Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 09/10/2018

“Espetacular”

Mirando o horizonte

Com base no princípio de que não existe espaço vazio na atividade política, três deputados estaduais reeleitos (da base governista) já vislumbram a perspectiva de concorrer à presidência da Assembleia Legislativa, uma eleição prevista para o dia 1º de fevereiro: Ricardo Barbosa (PSB), atual secretário da ALPB; Buba Germano (PSB); e Adriano Galdino (PSB).

Tem tempo

Adriano, que já presidiu a ALPB na atual legislatura, disse ontem que é muito cedo para tratar do assunto e que espera a coordenação desse processo interno de escolha, na bancada, por parte dos governadores Ricardo Coutinho (atual) e João Azevedo (eleito).

Cravados

Ainda sobre Adriano, um fato incomum: a sua votação na cidade de Pocinhos – sua mais antiga base política – foi precisamente igual à que foi obtida por João Azevedo: 4.907 votos.

Vestido

O número de mulheres eleitas para a Câmara Federal cresceu 51% em relação a 2014.

Das 513 cadeiras na próxima legislatura, 77 serão ocupadas por elas.

Nos Estados

Nas Assembleias Legislativas, pelo País, as cadeiras ocupadas por mulheres representarão (na média) 35% do total.

Contraste

A bancada do PSDB na Câmara Federal será substancialmente menor na próxima legislatura: cairá dos atuais 54 deputados para 29.

Por aqui

Já na Paraíba, a bancada ´tucana´ em Brasília terá três representantes: Pedro Cunha Lima, Edna Henrique e Ruy Carneiro (presidente estadual do partido).

Tucano

O senador Cássio Cunha Lima se pronunciou ontem, pela 1ª vez, acerca do revés eleitoral do domingo.

No texto divulgado, ele agradece ao que optaram pelo seu nome para o Senado nas eleições do domingo.

Trilha

“Mudo de tribuna, mas não mudarei de princípios ou de objetivos. Em todas as trincheiras que a vida me conceder, continuarei defendendo a Paraíba e os paraibanos, sobretudo os que são mais pobres”, asseverou CCL.

Colaboração

“Continuarei – prossegue o ´tucano´ – contribuindo, no limite das minhas possibilidades, para que o Brasil saia da crise, retome o crescimento e o emprego, com a mudança das práticas políticas, com a redução da máquina do Estado, com o corte de impostos, de privilégios e com respeito a quem trabalha e produz”.

O mesmo…

Na parte conclusiva, Cássio sublinha que “fiz uma campanha ética e transparente, sem concessões ao populismo ou à irresponsabilidade. Ninguém fica bom ou ruim do dia para a noite. Todos refletem a sua história. A minha é linear”.

… De sempre

Por fim, o senador avisa que “não mudarei. Mesmo sem mandato, continuarei o mesmo Cássio com quem a Paraíba sempre pode contar. Afinal, para praticar o bem não é preciso mandato”.

Acachapante

O presidenciável Fernando Haddad (PT) venceu em 217 das 223 cidades paraibanas.

´Na cola´

O governador eleito João Azevedo (PSB) venceu em 209 municípios.

Da boca de …

“… Não estou aqui brincando de tentar ser senadora. Essa é a minha missão e o meu compromisso com o povo. Gosto muito de desafios e sempre fui movida a desafios. Nós conseguimos e eu só tenho a agradecer…” (Daniella Ribeiro, PP, senadora eleita).

Reiteração

Em nota divulgada por sua assessoria, o ex-candidato a governador Lucélio Cartaxo (PV) renova a sua crença numa Paraíba “mais humana e que pode e merece muito mais conquistas”.

´Combustível´  

“A ‘Força da Esperança’ de que esses dias chegarão é o que continuará nos guiando na vida política e no exercício diário de nosso trabalho voltado para a vida do paraibano. Esse é o desejo que nos move e é nesta busca que continuaremos trabalhando incansavelmente”, acrescenta Lucélio.

Murchou

A representação parlamentar do MDB na Paraíba, a partir de 2019, vai se limitar a um representante na Assembleia Legislativa: deputado Raniery Paulino.

Da boca de…

“… As pessoas vão ter que dizer se são PT ou se são Brasil, porque não podem as duas coisas andar no mesmo lugar…” (Julian Lemos, deputado federal eleito e presidente do PSL na Paraíba).

Simplicidade

Em suas primeiras palavras após ser oficializado como o novo governador da Paraíba, João Azevedo ressaltou que “o que nós propusemos à Paraíba foi exatamente a possibilidade de continuarmos fazendo com que esse Estado cresça e se desenvolva mais. Essa foi a mensagem. Foi simples assim, parece complicado, mas é simples”.

Mudança

“A força do trabalho que nós apresentamos durante esses anos todos foi o que fez com que esse projeto fosse reconhecido. A prática política mudou na Paraíba e mostrou que a velha política foi enterrada definitivamente nesse Estado”, assinalou o socialista.

Ascensão

Azevedo ressaltou que “eu era apenas considerado um desconhecido engenheiro que não sabia fazer política. A resposta é que fiz uma campanha limpa e a Paraíba evoluiu. Quem comandou toda a evolução foi o governador Ricardo Coutinho. Vamos continuar o projeto político do PSB”.

Sapiência

Por fim, João afirmou que “a nossa vitória foi escancarada. Foi de quem sabe fazer política. O povo tem uma sabedoria que está muito acima do que se imagina. Essa é a realidade da grande política, e quem não consegue entender isso vai ficar fora do jogo a cada ano que passa”.

Da boca de…

“… Foi puro oportunismo…” (senador eleito Veneziano, PSB, sobre a adesão do prefeito Romero Rodrigues, PSDB, ao presidenciável Jair Bolsonaro, PSL, a poucos dias do pleito).

Prenúncio

As prefeituras de Campina Grande e João Pessoa deverão passar por reformas administrativas ao longo das próximas semanas.

Imprevisível

O senador José Maranhão (MDB) se pronunciou através de sua assessoria.

Ele frisou que “a política é a arte do possível, é uma atividade de risco, faz parte do jogo ganhar ou perder”.

Alternativa

Segundo Zé, “apesar da luta desigual, enfrentando instrumentos nada republicanos, cumprimos o nosso papel oferecendo nossa experiência e história como alternativas num momento em que a política é rediscutida em nível nacional”.

De volta

“A luta continua no Senado Federal, pelos próximos 4 anos. Estarei firme defendendo os interesses da Paraíba e dos paraibanos”, conclui o texto JM.

Mosaico

Os professores da UFCG e cientistas políticos Leon Victor, Clovis Melo e Marciano Monteiro avaliam os resultados eleitorais do domingo no programa ´Ideia Livre´ de hoje, na TV Itararé.

Sintonia

Começa às 22h15. Canal 18.1 (HD) e 19 (analógico), ou pela internet: www.tvitarare.com.br

Aos leitores

A coluna APARTE não será publicada ao longo dos próximos dias, devido à participação de seu autor num encontro nacional sobre cooperativismo, a convite da Sicredi.

Mas continue acompanhando os fatos políticos no paraibaonline.com.br

Nova batalha

Ricardo Coutinho verbalizou, já na noite do domingo, a sua nova prioridade no curto prazo: a campanha presidencial.

“Não será apenas por Fernando Haddad (PT), mas pela democracia. Vamos nos unir para enfrentar um mal maior e estamos fortes para enfrentá-lo”, acentuou.

“Projeto coletivo”

Sobre João Azevedo, Ricardo qualificou como “espetacular” a vitória dele já no turno inicial.

“Estamos felizes por terminar o governo e entregar a gestão para as mãos honestas, competentes, capacitadas e generosas de João Azevedo, que defende um projeto coletivo, e não individual. Foi uma vitória espetacular e a derrota do adversário é resultado daqueles que se apegam ao poder econômico”, acrescentou RC.

O PSDB/PB vai mergulhar na campanha de Bolsonaro?...
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube