Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 19/07/2016

Corrida atrás do PMDB

O cerco se fecha

A sensação é de um torniquete, que começa a apertar gradualmente uma cidade inteira, mesmo que muitos de seus habitantes ainda não tenham se dado conta da dimensão da adversidade.

Refiro-me ao problema d´água em Campina.

SOS

Na tarde desta segunda-feira, o Ministério Público reuniu diretores de hospitais e a Cagepa para tratar da situação particularmente grave do segmento, diante da ampliação do racionamento.

Caso a caso

O quadro muda de acordo com o porte e o serviço prestado por cada estabelecimento, mas a luz amarela está acesa em todos eles.

Aguentando

Na UPA (unidade de pronto atendimento), localizada no Alto Branco, a situação ainda está administrável, regulada por uma reserva que comporta cerca de 17 mil litros d´água.

No limite

“Se aumentar o número de dias (de racionamento), com certeza também vamos passar dificuldades”, antecipa o seu diretor, médico Amaro Jorge Pinto.

Dupla…

Outra situação razoavelmente confortável, para as circunstâncias, é a do Hospital Pedro I.

… Retaguarda

A diretora Malba Kalina explicou que essa relativa tranquilidade tem origem num reservatório com capacidade para 117 mil litros, e com o reforço de um poço (com uma boa vazão) lá existente.

Alugado

Jaime Rodrigues de Melo, gerente administrativo da Secretaria municipal de Saúde, disse à Coluna que há cinco meses já se faz necessária a locação de um carro pipa.

Reforço

“Estamos reforçando alguns órgãos com caixas d´água”, informou, para citar a compra de dois reservatórios de 20 mil litros (cada) para o Hospital Dr. Edgley, e um (com o mesmo tamanho) para o Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA).

Vai levando

O Hospital da Criança tem um reservatório que tem sido suficiente para a falta d´água na modalidade anterior do racionamento. Como será daqui por diante é o que se vai observar.

“Lá o espaço é pequeno e não tem como aumentar o reservatório”, informa Jaime.

Monitoramento

Ainda sobre o Hospital Dr. Edgley, a sua diretora, Ilka Nunes (que também colabora na área administrativa do ISEA) observou que “a situação nos preocupa”, devido ao controle adicional feito na água fornecida, já que no local são atendidos 160 pacientes que fazem hemodiálise.

Demanda

Diariamente, em média, o ISEA utiliza 60 mil litros d´água; o ´Edgley´, 65 mil.

Gravidade

Também participante da reunião de ontem no MP, o médico José Marques, diretor do Hospital Clipsi, assinalou que o setor vive “um problema sério, porque poço em Campina tem (em sua maioria) uma vazão pequena”. Serão indispensáveis novos investimentos para suprir a necessidade d´água.

O detalhe

O consumo de seu hospital é da ordem de 80 mil litros diários.

Atenção

Conforme o diretor do Hospital da FAP, Hélder Macedo, existe uma “preocupação especial com os pacientes de hemodiálise”.

Só esse serviço (cerca de 120 pacientes) carece de 30 mil litros diários.

Sem estoque

A FAP criou uma estrutura para armazenar cerca de 600 mil d´água. O problema é chegar o produto a essa estrutura.

“O problema é água para enchê-la”, reforçou.

Por enquanto, “os carros pipa, teoricamente, vão suprir a demanda” imediata.

Calamitosa

A promotora de justiça da Saúde, Adriana Amorim, que convocou e coordenou a reunião, atestou que “a situação efetivamente é de calamidade. É uma solução temporária para uma situação emergencial”.

“O paciente não pode ser prejudicado, de forma alguma”, grifou.

Água extra

A solução por ela mencionada é o credenciamento de carros pipa para que possam captar água em reservatórios da Cagepa nos dias de racionamento.

 

Funcionalidade

A estatal, através de seu gerente regional, Ronaldo Menezes, sugeriu que os hospitais, através do sindicato patronal, organizassem uma espécie de ´consórcio´ para a contratação de pipeiros, como forma de facilitar e otimizar operacionalmente o fornecimento suplementar de água e o controle da qualidade dos tanques de transporte.

O grande…

Maior estabelecimento da Paraíba, o Hospital de Trauma Dom Luís Gonzaga Fernandes comporta uma preocupação ímpar, pelos números que gera e pela estrutura que possui.

… Problema

O consumo médio por lá chegou ao patamar de 160 mil litros/dia, tendo como um dos ´sugadores´ primordiais as aproximadamente 900 cirurgias feitas a cada mês.

Começou lá atrás

“Nós vivenciamos essa dificuldade de abastecimento d´água desde junho de 2011”, recordou o seu diretor geral, médico Geraldo Antonio de Medeiros, ao citar que há um bom tempo têm sido necessários de 100 a 120 caminhões pipa adicionais por mês, além da água captada mediante a tubulação da Cagepa.

Alívio

O quadro poderia ser ainda mais preocupante, não fossem os dois poços lá perfurados, que resultam em algo em torno de 6 mil litros por hora, usados na parte de conservação e limpeza.

O que nos espera

“A falta d´água é um risco grave. Falta d´água pode representar a morte de pacientes”, enfatizou Geraldo Medeiros, para observar que “a preocupação maior é a partir de janeiro”.

Sob controle

No item qualidade, o diretor do ´Trauma´ sublinhou que a Cagepa “é um órgão sério e tem uma responsabilidade muito grande. A empresa seria a primeira a se manifestar se tivesse alguma deterioração” nos padrões d´água.

Celeridade

Diretor do Hospital Antonio Targino e presidente do Sindicato dos Hospitais campinenses, o médico José Targino frisou que “estamos tratando de vidas, tudo é imediato”.

Prenúncio

“Se não houver ajuda do Poder Público, outros hospitais vão fechar. É uma situação difícil”, alertou.

Medida…

Ele informou que foi cogitada a redução em uma hora (de quatro para três) das sessões de hemodiálise.

… Extrema

Mas imediatamente avisou que a medida só poderia ser adotada a partir de um posicionamento dos médicos especialistas na área (nefrologistas).

Lavagem externa

O sindicato já se mobiliza para a adoção de medidas concretas visando enfrentar a escassez d´água, sem data para acabar.

Uma delas é a contratação de uma empresa para lavar as roupas de hospitais sindicalizados em Recife ou João Pessoa.

ISS

Também se busca a redução da alíquota do Imposto Sobre Serviços, como forma de se compensar os custos adicionais inerentes à captação d´água de maneira improvisada e bem longe da rede de saneamento instalada.

Uma ´barragem´ por dia

Que não se perca de vista a dimensão do problema: apenas a rede pública e/ou conveniada ao SUS tem uma carência d´água (diária) em Campina superior a 500 mil litros, sem considerar os inúmeros laboratórios.

Confirmação

O PR marcou para as 9 horas desta quarta-feira a oficialização do apoio ao prefeitável campinense Adriano Galdino (PSB).

Será na sede da Associação Campinense de Imprensa (ACI).

Na tela

O conselheiro e ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado, Fernando Catão, é o entrevistado de hoje do programa ´Ideia Livre Política & Economia´, que começa às 22 horas na TV Itararé (canal 18.1, digital, 19, analógico, e pela internet – www.tvitarare.com.br).

Recompor a aliança

O PSB se deu conta (talvez tardiamente) do risco que corre ao se distanciar do PMDB nas eleições que estão a caminho, especialmente em João Pessoa.

E prontamente já colocou, publicamente, a vaga de vice à disposição do senador José Maranhão, presidente estadual do partido.

“A vice está à disposição do PMDB”, proclamou com todas as letras Ronaldo Barbosa, presidente do PSB/JP.

O PSB ainda pensa em ´vincular´ as coligações em Campina e João Pessoa?...

Me Aguarde

Palanque

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube