Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 15/09/2020

´Esparadrapo´ no salário mínimo

Segredos da caserna

Reportagem publicada no jornal O Estado de São Paulo revela que o governo Jair Bolsonaro omite – há um ano – os pagamentos feitos a militares da reserva e pensionistas, mesmo após o Tribunal de Contas da União (TCU) determinar a divulgação dessas informações no Portal da Transparência.

Inacessíveis

Dessa maneira não é possível saber, por exemplo, quanto ganham, de fato, filhas solteiras de militares – que percebem pensões – e aposentados das Forças Armadas.

Tchau

A incorporação do MDB à coligação liderada pelo deputado/prefeitável Inácio Falcão (PCdoB) fez com que o PSOL desistisse de apoiar essa candidatura.

Com ressalva

O partido anunciou ontem apoio a Fábio Maia (PSB), desde que o socialista também não agregue em sua coligação partidos que não têm a mínima identidade programática com o PSOL.

Indicação

De todo modo, Olímpio Rocha, presidente do PSOL/CG, já foi indicado para ser o ocupante da vice na chapa de Fábio Maia.

Compensação

Tudo caminha para Inácio Falcão conquistar nas próximas horas o apoio do PDT.

Leque

O candidato a vice-prefeito na chapa de Ana Claudia deve ser anunciado hoje.

Ao que se informa, existem três alternativas, entre as quais a do policial militar ´Wellington Cobra´, divulgada em APARTE.

Largada

Deverá acontecer na noite da próxima terça-feira o primeiro debate com os prefeitáveis de João Pessoa, na TV Arapuan.

Na Serra

A mesma emissora – cujo proprietário, João Gregório, é um leitor diário de APARTE – planeja fazer um debate na próxima 2ª feira com os candidatos em Campina Grande.

Da boca de…

“… Há 11 anos não era feita nenhuma reforma no Hospital de Trauma de Campina Grande…” (secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, durante a convenção do Podemos/CG, domingo último).

Ideia Livre

Hoje à noite na TV Itararé – canal 18.1 ou no endereço www.tvitarare.com.br – haverá um debate sobre as redes sociais e a propaganda política na eleição deste ano, com as participações dos professores da UEPB Cláudio (Kila) Lucena e Cidoval Morais, e a publicitária Rosália Lucas.

Começa às 22h, após o Jornal da Cultura.

Reviravolta

O ex-prefeito e deputado estadual Nabor Wanderley (Republicanos) virou novamente candidato a prefeito, com a desistência do atual prefeito de Patos, Ivanes Lacerda, de postular a reeleição.

Na vice

O ex-secretário da Prefeitura de João Pessoa e presidente do PSC na Capital, advogado José de Paiva Gadelha Neto, será o companheiro de chapa do prefeitável Ruy Carneiro (PSDB).

Auscultação

“Ouvimos todos os aliados e construímos o consenso em torno do nome de Zé Gadelha. Ele atende a critérios técnicos importantes para o projeto que defendemos e já provou ter alta capacidade de gestão, além de também ser ficha limpa”, justificou o deputado/pré-candidato.

Por tabela

Ainda segundo Ruy, “não fizemos arranjos de última hora; não buscamos apadrinhados de ninguém, muito menos escolhemos um nome para seguir modismos ou envolvidos em caso de corrupção”, acrescentou o ´tucano´.

Desafio

“Como um bom sertanejo, acredito no trabalho. João Pessoa é uma cidade cosmopolita, com potencial, que precisará reconstruir sua economia no pós-pandemia. Por isso, creio que nossa experiência junto aos empreendedores da capital pode somar ao projeto de Ruy Carneiro”, assinalou Zé Gadelha, 41 anos.

Régua

Ruy Carneiro tem em sua coligação o PSC, o PSD e o PL (antigo PR), o que poderá ensejar ficar com aproximadamente 23% do tempo do guia eleitoral gratuito no rádio e na TV.

Aterrisagem

O deputado e líder dos Democratas na Câmara Federal, Efraim Filho, confirmou ontem a visita do presidente Bolsonaro este mês à Paraíba, antecipada há vários dias por APARTE: será dia 17, inicialmente apenas à cidade de Coremas.

Bronca

A revista Veja publicou que a Procuradoria Geral da República “deve mandar” ao Superior Tribunal de Justiça, nos próximos dias, “o material das investigações contra o governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania) – “alvo de um inquérito derivado da Operação Calvário”.

Atravessando…

Pré-candidato a prefeito pelo PT em João Pessoa, o deputado Anísio Maia externou ontem a sua indignação com a postura do PSB – leia-se ex-governador Ricardo Coutinho.

… O samba

“O PSB está cometendo um movimento errado. Ao invés de procurar unir a esquerda, está com um movimento de atrair a esquerda para um projeto que não tem muita identidade conosco, de laços familiares personalistas capitaneados”, lamentou o petista.

Anísio fica

“O que eu tenho que dizer é que o PT segue firme com a pré-candidatura (de Anísio). O PT segue firme com a aliança com o PCdoB. Estaremos nesta quarta-feira homologando a nossa chapa majoritária e também a nossa chapa proporcional”, reafirmou Giucélia Figueiredo, presidente do partido em JP.

Aposta alta

O PDT surpreendeu o cenário político estadual, particularmente em João Pessoa, ao acertar uma aliança com o prefeito Luciano Cartaxo (PV), indicando Mariana Feliciano (filha do deputado Damião Feliciano) como candidata à vice-prefeitura na chapa a ser encabeçada pela ex-secretária de Educação da PMJP, Edilma Freire.

Acolhida

“Seremos duas mulheres de força e compromisso para cuidar da nossa população. Com o olhar de Mariana, que é arquiteta, urbanista e empresária, tenho certeza que nos fortalecemos para seguir garantindo uma João Pessoa de mais desenvolvimento, compromisso social e qualidade de vida para as pessoas”, saudou Edilma.

Quatro mãos

“Ao lado da professora Edilma, quero trabalhar para que nossa Capital não caia no retrocesso”, exteriorizou Mariana em sua declaração inicial.

Bola fora

O governador João Azevedo – que esteve reunido na última sexta-feira com Damião Feliciano – qualificou a decisão do PDT como “equivocada”.

´Último a saber´

Segundo João, o combinado com Damião seria uma conversa definitiva nesta segunda-feira.

Ele lamentou ter tomado conhecimento da opção através da imprensa.

Aceno

Na conversa da 6ª feira com o ´coração´, João também teria sondado o apoio do PDT a Ana Claudia, em Campina Grande.

Outra etapa

Presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, prontamente ingressou no circuito para contrapor a reação de João: “As eleições de governador serão daqui a dois anos. O PDT tem autonomia para escolher o que for melhor para o partido”.

Exorbitou

“Se fosse a sucessão dele (João), ele poderia até reclamar. Mas não é. Isso a gente só vai discutir quando das eleições majoritárias (de 2022)”, refutou.

Engessamento

Solução encontrada pelo relator da PEC (emenda constitucional) do pacto federativo, senador Márcio Bittar (MDB-AC), para abrir espaço no Orçamento federal visando financiar o (futuro programa governamental) Renda Brasil: o congelamento do valor do salário mínimo por dois anos.

Desindexação

A medida resultaria em uma economia anual de R$ 16 bilhões, considerando apenas o governo federal.

– Economia indexada é uma proposta da esquerda. É aquela ideia de proteger o salário. Se protegesse, nós estávamos no paraíso. Não estamos. A indexação é uma intromissão do Estado, que não resolve – argumentou o relator ao jornal ´O Globo´.

Como anda a intensidade dos diálogos PV/PSB em JP?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube