Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

sábado, 07/10/2017

Em busca da unidade

Causa comum

Uma demonstração de civilidade política (e de convivência) foi observada ontem, no Hospital da FAP, quando da solenidade de entrega simbólica do mamógrafo aos usuários daquela unidade hospitalar.

O prefeito Romero Rodrigues e o ex-prefeito Veneziano (e suas respectivas esposas, Micheline e Ana Cláudia) participaram do momento, assim como o casal deputado Damião Feliciano/vice-governadora Lígia Feliciano.

 

Respaldo

Ao fazer uso da palavra, Helder Macedo, presidente do Conselho Deliberativo da FAP, externou a “alegria de contar sempre” com o apoio da bancada federal paraibana no Congresso Nacional.

“Isso faz a diferença”, grifou.

Provedora

O dirigente da FAP realçou igualmente “o apoio permanente” da prefeitura campinense à instituição, nas pessoas do prefeito Romero e da secretária de Saúde, Luzia Pinto.

Ampliação

O novo equipamento – destacou Helder – vai possibilitar que o Hospital da FAP amplie ainda mais os 65 mil atendimentos gratuitos que realizou no ano passado, e ajudará decisivamente “para a detecção do câncer de mama”, assim como propiciar “que seja ministrada a medicação” na dosagem precisa.

“A prevenção é a chave para a cura do câncer”, arrematou.

Afeição

Damião Feliciano recordou a sua vinculação sentimental e histórica com a FAP, que serviu de local para a sua formação como médico.

“Tenho o maior apreço por este hospital”, verbalizou.

Deferência

O deputado fez uma menção específica ao dirigente da FAP: “Hélder é um guerreiro, um trabalhador incansável por este hospital”.

“Ajudar a FAP é o meu dever, como parlamentar e como pessoa”, enfatizou Feliciano.

´Berço´

Veneziano assinalou que “cada um de nós, de uma forma ou de outra, tem uma relação com este hospital. A minha é porque sou ´filho da FAP´: nasci aqui”.

Apoio

O ´V´ citou que ele e sua mãe (ex-deputada Nilda Gondim) destinaram, ao longo dos últimos cinco anos, aproximadamente R$ 1,5 milhão em emendas parlamentares para o hospital, acentuando que naquele espaço busca-se “unir a ciência ao calor humano”.

“Somos braços abertos à disposição da direção da FAP”, asseverou.

Suporte extra

A médica, primeira dama de Campina e ´madrinha´ da campanha ´Outubro Rosa´, Micheline Moura Rodrigues Veiga, destacou que a edição deste ano da campanha “será maior e melhor” com esse mamógrafo, “que fará a diferença na vida de muitas mulheres”.

“Estamos com a FAP, sempre”, finalizou.

Aprendizado

Lígia Feliciano lembrou aos presentes que “passei vários momentos de minha vida aprendendo a cuidar de vidas e a salvar vidas neste hospital”.

`Paciente´

“Hoje em dia existe cura real para o câncer. O que precisamos é curar a economia brasileira para que venham mais recursos para a saúde pública”, pontificou a vice-governadora.

Conquistas

Último orador da solenidade, Romero observou que o novo equipamento e as conquistas recentes do Hospital da FAP “são frutos do esforço de muita gente e da diretoria da instituição”.

Anêmica

Ele sublinhou aos presentes que “a saúde brasileira está sofrendo crescente escassez de recursos em função da demanda que não para de aumentar”.

Extrapolação

O prefeito exemplificou que todo o orçamento previsto pelo SUS para o setor de radioterapia em 2017 foi utilizado até maio, e que até agosto foi consumida toda a dotação alocada em termos de cirurgias oncológicas, sendo inevitável o remanejamento de recursos municipais, uma vez que o Ministério da Saúde não promove essa suplementação.

Fora da realidade

Romero também lamentou o fato de a tabela nacional de procedimentos do Sistema Único de Saúde “estar defasada há décadas”.

´Vai miar´

Conforme o site da revista Veja, o ex-deputado Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) – o homem dos R$ 51 milhões – “deixou claro para colegas de prisão que chegou ao seu limite e não sabe mais o que fazer para deixar o cárcere”.

Sábado é dia de poesia

“Pra você guardei o amor/ Que sempre quis mostrar/ O amor que vive em mim vem visitar/ Sorrir, vem colorir solar/ Vem esquentar/ E permitir…” (Nando Reis, cantor e compositor, que fez show em Campina no último final de semana).

Na Serra

A sexta-feira do prefeito pessoense Luciano Cartaxo (PSD) foi dedicada a Campina, começando por uma visita às dependências da Unifacisa, onde foi recepcionado pela reitora Gisele Gadelha e o chanceler Dalton Gadelha, tratando do estabelecimento de novas parcerias.

Reciprocidade

“Campina é uma referência e um polo de ensino superior importante não apenas para a Paraíba, mas para todo o Nordeste, e que precisa ser valorizado. João Pessoa e Campina são cidades irmãs. A interação entre as duas, procurando valorizar suas complementariedades, é muito importante para cada uma e fundamental para a economia da Paraíba”, comentou Cartaxo durante a visita.

Aproximação

No turno da tarde, o prefeito da Capital fez uma visita a Romero Rodrigues na sede do Ipsem, que durou aproximadamente 1 hora.

“Aprumada”

À saída do local, Cartaxo avaliou o contato como “uma conversa aprumada, de dois grandes gestores que estão fazendo bons trabalhos nas suas cidades, foram reeleitos no 1º turno, e têm compromisso com o futuro da Paraíba. Nós estamos conseguindo trocar experiências. Quando Campina e João Pessoa andam juntas, a Paraíba avança”.

Agenda

O prefeito de JP adiantou que “num futuro próximo, vamos discutir a questão essencial, que é a unidade das oposições, envolvendo todos os partidos”.

Sem rusgas

Luciano Cartaxo realçou que ele e Romero “sempre tivemos uma relação muito harmoniosa e respeitosa”.

E salientou que “diante da crise econômica”, os prefeitos (como ele e Romero) “a cada dia estamos sendo desafiados a mostrar mais trabalho e resultados”.

Síntese

“Nosso esforço é sempre no sentido de preservar a unidade das oposições”, arrematou Luciano.

Proveitosa

Sobre o diálogo com Cartaxo, Romero qualificou como “uma conversa bastante agradável, amistosa. Falamos essencialmente sobre temas administrativos, os desafios de Campina e Joao Pessoa. Ele, de fato, tem feito uma administração exitosa, como também temos aqui obtido a confiança da cidade”.

Tratativas

O prefeito campinense confirmou a inclusão da pauta política na conversa. “Temos que ser verdadeiros, não adianta querer enganar alguém. Falamos sobre política. Falamos sobre a importância de a oposição se manter unida. Estamos imbuídos do bom propósito de tentar marchar juntos, tentando construir uma Paraíba cada vez melhor. Mas o momento é de administrar as duas cidades. Estamos focados nas questões administrativas”, discorreu.

Rodadas de…

Romero pontuou que “a gente compreende que a unidade das oposições exercerá um papel preponderante para o resultado das eleições”.

… Conversações

“Assumi o compromisso com Luciano de este ser o primeiro de muitos encontros, tentando construir um consenso”, acrescentou.

Mais perto de Zé

Ao ser instado a comentar sobre o recorrente posicionamento do senador José Maranhão (PMDB) como pré-candidato ao governo, RR disse que “todo mundo tem que respeitar todas as opiniões. É preciso construir o diálogo. Temos que buscar mais contatos com o senador, porque é fundamental para a vitória que as oposições estejam unidas”.

– Há espaços (na chapa majoritária) que cabem vários partidos – concluiu Romero Rodrigues.

Quando será a próxima conversa de Ricardo com a sua vice sobre as eleições?...
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube