Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

quinta-feira, 02/02/2017

Capitalização paroquial

Entrou em campo

O novo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gervásio Maia (PSB), se apresentou – como proclama o dito popular, com armas e bagagens – com o figurino de pré-candidato a governador pelo PSB no seu discurso de posse, ontem, no qual as homenagens ao Governo Ricardo Coutinho (e à ´militância girassol´, citada algumas vezes) se constituíram muito mais do que uma louvação oriunda de um correligionário.

A síntese

Bastaria mencionar a frase final de seu pronunciamento para denotar o seu estado de espírito: “Assumo a presidência da Assembleia com a certeza de que a nossa missão não termina aqui”.

Continuidade

A certa altura, Maia enalteceu – sob a contemplação de um Ricardo visivelmente atento – a necessidade de preservação “de um legado que vem implantando um novo modelo de tratar a coisa pública”.

À vontade

O novo presidente também se referiu à sua chegada recente ao PSB, onde disse ter encontrado “um jeito diferente de fazer política”.

“Hoje eu me sinto como se já tivesse uma vida inteira dentro do PSB”.

Sem recuo

Gervásio externou em seguida “a convicção de que o povo paraibano não aceitaria – jamais – o retrocesso (desse modelo de gestão)”.

“E, para isso, estamos unidos”, emendou.

Disponível

O socialista anunciou – de público – que “se for necessário, combaterei o bom combate”.

E completou: “O nosso povo e as gerações futuras não merecem que a Paraíba volte ao passado. O PSB sempre esteve do seu lado”.

Herança

O deputado se reportou, então, diretamente ao governador: “Sou grato, e tenho razão para ser grato a Ricardo: herdei o bem mais precioso do meu pai, que foi a sua amizade”.

Prognóstico

“Você vai fazer história à frente da Assembleia Legislativa”, prognosticou em seu discurso o governador.

Envolvimento

Ele disse aos presentes que “participei e torci muito pela eleição” de Gervásio e de Adriano Galdino (PSB, ex-presidente)”.

Exigência

Em entrevista posteriormente à solenidade, RC derivou sobre a sua sucessão: “O futuro a Deus pertence e, claro, às expectativas do povo. A Paraíba tem outro ritmo e as pessoas estão mais exigentes. E isso é muito bom. O povo exige mais da política e é para exigir mesmo. A política tem que dar não simplesmente as respostas que alguém queira ouvir, mas sim as respostas que as pessoas acreditam serem as verdadeiras. É isso que eu chamo de honestidade política”.

Incondicional

O governador fez um comentário adicional: “Gervásio sabe do conteúdo do nosso projeto e a diferença é exatamente essa: ele não só apoia o projeto. Ele está dentro do projeto, é partícipe disso para defender as coisas populares e as não populares, porque ninguém pode agradar todo mundo”.

Consenso

Por iniciativa dos deputados socialistas Jeová Campos e Ricardo Barbosa, mais de 20 deputados da base governista (são 24) assinaram um documento ontem escolhendo o ex-presidente da ALPB, Adriano Galdino, como o novo líder do ´blocão governista´.

Chegada

Na entrevista que precedeu a solenidade de sua posse, ontem, na presidência do Tribunal de Justiça do Estado, o desembargador Joás de Brito Pereira Filho externou a sua “expectativa grande” quanto à condução do TJ, apesar de ressalvar que a solenidade ainda era provisória, “até porque ainda estou aguardando decisão de mérito do Supremo Tribunal Federal” quanto ao processo eleitoral.

Análoga

Ele disse que acredita plenamente na confirmação de sua eleição pelo STF, citando uma “decisão consolidada” em situação semelhante com relação ao Rio de Janeiro.

Prioridades

Quanto às metas, pontuou que pretende intensificar a “capacitação de pessoal” e realizar – “quando necessário” – mutirões.

Reforço

Joás citou que 26 novos juízes começam a atuar pelo Estado, “e certamente darão uma celeridade bem razoável a processos que estavam parados”.

CNJ

Por fim, o novo presidente do TJPB sublinhou que dará todo o apoio possível às metas fixadas pelo Conselho Nacional de Justiça.

Em tempo

Devido à questão de espaço, fico devendo para outra edição a parte relacionada aos discursos na solenidade de posse no TJ.

Escolha

O juiz Alexandre Gonçalves Trineto é o novo diretor do Fórum Afonso Campos, em Campina Grande.

Na Capital

Em João Pessoa, o juiz Adilson Fabricio deverá dirigir o Fórum Criminal, e o juiz Carlos Sarmento o Fórum Civil.

Sem solução

O PMDB, até a noite de ontem, não tinha conseguido desatar o ´nó´ relacionado à indicação do novo presidente da Comissão de Justiça do Senado, diante da candidatura de três senadores, entre os quais Raimundo Lira (PB).

Cupular

O deputado Pedro Cunha Lima foi indicado na noite de ontem como 1º vice-líder do PSDB na Câmara Federal.

Um feito expressivo, levando-se em conta que está na ´debutância´ do 1º mandato.

Credenciado

Conforme a sua expectativa, o deputado Rômulo Gouveia conquistou a maioria dentro da bancada do PSD na Câmara Federal e disputa hoje o cargo de 4º secretario da mesa diretora.

Link direto

“É uma vitória de toda a Paraíba”. Foi o que disse o senador Cássio, ontem, ao ser eleito 1º vice-presidente do Senado Federal para o próximo biênio.

Conforme as suas palavras, o PSDB, que o indicou, tem o “compromisso com uma agenda nacional para tirar o Brasil da crise”.

Mudança no 2º BPM...

Me Aguarde

Palanque

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube