Fechar

logo
logo

Fechar

Arimatéa Souza

quarta-feira, 12/01/2022

Entre o peru e o espumante

No horizonte

Reservadamente, o governador de São Paulo e presidenciável João Doria (PSDB) tem dito que a candidata a vice-presidente de sua preferência é a atual presidenciável do MDB, senadora Simone Tebet (MT).

Por tabela

Imaginem os reflexos na Paraíba de uma aliança nacional entre o MDB e o PSDB.

Lembrete

Twitter do colunista: @arimateasouza

´Cirada´

“Por favor, não tente falar sobre o que você não sabe (economia), nem sobre o que você fracassou (corrupção)”.

Presidenciável Ciro Gomes (PDT) para o seu concorrente Sérgio Moro.

Caneta

O prefeito da cidade de Pedras de Fogo, Manoel Júnior – que se encontra em tratamento de saúde – foi defenestrado do comando do partido Solidariedade na Paraíba.

Quem chega

O médico e suplente de deputado estadual Aledson Moura é o novo presidente do SD na Paraíba.

Atração

No dia de ontem, a assessoria de Veneziano Vital (MDB) divulgou uma declaração de “gratidão” do deputado Efraim Filho (DEM) ao senador.

´Na cola´

A assessoria do governo estadual igualmente propagou as palavras de Efraim, anteontem, quando da solenidade de prestação de contas dos três anos de gestão, presidida por João Azevedo.

“Gestão com alma”

“A Paraíba tem apresentado resultados na melhoria da qualidade de vida das pessoas a partir de uma construção plural. O nosso estado tem grandes vocações e o governo tem atraído investimentos, gerando emprego e renda e mais do que obras de pedra e cal, essa é uma gestão de alma e coração porque institui programas como o Tá na Mesa, que chegou junto de pais e mães que não tinham alimento em casa”, discursou o demista.

Pacificador

Por sinal, na mesma ocasião o deputado-presidente Adriano Galdino (PSB) afirmou que que “este é um governo de diálogo permanente, que escuta as categorias que encontraram no governador um homem de entendimento e que busca soluções, construindo um estado melhor para todos de forma participativa”.

Blocos dos sonhos

“Eu tenho dito que se nós conseguirmos colocar em um mesmo palanque Lula, Ricardo Coutinho, Lígia Feliciano, Luciano Cartaxo e Luiz Couto, nós fatalmente vamos ganhar as eleições na Paraíba”.

Jackson Macedo, presidente do PT/PB.

Da boca de…

“… Sou um homem do século ´XIX´. Não sei o que estou fazendo aqui…” (compositor e cantor Paulinho da Viola, que este ano vai comemorar 80 anos).

No leme

A jornalista Nena Martins (ex-PTB) assumiu a Executiva do Republicanos em João Pessoa.

O detalhe

Ela é secretária de Políticas Públicas para as Mulheres da Prefeitura da Capital.

´Chega pra cá´

O prefeito da cidade de Mari, Antônio Gomes (PL), anunciou ontem sua adesão à base aliada do governador, sob o aval do deputado estadual Wilson Filho.

´Me dê motivos´

“Eu não posso ficar contra o governador que mais tem trabalhado por Mari. E eu só gosto de votar em quem trabalha. Desde 1982 que faço política no município e todas as reivindicações que pleiteamos foram atendidas”, justificou Gomes.

´Mea culpa´

“Eu me descuidei, tirei a máscara e errei. E sempre aprendi a reconhecer os meus erros e me desculpar por eles. E não vou errar mais (…) Peço desculpas pelo erro. Errar é humano”.

Prefeito Vitor Hugo, de Cabedelo, ontem, nas redes sociais.

Obviedade

É fundamental que as autoridades busquem obedecer aos horários das solenidades para as quais são aguardadas, especialmente quando a prerrogativa de fixar o horário cabe à própria autoridade.

Não tem volta

Tempo é ouro, diz o dito popular, justamente por não ter reposição.

O escritor português e Nobel de Literatura José Saramago ensinava que “não tenhamos pressa, mas não percamos tempo”.

Salseiro

O rateio de recursos federais nos últimos dias de 2021 fomentou um conflito no Congresso Nacional e alimentou uma intriga entre os ministros responsáveis pela articulação política do governo Bolsonaro: Ciro Nogueira (Casa Civil) e Flávia Arruda (Secretaria de Governo).

Oculta

De acordo com o jornal O Globo, parte dessa verba, cerca de R$ 5,7 bilhões, foi empenhada e compõe o chamado ´orçamento secreto´, “um instrumento pelo qual o governo destina dinheiro por indicação de parlamentares sem que eles sejam identificados publicamente”.

Destinatários

Puxando a fila das cidades, estão 186 prefeitos do PL e 180 do Progressistas.

Distribuidores

Os órgãos que que mais ´irrigaram´ dinheiro público nas vésperas do réveillon foram a Funasa (Fundação Nacional de Saúde), com R$ 2 bilhões e 60 milhões; o Ministério do Desenvolvimento Regional, com R$ 1 bilhão 910 milhões; e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), com R$ 954 milhões.

Fiel escudeiro

A publicação registra que nessa briga interna o ministro do Gabinete Civil, senador Ciro Nogueira (PP-PI), tem como um dos principais aliados no Congresso o paraibano Hugo Motta (PRB), que por sua vez conta com a esposa ocupando um cargo de assessoramento na Codevasf.

O ´mago´ já dialoga com deputados (ex-aliados) sobre a votação de suas contas na ALPB...

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube