Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

sábado, 19/05/2018

Energia negativa

Preocupação comum

A reiteração pública – e conjunta – da posição contrária à privatização da Eletrobras e de suas coligadas (entre elas a Chesf) foi externada ontem por governadores do Nordeste que se reuniram no Recife (PE).

“Toda a região do Nordeste está unida e Minas Gerais está solidário a nós contra a privatização do sistema Eletrobras, que, no nosso entender, na verdade, caso ocorra, é a privatização do Rio São Francisco, da vazão da água. Isso vai afetar milhares de famílias que têm hoje, com a conclusão do canal de transposição, um ativo importante para o abastecimento de água e ao mesmo tempo para a produção dos projetos irrigados. E tudo isso é motivo de preocupação”, verbalizou o anfitrião, Paulo Câmara (PSB).

´Estelionato´

“Essa não é a agenda que o Brasil votou em 2014. Essa pauta foi derrotada. Está em cima da mesa porque passaram a governar sem terem sido eleitos e ninguém pode afetar tão profundamente a vida coletiva da sociedade sem passar por uma eleição”, asseverou Ricardo Coutinho (PSB).

Repartição

A famosa ´carta´ dos governadores, divulgada após o encontro, enfatiza 11 pleitos da região, entre os quais a “rediscussão do equilíbrio federativo no que diz respeito a receitas, transferências, despesas e competência”.

SUS

Os governadores também cobram a “adoção de medidas para superar o subfinanciamento do Sistema Único de Saúde – SUS, como forma de reverter a precarização dos serviços de saúde”.

Efetivação

“Estruturação do Sistema Único de Segurança Pública e de um Plano Nacional, com efetiva operacionalização e desembolso do crédito anunciado”, é outra demanda inserida no documento.

Lacunas

Faltaram ao encontro os governadores de Sergipe (Belivaldo Chagas, do PSD) e do Maranhão (Flávio Dino, PCdoB).

Só vale com Lula

Parlamentares federais do PT divulgaram uma nota sublinhando que “as eleições de outubro só serão democráticas se todas as forças políticas puderem participar de forma livre e justa”.

Abrir a boca

O ex-ministro Antonio Palocci (PT) tenta fechar um segundo acordo de delação premiada, agora com o ´braço´ paulista da Operação Lava Jato, conforme o jornal Folha de São Paulo.

O detalhe

A empresa de consultoria de Palocci faturou, até Palocci ser preso, R$ 81 milhões com consultorias.

Prioridade

Presidente do PP na Paraíba, Enivaldo Ribeiro declarou que “o número de deputados federais e de candidatos a deputado estadual” é o que importa para a legenda.

“O resto vem em consequência. A questão do governo do Estado a gente botou em segundo plano”, emendou.

Remanescentes

Sobre coligações, o vice-prefeito campinense disse que “a gente tem o PSC, PP e PRB, entre tantos outros que ficaram de fora (das chapas já desenhadas)”.

Não engole

“Você não pode vir com a chapa já feita e impor uma candidatura com a chapa já feita. O PP não concorda com isso”, insistiu Enivaldo.

 

Celebração

Será às 17h de hoje, na catedral campinense, a missa de 7º dia em memória do ex-deputado Rômulo Gouveia.

Novo slogan

“No fundo, você sabe que melhorou”.

Eis o lema que está sendo usado nas redes sociais pelos marqueteiros do presidente Temer.

A acentuação…

O slogan inicialmente concebido virou ‘tiro no pé’.

Era assim: “O Brasil voltou, 20 anos em 2”.

… Faz a diferença

Prontamente, os adversários suprimiram a vírgula e inverteram inteiramente o sentido: “O Brasil voltou 20 anos em 2”, realçando a ideia de retrocesso.

Prosperou

O PSB avança para selar uma aliança nacional com Ciro Gomes (PDT).

As duas legendas já acertaram coligações em 10 Estados.

Internação

Inspira cuidados especiais o quadro clínico do empresário José Borges de Medeiros, ex-presidente da Associação Comercial de Campina Grande, que se encontra hospitalizado.

Sábado é dia de poesia

“… Veja o sol dessa manhã tão cinza/ A tempestade que chega é da cor dos teus olhos/ Castanhos/ Então me abraça forte/ Me diz mais uma vez que já estamos/ Distantes de tudo…” (grupo Legião Urbana. Alguns de seus integrantes fazem show hoje em João Pessoa).

Trio

Os economistas Edmar Bacha, José Roberto e Alexandre Mendonça de Barros foram encarregados de formular as propostas econômicas do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB).

Enfermo

As orações da Coluna pelo renomado advogado campinense José Cursino de Siqueira (ex-advogado da diocese campinense e ex-superintendente da Rádio Caturité), que se encontra na UTI do Hospital da FAP.

Tchau

O deputado estadual Ricardo Marcelo (PP) anunciou ontem, através de carta, a sua retirada do processo eleitoral (reeleição) deste ano.

De pé

No documento, ele sublinha que ao presidir a Assembleia Legislativa, a ALPB “se manteve altiva e autônoma, sintonizada com a cidadania, como a verdadeira Casa do Povo da Paraíba, sem aceitar o vexame de se transformar em puxadinho do Poder Executivo, nem se fechar no corporativismo atrasado”.

Crença

Ricardo Marcelo disse esperar “que a Paraíba vença e avance muito além dos líderes e dos projetos individuais”.

Sem controle

É tamanho o grau de desgaste do governo – o que está ruim sempre pode piorar – com os sucessivos reajustes nos combustíveis, que começa a ser analisada a possibilidade de alteração na Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico), que eleva o preço da gasolina.

– Está subindo demais a gasolina – admitiu ontem o ministro das Minas e Energia, Moreira Franco, que também cogitou eventuais reduções nas alíquotas do PIS, Cofins e ICMS.

Para quem Ricardo reservou a 2ª vaga para o Senado em sua chapa?...
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube