Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

quinta-feira, 09/03/2017

Cagepa entra na fila

Habemus arcebispo!

Após seis meses vacante, a Arquidiocese da Paraíba tem um novo (e 7º) titular: o frade franciscano Dom Manoel Delson, que estava à frente da Diocese campinense.

A escolha foi tecida gradualmente, há meses, dentro do próprio Regional Nordeste II da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que compreende as dioceses (cerca de 30) de PB, PE, RN e AL.

 

Parada dura

Os bispos que formam esse Regional têm conhecimento, em grau variado, do desafio no qual se transformou comandar a Igreja Católica na capital paraibana, ao ponto de situação ter culminado com a renúncia de seu último arcebispo, Dom Aldo Pagotto.

Indicações

Na consulta reservada e individual que é feita pelo Núncio Apostólico no Brasil (espécie de embaixador do Vaticano), Dom Giovanni D’Aniello, o nome de Dom Delson foi se cristalizando pelo acúmulo de referências.

Alocução

Passava um pouco das 8 horas da manhã de ontem quando o novo arcebispo ingressou nos estúdios da Rádio Caturité (emissora vinculada à Diocese campinense, e da qual é diretor) para participar do anúncio, verbalizado pelo vigário-geral, padre José Assis Pereira Soares.

Semblante

A fisionomia de Dom Delson sugeria um misto de serenidade e ansiedade, como também indicava os vínculos e afetividade que enraizou na hospitaleira Serra da Borborema.

Leu uma carta dirigida à comunidade diocesana. Veja alguns trechos a seguir.

Chamamento

“Que o Senhor Jesus, neste tempo quaresmal, nos dê inspiração evangélica para aceitar os seus desígnios. Acabo de ser nomeado pelo Papa Francisco para a missão de Arcebispo da Paraíba, vacante desde a renúncia de Dom Aldo Di Cillo Pagotto. Dois sentimentos tomam conta do meu coração e mente nestes dias, desde que o Núncio Apostólico me comunicou da nomeação.

Ambientado

“Já me sinto envolvido nos processos de acompanhamento da Diocese de Campina e bem sintonizado com os anseios deste povo. Aqui me sinto em casa. Sei que não foi tempo suficiente para marcar a minha passagem aqui como era de se esperar. Precisava mais tempo. Precisamos de tempo para semear, regar, cultivar e ver a planta crescer e produzir frutos.

Acolhimento

“Mas, sabemos como diz São Paulo Apóstolo, que uns plantam, outros regam, outros colhem e Deus é quem faz crescer (Cor 3,6). Tudo está nas mãos de Deus! Assim, sinto evidentemente ter que deixar Campina, que me acolheu como seu filho. Sou cidadão campinense, título dado pela Câmara Municipal, e me orgulho de sê-lo, pois sou parte desta gente religiosa, empreendedora e que carrega muita esperança.

Missão

“Aqui fui tratado com tanto carinho (…) Foram anos de bênçãos e crescimento como ser humano e como religioso. Confesso-lhes um sentimento difícil de digerir, mas que faz parte da nossa missão de Bispo – ir onde a Igreja precisa, em espírito de obediência e disponibilidade para atender ao chamado do Senhor.

Doação

“Sabemos também que a vida precisa ser doada para chegar à plenitude. Este é o caminho! Sem doação a vida não renasce para a eternidade. O que preguei, preciso viver! Chegou a hora!

Imolação

“2o sentimento: deixar-me conduzir pelo Espírito Santo para a nova missão na Arquidiocese da Paraíba. Sempre entendi que o novo para quem o assume é desafiante, mas é, igualmente, oportunidade de crescimento pessoal e ocasião de se imolar pelo Reino de Deus.

Vacância

“Sei que muita coisa nesta Diocese estava sendo encaminhada com a presença deste bispo. Então precisará de ajustes (…) O Clero tem grandes nomes que podem conduzir a Diocese no período de vacância. Mas, não esqueçamos de que quem nos governa é Deus. Estamos todos em suas mãos e somos apenas ´servos inúteis´.

Desafio maior

“A Arquidiocese precisava de um Arcebispo e Campina oferece o seu Bispo para ser Arcebispo e pastorear aquela porção do Povo de Deus. A complexidade da Arquidiocese é bem maior do que da Diocese de Campina. Por isto, conto com as orações de vocês! Saibam que os tenho no meu coração!

 

O amor não cessa

“O amor aqui recebido por mim não vai desaparecer. Vou continuar amando Campina, sua gente, suas instituições, sua beleza de cidade, sua ordem e seu potencial”.

Comunicação

Quase simultaneamente, o administrador apostólico da Arquidiocese, Dom Genival Saraiva, fazia igualmente o anúncio do novo arcebispo, com posse marcada para o dia 20 de maio.

Perfil

“Um homem que tem uma personalidade muito aberta ao diálogo. Faz uma leitura pastoral da realidade a partir dos elementos e dos indicativos sociais. Tem uma dedicação muito grande com o universo da comunicação. Dom Delson é uma pessoa muito simples. Ele nunca chegará (às pessoas) com a expressão da arrogância. Vai chegar sempre com a leveza do aperto de mão, do sorriso, da acolhida. Ele vem como um ser humano com valores muito grandes”, conceituou Dom Genival sobre o novo arcebispo.

Saudação

Dom Delson também enviou o seu primeiro pronunciamento ao seu novo ´povo de Deus´, da Capital paraibana.

Leia trechos.

Gratidão

“Fui escolhido pela Igreja para esta missão. Ao Santo Padre que me nomeou e demonstrou grande confiança em mim, sou muito grato. Sei que o Senhor me acompanha com suas graças e sua proteção.

“Desafiante”

“Sei que o novo é sempre desafiante! Os desafios que enfrentarei são grandes. Eles serão caminhos de crescimento pessoal e oportunidade de servir à Igreja, na tríplice dimensão de pregar, santificar e apascentar os que estarão sob os meus cuidados.

Inspirador

“´Ide aos meus irmãos´ é o meu lema episcopal. Deste modo, venho até os meus irmãos da Arquidiocese para me colocar a vosso serviço. Terei como modelo Nosso Senhor Jesus Cristo, que veio para servir e não para ser servido. Serei vosso irmão! Um irmão que tem a missão de pastorear como Pai e orientar, segundo as indicações da Igreja.

Preces

“Estou consciente da complexidade da Arquidiocese! Para apascentá-la de acordo com a inspiração de Jesus Cristo, o Bom Pastor, conto com os Presbíteros e Diáconos, meus auxiliares diretos! Conto também com todo o povo querido da Arquidiocese! (…) Conto com as vossas orações!”

Como vai…

Em entrevista coletiva após o anúncio, Dom Delson tratou de temas espinhosos, a exemplo das denúncias de exploração sexual e de pedofilia envolvendo o clero da Arquidiocese.

… Proceder

“As orientações são as dadas pelo papa. Eu vou seguir essas orientações. Não tenho outro caminho”, delimitou.

Conduta

Ainda conforme o prelado, “se novos casos aparecerem, aí me cabe imediatamente abrir inquérito interno. E se apurada qualquer culpa, encaminhar para Roma, para que se tomem as decisões”.

Entendimento

Quanto ao envolvimento de padres na atividade político-partidária, Dom Delson observou que existe uma “relação política bastante presente”.

“Temos que dialogar muito sobre essa situação”, emendou.

Caneta

O 1º suplente de vereador pelo PSDC em Campina, Gildo Silveira, deverá ser anunciado, ainda esta semana, como o novo presidente da Urbema, emprega vinculada à PMCG.

Rumo ao mercado

A reunião do Conselho do Programa de Parcerias de Investimento, promovida esta semana pelo governo federal, definiu a lista de empresas que serão ofertadas à iniciativa privada dentro do batizado projeto Crescer.

Empresas que deverão ser vendidas

Na lista estão a ´desestatização´ de empresas de saneamento de 14 Estados, com leilões já programados para o 1º semestre de 2018.

Eis os Estados: Acre, Amapá, Santa Catarina, Alagoas, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe e… Paraíba (Cagepa).

As empresas da Bahia, Piauí, Tocantins e Amazonas ficarão para o 2º semestre do ano que vem.

O avião de Temer vai ´superlotar´ nesta 6ª feira...

Me Aguarde

Palanque

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube