Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

quinta-feira, 29/08/2019

Alívio à vista nas rescisões

SOS hospitais

Uma iniciativa da presidência da Assembleia Legislativa, a ser referendada ainda este mês pelo colegiado de deputados, promoverá a partir de setembro um desconto de 0,5% dos salários de todos os servidores da ALPB em favor dos dois hospitais filantrópicos que tratam pacientes com câncer: Napoleão Laureano (JP) e Hospital da FAP (CG).

Alcance

De acordo com o deputado-presidente Adriano Galdino (PSB), os deputados já promovem mensalmente esse desconto, e com a incorporação dos servidores a arrecadação mensal deverá ficar em torno de R$ 60 mil.

Revogação

Conforme o texto da propositura, o servidor da ALPB que não desejar fazer a doação deverá comunicar, por escrito, ao setor de recursos humanos da ´Casa de Epitácio Pessoa´.

Contra

Ainda sobre Adriano. Na sessão ordinária de ontem da ALPB, o presidente disse que a proposta de um ´voto de repúdio´ ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), de autoria da deputada Estela Bezerra (PSB), não conta com o seu apoio nem voto.

Desaconselhável

“Esse tipo de propositura, que afronta, não é bom nem para a Paraíba nem para os paraibanos. Nós temos um presidente que tem uma personalidade muito forte”, ponderou o socialista.

Subtrações

“Já foram retirados recursos para o porto (Cabedelo) e para a adutora (integração de bacias”, exemplificou.

Inconveniente

Galdino afirmou que “temos outras maneiras de fazer pressão. Agora, esse tipo de atitude, de repúdio a presidente, não tem a minha solidariedade”.

Causa maior

Adriano recordou que “todo mundo sabe que eu votei contra Bolsonaro, e se a eleição fosse hoje continuaria votando contra ele. Mas, nesse momento, precisamos procurar meios e formas para que ele possa cumprir com as suas obrigações”.

A menos

Por fim – comentou o presidente da ALPB – “a gente precisa aprender a conviver com a personalidade dele (Bolsonaro), que me perdoe a franqueza (deputado) Cabo Gilberto (PSL): eu tenho dúvidas se ele é normal. Pelo menos um parafuso pequeno está faltando nele”.

Lá…

Na ocasião, o deputado João Henrique (PSDB) disse que a sua esposa (deputada federal Edna Henrique) “tem recebido injunções e missões para aproximar o governador João Azevedo do presidente da República”.

… Cá

“É isso que está sendo feito em Brasília. E aqui, o contrário”, acrescentou.

Estilo…

“É uma personalidade grotesca e grosseira. O presidente não respeita ninguém que seja diferente. Chega a ser deselegante a forma como que ele se dirige às mulheres”, entrou na discussão a deputada Cida Ramos (PSB).

… Repudiado

A parlamentar emendou: “O que eu não posso aceitar é que a gente tenha que alterar a nossa forma de ser e de dizer as coisas para poder conviver com o presidente. É papel e função do cargo o respeito a todos”.

Nova opção

A partir do dia 11 de outubro (data da emancipação política de Campina Grande) estará disponível na cidade, em canal aberto, a TV Assembleia, que também disponibilizará imagens da TV Câmara (Federal) e TV Senado.

Silêncio

Ricardo Coutinho optou, ontem, mais uma vez, por não comentar publicamente a crise interna no PSB.

Devolução

Questionado sobre a antecipada sinalização do governador João Azevedo, de não comparecimento ao ato em defesa da transposição (domingo próximo, na cidade de Monteiro), RC respondeu que “acho que você tem que perguntar ao governador”.

´Coletivo´

“Eu não sou dono do ato, sou militante. Todos que são sensíveis a essa causa são bem vindos a esse ato. Acho que mais importante do que eu, ou de qualquer autoridade, é a presença do povo. Quem sou eu pra falar, convidar. O ato não é meu”, emendou Ricardo.

Vem aí

O ministro Sérgio Moro (Justiça) deverá prestigiar a inauguração da nova sede da superintendência da Polícia Federal na Paraíba, nesta sexta-feira.

Agradou

“Extremamente positivas”.

Foi a expressão do governador João Azevedo (PSB) ao comentar ontem as audiências que teve em Brasília, uma delas com o ´superministro´ da Economia Paulo Guedes.

Agenda

A posse do promotor de Justiça Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho para o segundo mandato à frente da Procuradoria Geral de Justiça da Paraíba será hoje, às 18h, no Espaço Cultural José Lins do Rêgo (bairro Tambauzinho), em João Pessoa.

Andorinha

Na publicação das maiores empresas do Brasil, anualmente feita pelo jornal Valor Econômico (SP), a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba é a única empresa pública paraibana listada.

Bem na…

Entre as empresas privadas e públicas dos mais variados ramos de atividade, a Cagepa está em 660º lugar.

… Na foto

Especificamente no rol das companhias de saneamento, a estatal paraibana aparece em 11ª melhor do Brasil.

Performance

Conforme o jornal, a Cagepa apresenta um aumento de 10% na receita líquida, subindo de R$ 710 milhões no ano de 2017 para R$ 782 milhões no ano passado, obtendo um lucro líquido de R$ 109 milhões.

Alívio

De acordo com o ´Estadão´, o governo federal pretende acabar com os 10% de multa sobre o FGTS, pago pelas empresas ao governo quando das rescisões de contrato de trabalho sem justa causa.

Cifras

Trata-se de um desembolso anual (para as empresas) calculado em R$ 5,4 bilhões.

Sem alterações

Para o trabalhador, nada deve mudar. Ou seja, permanece a multa de 40% sobre o saldo existente na conta de FGTS quando do fim do vínculo contratual.

Como anda calado o deputado Frei Anastácio...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube