

Procedimento

Conforme Hermano, “os 7,5% (constantes no projeto) não é o servidor que vai pagar. Isso já vem sendo pago há mais de 10 anos. Foram mantidas as alíquotas contributivas, não tem nenhuma alteração. Apenas é uma praxe imposta por uma lei federal para todos os institutos. E é para ser feito isso anualmente”.

Tudo foi entregue

O dirigente do Ipsem garantiu que “a documentação completa foi enviada para a Câmara de Vereadores”.

Nada muda

“Não tem novidade, não se aumenta alíquota”, permanecendo o desconto de 14% nos contracheques (dos servidores) e 14% pagos pela parte patronal (PMCG).

Conteúdo

“Esse suplementar (7,5%) é pago para atenuar o déficit atuarial. Pago pelo Tesouro municipal. Isso é não é uma reforma previdenciária. Cálculo atuarial se faz anualmente, por força de uma lei federal”, acrescentou.

Em tempo

É necessária a reposição dos fatos. Esta Coluna NÃO REPASSOU informação mentirosa aos seus leitores, como será oportunamente demonstrado ao leitor.

Desserviço

De sua parte, a Coordenação de Comunicação da prefeitura campinense (Codecom) divulgou que esta Coluna produziu “fake news” e “insinuações caluniosas” a respeito da votação ocorrida na quinta-feira última.

´Circular´

Igualmente, a Codecom/CG distribuiu com a mídia local uma ´Nota de Esclarecimento´ da bancada governista na Câmara a respeito do mesmo assunto.

Artilharia

Na Nota – já disponível para os internautas do PARAIBAONLINE -, a liderança situacionista usa as seguintes expressões para se reportar a este colunista: irresponsável, desinformado, agressivo, ofensivo e grosseiro.

Ao leitor

No começo da próxima semana APARTE publicará os devidos esclarecimentos.

Sábado é dia de poesia

“…Entre as estrelas do meu drama/ Você já foi meu anjo azul/ Chegamos num final feliz/ Na tela prateada da ilusão/ Na realidade onde está você/ Em que cidade você mora/ Em que paisagem em que país/ Me diz em que lugar, cadê você…” (Geraldo Azevedo, que faz uma live, às 21h30 horas de hoje – www.culturaemcasa.com.br)

Serviço

Veja aqui a música “Você se Lembra”.

Depuração

Um dia após se encontrar com o presidente do (partido) Cidadania na Paraíba, Ronaldo Guerra, em João Pessoa, o deputado federal Gervásio Maia (PSB) declarou que “a gente tem muitas portas abertas. O tempo vai nos mostrar o melhor caminho”.

Fotografia…

Pesquisa publicada na nova edição da revista Veja, contratada junto ao Instituto Paraná, sobre a sucessão presidencial, mostra o seguinte cenário eleitoral.

… De momento

Jair Bolsonaro (32,7%), Lula (29,3%), Ciro Gomes (6,2%), Luciano Huck (5,8%), Sérgio Moro (5,8%) e João Dória (3,6%).

Dia das Mães (Dona Madalena)

Minha companhia diária, permanente e, ultimamente, imperceptível. Um anjo à frente e à sombra de meus passos.

Um vínculo indissociável que começou na placenta e que revigora-se a cada aurora, a cada luar.

Se, no passado, a cumplicidade tinha gestos, carinho, olhares e palavras, após a sua partida ela se manifesta nas coisas belas que aprendi a contemplar a partir de seus olhos e guiado pelos valores que ensinou e compartilhou.

Nunca dissemos adeus um para o outro. Amor não comporta nem aceita ponto final. Tem sabor de eternidade!

Vai começar a reforma...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube