Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

segunda-feira, 26/06/2017

Elba: “espiral do tempo”

Recuo estatal

O governo desistiu da ideia de criar uma estatal federal para administrar as águas e operações da transposição do Rio São Francisco, como estava sendo cogitado.

A ideia, conforme o ´Estadão´, é que o empreendimento iniciado seja administrado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), que já atua no projeto.

Modelo em…

Mas o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, revelou que o governo tem planos de criar uma parceria público-privada (PPP) para tocar o empreendimento.

… Análise

“Isso está sendo pensado com o BNDES, para verificarmos a viabilidade de ter uma gestão privada” disse Barbalho.

Na bomba

A empresa aérea Gol acertou (finalmente) o abastecimento de suas aeronaves no Aeroporto João Suassuna, enquanto aguarda uma definição sobre a redução do ICMS que incide sobre o querosene que é utilizado.

O contrato prevê a compra de até 80 mil litros mensais.

Troca-troca

De forma inesperada, o aeroporto campinense mudou novamente de superintendente.

Estrago

A Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde) calculou que em torno de 30% dos gastos em saúde privada no Brasil são desperdícios.

Causas

A má formação médica e incentivos financeiros de hospitais, médicos e laboratórios que, na maioria das vezes, são remunerados por procedimentos prescritos, são algumas das explicações divulgadas pela entidade.

Inatividade

O colunista do PARAIBAONLINE e médico José Morais Lucas informou em sua coluna que o ex-presidente da República e ex-senador pernambucano Marco Maciel está acometido do Mal de Alzheimer e recolhido ao seu apartamento em Brasília.

´Ziriguidum´

A Câmara Federal promoveu mais de 100 mudanças na reforma trabalhista, em comparação ao texto remetido originariamente pelo Poder Executivo.

No Senado, o número de emendas apresentadas passou de 200.

Praticidade

Está fazendo sucesso, na Empasa (Ceasa) de Campina Grande uma ´engenhoca´ inventada na cidade para debulhar feijão verde.

Ponto e…

Para o vereador e ativista cultural João Dantas – que não tem do que reclamar este ano em termos de público no Sítio João -, o modelo adotado este ano pelo prefeito Romero Rodrigues (terceirização da gestão do São João) “está se consolidando. Tem que existir a participação da iniciativa privada”.

… Vírgula

“Agora, é uma experiência para ser avaliada ao final do evento. A dosimetria (da programação de shows) deve ser adotada”, ressalvou Dantas.

 

Bate coração

Uma Elba Ramalho aparentemente pouco à vontade foi a inferência psicológica possível de ser feita na véspera de São João em Campina.

Distância

Por sinal, a postura incomum começou com a sua indisponibilidade para dialogar com a imprensa local, salvo a conversa já tradicional e sem sobressaltos com a TV Paraíba.

Lotação

Na conversa com o jornalista Carlos Siqueira, Elba revelou que no dia anterior havia feito um show para 200 mil pessoas na cidade de Cruz das Almas, no interior baiano.

O detalhe

A prefeitura local estimou em 80 mil pessoas, num município que tem aproximadamente 75 mil habitantes.

Chorando e…

Ao longo do show, uma Elba com o encantamento de sempre, mas que em alguns instantes parecia longe, teluricamente falando.

… Cantando

Num determinado instante, ela sinalizou que aquele show, na noite ímpar da véspera de São João, poderia ter sabor de despedida.

“Ou é o começo…

Ao final da apresentação, numa entrevista rápida e meio que forçada à TV Maior, a cantora usou a expressão “é mais ou menos isso”, ao ser questionada sobre o que havia dito no palco.

…Do fim ou é o fim”

Volto ao show. A despedida do palco foi emblemática para situar toda essa narrativa: “Seja bem-vinda, Marília Mendonça (cantora que se apresentaria no dia seguinte). Que Campina Grande te receba com muito amor”.

Invocação

Recorra-se o verso belo de Dominguinhos/Gilberto Gil, tão bem cantado por Elba: “Eu quase que não consigo ficar na cidade sem viver contrariado”.

Duas…

O problema dos artistas sertanejos ocupando espaços nas festas nordestinas – não somente no Maior São João do Mundo – é um tema posto em debate e é inteiramente pertinente que Elba o aborde e, eventualmente, extravase o seu descontentamento.

… Faces

Mas igualmente é indispensável que a discussão não se restrinja à superfície da aparência ou do produto final.

Vácuo

Aplica-se ao mundo do espetáculo um princípio da física: o espaço vazio não existe.

Os ´estrangeiros´ estão ocupando um hiato deixado pelos ditos artistas regionais.

´Banquetes de signos´

Entendo que existem espaço e necessidade para uma reconquista mútua: Elba depurando melhor as suas declarações externas sobre a sua terra natal e seus conterrâneos – a exemplo de sua equivocada postura no passado sobre a transposição das águas do Rio São Francisco; e a Paraíba (e Campina em particular) devendo ter sempre em conta, acima e apesar de tudo, que Elba Ramalho é uma vaidade para todos nós, uma porta-estandarte de nossa cultura e de nossas tradições.

A vida é feita (fundamentalmente) de (e por) gestos. E como Elba mesmo canta, “minha Campina Grande/ Eu vivo aqui tão só”.

Mais do que um verso, é uma prece de (e para ser) acolhida.

A popularidade de Temer mira o ´zero´...
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube