Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 19/11/2019

Disputa incubada

´Exumação´

Foi destravada no Supremo Tribunal Federal a investigação que diz respeito à compra de votos para assegurar a eleição do ex-deputado Eduardo Cunha (MDB-RJ) à presidência da Câmara Federal, no começo de 2015.

O ´caixa 2´ teria movimentado pelo menos R$ 30 milhões com essa finalidade.

Além de Cunha, 17 outros parlamentares da referida legislatura serão investigados em inquérito, entre os quais os paraibanos Manoel Júnior (atual vice-prefeito de João Pessoa) e Vital do Rêgo Filho (atual ministro do Tribunal de Contas da União).

´Tô fora´

O jogador Marcelinho Paraíba (Perilima) anunciou ontem que arquivou, pelo menos por enquanto, o desejo de entrar na atividade política: “Orando a Deus, meditando, cheguei à conclusão que não é o momento. O sistema é pesado, tem muita corrupção e isso me fez desistir da política”.

Ponto final

O atleta avisou igualmente que “quero deixar bem claro que após o Paraibano 2020 eu vou pendurar as chuteiras”.

O detalhe

Ele deseja ingressar na carreira de treinador de futebol.

Ouvir as ruas

Relator da PEC (emenda constitucional) que propõe a extinção de municípios com menos de 5 mil habitantes e receitas próprias raquíticas, o senador Márcio Bittar (MDB-AC) está defendendo a realização de um plebiscito sobre o tema.

Recidiva

O vereador Olímpio Oliveira voltou a lamentar a condução do MDB campinense por parte da médica Tatiana Medeiros.

Protagonismo

“Como filiado do MDB, entendo que é importante que o partido apresente um nome para ser candidato a prefeito. O MDB tem que ser protagonista e ter candidatura própria. Por isso, apresentei meu nome. Isso não é meu projeto de vida e, se não acontecer, não vou entrar em depressão”, declarou em entrevista.

Desapreço

Olímpio salientou que “na hora que se precisa de alguém para ir ao sacrifício, lançar uma candidatura, sem estar nos planos do candidato, se dialoga. É importante que se chame também na hora de tomar as decisões importantes do partido, para que a gente não se sinta usado”.

Confiante

A Associação Brasileira de Shopping Centers está apostando pesado no resultado na Black Friday deste ano (última sexta-feira deste mês): a entidade espera uma receita nesse dia de R$ 3 bilhões, o que representaria um crescimento de 18% em comparação a 2018.

Na tela

O deputado Tovar Correia Lima (PSDB) é o entrevistado de hoje no programa Ideia Livre da TV Itararé – às 22h15, no canal 18.1 (logo após o Jornal da Cultura).

Ele promete falar aberta e objetivamente na condição de prefeitável.

Tchau

Alberto Pecegueiro, que há 25 anos criou e implantou o Globosat (canais por assinatura do grupo Globo) está deixando a emissora.

Nunca antes

O Grupo Globo informou ao mercado publicitário que no mês passado registrou o maior faturamento num mês de outubro de sua história.

Régua

O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) quer que os partidos que são aliados do prefeito Luciano Cartaxo (PV-JP) definam as pesquisas como critério de balizamento para escolha do candidato à sucessão pessoense.

Retrovisor

Cabe resgatar declarações do ex-presidente do PSB no Estado, Edvaldo Rosas, dadas no ´embalar´ do recente feriadão.

Atualmente, só recordando, ele é o secretário-chefe do Gabinete Civil do Governador.

Zarpar

“Nós vamos em busca de um outro projeto ou partido, que possa contemplar a visão que a gente tem nesse campo popular”, avisou Rosas.

“A intenção é montar um projeto para 2020 e 2022, não só no campo nacional, mas nas disputas estaduais e municipais”, emendou.

Remontagem

Diante da recusa do senador Veneziano Vital em assumir a secretaria da nova comissão estadual provisória do PSB no Estado, o cargo foi ocupado pela deputada estadual Cida Ramos.

Substituição

A vice-presidência do PSB/PB, inicialmente destinada ao governador João Azevedo, ficou o deputado federal Gervásio Maia.

Tributo

Não tive uma convivência mais próxima com a jornalista Lena Guimarães, que no dia de ontem nos deixou.

Mas é ponto pacífico os degraus marcantes que ela conquistou e galgou no jornalismo regional. Nossas condolências à família.

Articulação

A Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (Aesbe) está se movimentando para obter, no âmbito do Congresso Nacional, mudanças no chamado ´marco regulatório´ do setor de saneamento.

Prioridades

Duas bandeiras são as principais: a sobrevida dos contratos (firmados sem licitação) e a flexibilização das metas de universalização no atendimento de água e esgoto à população brasileira.

Situando

Conforme o texto que avançou no Congresso, os contratos (atuais inclusos) precisarão garantir o atendimento de 99% da população com água potável e de 90% da população com coleta e tratamento de esgoto até 31 de dezembro de 2033.

Sem recuo

Essa entidade, que congrega as companhias estaduais (e estatais) de saneamento é presidida pelo igualmente presidente da Cagepa, Marcus Vinícius Fernandes Neves.

Em entrevista ao ´Estadão´, Marcus acentuou que se Legislativo não mediar esse impasse, provavelmente a alternativa será a intensificação da judicialização.

– É um direito previsto na Constituição. Na hora que qualquer ente, pessoa física ou jurídica, se sentir prejudicado, tem o direito de acessar a Justiça para fazer valer os seus direitos – argumentou.

Lula vai tentar reconciliar o PSB/PB?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2018 Arquivo 2017 Arquivo 2016

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube