Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

sexta-feira, 16/12/2016

Enquanto isso, em JP…

Superação

Durante a solenidade de diplomação dos eleitos este ano em João Pessoa, realizada ontem, o reeleito prefeito Luciano Cartaxo (PSD) externou o seu desejo de “fazer um mandato ainda melhor do que fizemos nos primeiros quatro anos”.

Consolidação

Cartaxo pontuou que “toda vitória carrega desafios, mas estamos com disposição renovada”.

“Não nos falta vontade de enfrentar esses desafios, para que as mudanças necessárias já iniciadas sejam também irreversíveis”, emendou.

Panos quentes

Como forma de tentar amortecer a briga interna no partido – envolvendo as ´alas´ do governador Geraldo Alckmin (SP) e dos senadores Aécio Neves (MG) e José Serra (SP) -, a direção nacional do PSDB aprovou ontem a prorrogação do mandato de Aécio como presidente do partido até maio de 2018.

Um novo…

O ´dia seguinte´ à aprovação do projeto que reajustou os salários dos vereadores campinenses e introduziu o ´13º salário parlamentar´ foi de tensão na Câmara campinense.

… Vocábulo

Inicialmente, estudantes espalharam na entrada do prédio e na rampa de acesso ao plenário aproximadamente 100 quilos de esterco bovino, numa mobilização de gosto discutível na denominação: “Merdaço”.

Inversão

“Eles (os vereadores) precisam servir ao povo, e não sugá-lo”, verbalizou o estudante Luís Felipe Nunes, um dos coordenadores do protesto, que reuniu cerca de 20 pessoas.

Intervalo

O grupo se dispersou e teve continuidade no plenário uma audiência pública sobre ´economia solidária´, com a presença de sete vereadores.

´Sintabianos´

Instantes depois, um volumoso grupo de servidores municipais também decidiu ocupar as galerias da Câmara para externar o desapontamento com as votações ´de espelho´ do dia anterior.

Dois…

Num primeiro momento, houve a tentativa de evitar que os manifestantes adentrassem na Câmara, mas logo foram liberados.

… Locais

Após a passagem pelas galerias, os servidores ocuparam, por alguns instantes, o corredor que dá acesso ao gabinete do presidente da Câmara.

Livre acesso

“Ninguém proibiu absolutamente nada”, registrou o vereador-presidente Pimentel Filho (PSD).

 Impositiva

Ele adentrou no mérito do projeto e afirmou que “é a legislação que diz que o vereador recebe 60% de um deputado estadual”.

Situando

Na verdade, esse é o percentual extremo – e não obrigatório – que vincula a remuneração entre os dois níveis legislativos.

 

´Overdose´

Pimentel Filho avançou nas revelações externas. Segundo ele, na Assembleia Legislativa “tem 16º salário”.

Negativa

Em entrevista à Rádio Correio FM, o ex-presidente da Câmara e membro da Comissão de Justiça, Nelson Gomes Filho (PSDB), afirmou que não havia assinado o parecer favorável à adoção do 13º salário.

Prova

Houve a divulgação na Câmara, momentos depois, das assinaturas favoráveis dos três membros da Comissão de Justiça à tramitação do projeto.

Favorável

Datado no dia 12 último, dois dias antes da votação, o parecer sublinha que “verificamos que o mesmo (projeto) atende as disposições constitucionais que regem a matéria, não havendo óbice que possa inviabilizar a sua tramitação”.

Delimitação

Após a divulgação da matéria no PARAIBAONLINE, Nelson reafirmou que não assinou o parecer favorável à tramitação do 13º salário, mas tão somente endossando a correção de 26% na remuneração dos vereadores, que seria a reposição da inflação acumulada nos últimos quatro anos.

Paternidade

Nelson foi além e revelou que a 13ª remuneração anual foi proposta e assumida pela Presidência da Câmara, comandada por Pimentel Filho.

Intramuros

O fato é que houve um ´pacto´ prévio entre os vereadores para viabilizar a aprovação do projeto.

Quando a reação da opinião pública engrossou, cada um começou a modelar a sua versão.

Temerosos

O vereador Napoleão Maracajá (PCdoB) declarou à Rádio Caturité que “a Câmara não teve coragem de discutir esse aumento antes das eleições”.

Covardia

“É um escárnio; é não ter sensibilidade para com a voz das ruas”, bradou o parlamentar do PCdoB, para completar que “um representante do povo não pode ser covarde”.

Recurso

O Sintab deverá buscar no Judiciário a decisão tomada pela maioria dos vereadores campinenses.

Ação

Ainda no turno da tarde, a subseção da Ordem dos Advogados do Brasil em Campina anunciou que ingressaria na Justiça com uma ação popular para tentar sustar os efeitos do projeto aprovado na véspera.

Imundície

“O remédio para debelar esse cinismo é uma ação popular”, bradou o presidente da OAB-CG, Jairo Oliveira.

“Coisa feita às escondidas. Postura covarde, pusilânime e imunda” dos vereadores, acrescentou em entrevista à Rádio Caturité.

Tudo congelado na Capital

Em João Pessoa, durante a solenidade de diplomação dos eleitos, o vereador-presidente Durval Ferreira (PP) informou que o prefeito comunicou oficialmente à Câmara que não deseja a aprovação de reajuste em sua remuneração, nem na do vice-prefeito e dos secretários municipais.

E os futuros vereadores? “Acho que o momento não dá para se fazer isso: aumentar o salário dos vereadores”, avaliou Durval.

Triste ocaso de uma legislatura...

Me Aguarde

Palanque

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube