Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

quinta-feira, 12/11/2020

Eleição ´pendurada´ no TRE

A última cartada

O debate com os prefeitáveis de Campina Grande na TV Itararé, que começa às 18 horas de hoje (canal 18.1), vai marcar o encerramento de uma incomum campanha eleitoral no turno inicial.

Será uma chance derradeira para o convencimento dos eleitores que ainda estão duplamente indecisos: acerca das alternativas eleitorais disponíveis, e sobre o comparecimento ou não diante da urna no domingo.

Resgate

O último prefeitável entrevistado no programa Ideia Livre da TV Itararé foi Bruno Cunha Lima (PSD).

A seguir, trechos de suas declarações.

Plano de governo

“São itens construídos no campo das diretrizes de gestão, que apontam para um caminho a ser seguido (…) É um plano de governo plural, construído sob a minha coordenação.

Cenário

“Os primeiros meses (de 2021), com certeza, serão de desafios muito grandes, com o rescaldo da pandemia (…) Será o ano dos efeitos práticos da Covid 19.

Prioridades

“Dois temas são prioritários: a geração de empregos e a atenção básica na área da saúde (…) Vamos promover mutirões de consultas com especialistas nos primeiros meses; tornar a central de imagens da prefeitura uma central 24 horas; e conveniar com clínicas privadas e filantrópicas (para zerar as esperas) para aproveitar a ociosidade do turno da noite.

Tributos

“A sanha arrecadatória do estado brasileiro, a vontade de arrecadar mais através do aumento de alíquotas e do enforcamento da classe produtiva caminha justamente no sentido contrário ao aumento da arrecadação, porque reduz a capacidade de contribuição do contribuinte.

Celeridade

“Vamos criar o decreto municipal regulamentando a lei de liberdade econômica, que isenta de alvará os empreendimentos de baixo risco. Isso parte do pressuposto da boa-fé do empreendedor.

Simplificação

“Quanto menores foram os entraves burocráticos e até fiscais, mais a classe produtiva consegue produzir, gerar empregos e renda.

Imperfeições

“A base cadastral do IPTU em Campina é um grande desafio, porque boa parte dos imóveis está irregular perante o cadastro municipal: ou porque não tem proprietário cadastrado; ou porque o imóvel em si não é cadastrado; ou porque está sem atualização cadastral.

Majoração

“Quando Veneziano foi prefeito, ele aumentou a alíquota de IPTU na cidade.

Relações…

“Torço para que o governo do Estado se lembre de Campina fora do período eleitoral. O prefeito Romero está concluindo um ciclo de oito anos e nunca assinou um convênio com o Estado.

… Interpoderes

“Espero (se eleito) uma relação mais desanuviada com o Estado; uma relação com menos interferência política e onde impere a qualidade de vida da população de Campina.

Câmara

“A relação com o Legislativo será muito boa. Entendo o papel do Legislativo e defendo as suas prerrogativas (…) O mais importante para uma base de apoio é ter um governo atuante, realizador, e que consegue entregar resultados (…) A relação que eu quero ter é de contribuição mútua: que eu possa contribuir com resultados e o Legislativo com governabilidade.

Estímulo

“Vamos criar o maior programa de microcrédito da história de Campina (…) E quem quitar o empréstimo em dia, as duas últimas parcelas serão pagas pela prefeitura e o beneficiário poderá se credenciar para um novo empréstimo.

Revisar

“É necessária uma avaliação dos modelos administrativos do Brasil nesse novo mundo (…) Quanto menos custo você tem, mais recursos para investimentos você consegue.

Cronologia

“Uma meia verdade é uma mentira completa. Tentam colocar na conta do prefeito Romero a culpa pelo suposto fechamento dos restaurantes populares e cozinhas comunitárias. É importante registrar que quem fechou foi o próprio prefeito Veneziano no dia 12 de novembro de 2012.

Incentivo

“A prefeitura vai incentivar a formação de cooperativas, como a do polo coureiro-calçadista, de confecção e de costura; e poderemos incentivar a formação de cooperativas para a reabertura dos restaurantes.

Sem limites

“Eu tenho visto nessa campanha uma irresponsabilidade enorme, em se prometer tanta coisa sem se saber de onde vai se tirar os recursos. A interpretação do cidadão é que é promessa eleitoreira. É preciso ter sinceridade com as pessoas, dizer o que pode e o que não pode fazer (…) Não dá para na campanha prometer tudo a todos

Ao vivo

Na noite de terça-feira, o entrevistado no telejornal Itararé Notícias foi o prefeitável Inácio Falcão (PCdoB-CG).

Leia alguns trechos.

O que seria…

(saúde pública de referência nacional, que o senhor está propondo?) “É uma saúde boa, que chega à casa de todas as pessoas de Campina (…) Informatizar todo o sistema e que todos têm o direito de sua consulta, de seu exame e de sua cirurgia. Vamos deletar esse nome cirurgia eletiva (programada). Vamos apagar de nosso governo.

Deslocamento

“Vamos trabalhar para levar o ´táxi-saúde´, onde toda a população terá acesso a um aplicativo para conseguir levar um paciente para o hospital. Essa corrida (de táxi) será custeada pelo poder público.

Quanto vai custar?

“O custo não importa, o que importa para nós é a vida humana. A população de Campina está à mercê de uma saúde de qualidade. Esse custo para mim e para a Dra. Tatiana não importa. E vamos gerar empregos e dar qualidade de vida aos taxistas, uma categoria que está esquecida pelo poder público.

´0800´

“Pretendo doar em torno de duas mil casas (…) Nós estamos fazendo o levantamento de custo. Precisamos saber qual o terreno vai ser desapropriado. E vamos fazer um levantamento da modalidade de construção dessas casas.

Zeladoria

“Vamos revitalizar as calçadas do centro de Campina. Precisamos tratar e trabalhar as calçadas para os cadeirantes e deficientes visuais.

´Não foi bem assim´

“Eu não prometi um aeroporto internacional, mas um de grande porte, porque dentro do nosso projeto de governo nós vamos trazer um porto seco, que vai precisar de um aeroporto maior.

Imposto Predial

“Vamos fazer uma atualização cadastral de todos os imóveis. Sabemos que existem prédios que pagam apenas a taxa de limpeza urbana.

Enxugamento

“Nós pretendemos reduzir a quantidade de secretarias.

Todos juntos

“Não trabalho com a hipótese de não ir para o segundo turno. E tenho certeza de que todo o bloco de oposição estará unido em torno do candidato Inácio Falcão.

Público/privado

“Cabe em todos os aspectos. Eu sou contra a privatização. Mas sou favorável às parcerias”.

Parou

Um pedido de vista do juiz José Ferreira Júnior suspendeu, ontem, o julgamento do recurso da candidata a vice-prefeita de Campina Grande, Annelise Meneguesso (PSL).

O magistrado prometeu levar para a sessão de hoje do TRE-PB o seu ´voto vista´.

Relatoria

A suspensão ocorreu após o voto do juiz relator do caso, Márcio Maranhão, que votou pelo desprovimento do recurso e manutenção da impugnação determinada pelo juiz zonal Alexandre Trineto.

´Xadrez´ na reta final

A decisão da corte eleitoral definirá o destino dos votos do prefeitável Artur Bolinha (PSL) na eleição do domingo.

E poderá se constituir num fator decisivo para a ocorrência ou não do segundo turno.

Numa ou noutra alternativa, temos as sementes de uma nova batalha jurídica.

Tudo é imponderável nas eleições 2020...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube