Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

sábado, 25/04/2020

Disputa fraticida

A força dos pequenos

Merecem destaques as informações divulgadas esta semana pelo Sebrae acerca da economia paraibana.

Os microempreendedores individuais (MEI) representam atualmente 75,6% do total de pequenos negócios na Paraíba.

Optantes

Dados da Receita Federal, consolidados no último dia 18, mostram que o Estado tem 137.371 MEIs optantes do Simples Nacional, de um total de 181.600 pequenos negócios que também aderiram a esse regime de tributação.

´Censo´

O levantamento da Receita detalha ainda que a Paraíba possui 44.229 microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP) adeptas do Simples Nacional.

O detalhe

Das mais de 15 milhões de pequenas empresas registradas no Brasil, 9,9 milhões correspondem a MEIs, o que significa 66% do total registrado pela Receita Federal.

Eco

A Operação Alquimia da Polícia Federal, realizada nesta quinta-feira na Paraíba para investigar desvio de recursos relacionados à covid-19, e que teve como alvo a Prefeitura cidade de Aroeiras, foi divulgada na edição de ontem do jornal O Estado de São Paulo.

Da boca de…

“… O MDB não planeja entrar no governo federal…” (deputado Baleia Rossi, SP, presidente nacional do partido, que teve uma audiência na última quinta-feira com o presidente Bolsonaro).

Afago…

O vereador Alexandre do Sindicato (que está debutando no PSD) reverenciou a destinação de R$ 2 milhões em emendas ao Orçamento Geral da União, por parte do deputado Julian Lemos (PSL) ao Hospital da FAP e ao Hospital Pedro I.

… Suprapartidário

O edil acrescentou que a iniciativa do deputado teve como motivação uma demanda gerada pelo vereador.

O detalhe

Alexandre considera o PSL o seu partido “do coração”.

Da boca de…

“… O problema é grave e de consequências imprevisíveis. Experiência não se transfere; se transmite. Eu já vi esse filme e não foi bom…”

(Ex-presidente Fernando Collor de Mello, sobre a confrontação do presidente Bolsonaro com os demais poderes da República).

Logística…

Em meio à crise sanitária – e ´existencial´ – que o mundo enfrenta, uma boa notícia made in Brasil.

… Reversa

A Associação Brasileira do Alumínio informou que 97% das latas de bebidas comercializadas em 2018 foram coletadas e recicladas.

Adiamento

Avança entre as principais lideranças congressuais o consenso para que as eleições municipais sejam adiadas do começo de outubro para o feriado de 15 de novembro (Proclamação da República).

O detalhe

O eventual segundo turno ocorreria no dia 6 ou 12 de dezembro.

Aumentam os…

Dados do Tribunal Superior Eleitoral, atualizados este mês, mostram a redução de mais de 1 milhão de eleitores com filiação partidária.

… ´Sem partido´

Isto é, o universo de filiados caiu, entre 2018 e 2020, de 16 milhões e 600 mil para 15 milhões e 600 mil.

O detalhe

As legendas que mais perderam filiados foram o MDB, PDT, PT e PSDB.

Da boca de…

“… O que dizer de um presidente que precisa de autorização militar para tentar forçar o pedido de demissão de um ministro? Um sujeito que diminui o cargo que ocupa todos os dias!…” (ex-presidenciável Fernando Haddad, do PT).

Camicase

É algo patético, caso não fosse antes disso assombroso e inacreditável.

O Brasil se permite ser praticamente o único País do mundo a ´rechear´ uma pandemia com o agravamento de uma crise política e administrativa interminável.

Corda esticada

Como se já não bastasse a temeridade de trocar um ministro da Saúde bem avaliado no meio de uma descomunal calamidade sanitária, eis que o presidente da República opta por remover, justamente nessa tempestade mundial, os titulares de cargos nevrálgicos como são o de diretor geral da Polícia Federal e o seu ´superministro´ da Justiça.

Decantação

A depuração da demissão de Moro será objeto de muita discussão e análise ao longo dos próximos dias, a começar pela sua surpreendente decisão de abandonar a carreira de magistrado federal para virar ministro da Justiça.

Inabilidade

Mas o ponto central no momento é a instabilidade política aguçada pelo presidente Bolsonaro, que deveria ser, especialmente diante da catastrófica realidade atual, uma autoridade agregadora e pacificadora.

Precoce

Como efeito colateral, intensifica-se, ainda mais, uma disputa eleitoral com vistas à sucessão presidencial no ainda distante 2022, agora com a irrefreável propagação da pré-candidatura do ex-juiz e ex-ministro Sérgio Moro.

Bola fora

Ex-partidário de Bolsonaro, o deputado paraibano Julian Lemos (PSL) comentou: “Eu disse no meu Twitter que Sérgio Moro estava sendo ´fritado´. Foi um grande erro do presidente, porque, na sua saída, Moro acabou dando as chaves para o impeachment”.

Hora de…

Habitualmente comedido em suas declarações públicas, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi assertivo ontem, via redes sociais: “É hora de falar. Pr [presidente] está cavando sua fossa.

… Sair

“Que renuncie antes de ser renunciado. Poupe-nos de, além do coronavírus, termos um longo processo de impeachment. Que assuma logo o vice para voltarmos ao foco: a saúde e o emprego. Menos instabilidade, mais ação pelo Brasil”, acrescentou FHC.

Mas é preciso cantar

“Apesar de você

Amanhã há de ser

Outro dia

Você vai ter que ver

A manhã renascer

E esbanjar poesia

Como vai se explicar

Vendo o céu clarear

De repente, impunemente”

(Chico Buarque)

Quantos bolsonaristas também eram ´moristas´? Com quem ficarão?...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube