Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

quinta-feira, 08/04/2021

Além do horizonte

Passivo bilionário

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, retirou de pauta a discussão relativa à cobrança de imposto sobre o terço de férias.

O impacto da decisão do STF poderá chegar a R$ 100 bilhões para as empresas privadas.

O tema só retornará à pauta quando houver a retomada das sessões presenciais.

Nas alturas

Para quem tem constatado a subida de preço desmedida, nos últimos tempos, de produtos como óleo de soja e ferro, eis a oscilação do preço internacional de ambos, o que empurra a produção nacional para a exportação: a soja subiu 54,2% e o minério de ferro 87,6% no ano passado.

Momento Francisco

“A pandemia está ainda em pleno desenvolvimento; a crise social e econômica é muito pesada, especialmente para os mais pobres; apesar disso – e é escandaloso –, não cessam os conflitos armados e reforçam-se os arsenais militares”.

Papa, em recente pronunciamento.

Da boca de…

“… Esta rádio tem a cara de Campina Grande. É muito mais do que uma emissora de rádio. É um instrumento de união das cidades do Compartimento da Borborema…” (vereador Olímpio Oliveira, do PSL, na sessão de ontem da Câmara, sobre o transcurso do 70º aniversário da Rádio Caturité FM).

Trancada

Já está em processo de retirada dos utensílios o prédio que abrigou a agência do Banco do Brasil na avenida Assis Chateaubriand, em Campina Grande.

Na mídia

Em sua edição de ontem, o jornal O Estado de São Paulo repercutiu a decisão da Justiça Federal de autorizar algumas instituições de ensino, entre as quais a Unifacisa, de Campina Grande, a comprar doses de vacinas contra a Covid-19 no exterior para imunização da comunidade acadêmica.

Ilógico

O juiz que apreciou e acolheu a ação, Rolando Valcir Spanholo, da 21ª Vara Federal do Distrito Federal, avalia que a exigência de repasse de vacinas compradas pela iniciativa privada ao SUS é um “flagrante retrocesso normativo”, pois retira das empresas “o direito de usar os fármacos que serão por elas importados quando o mercado internacional se abrir para a iniciativa privada”.

Inibe a compra

“Com as devidas vênias, a Lei 14.125/21 (que prevê a obrigatoriedade do repasse ao SUS) não ajuda a resolver o gravíssimo quadro de pandemia que vivemos, como ainda tem o poder de retirar da iniciativa privada brasileira o direito de disputar com a iniciativa privada do resto do mundo as vacinas adicionais que a indústria farmacêutica colocará em breve no mercado (a história do mundo capitalista garante que isso será inevitável)”, discorre o magistrado.

Situando

A legislação (acima referida) prevê que as vacinas adquiridas pela iniciativa privada devem ser integralmente doadas ao sistema público até o término da imunização dos grupos prioritários, o que segundo estimativas iniciais do Ministério da Saúde só deve ocorrer no final deste semestre.

Ampliar a…

“Não podemos desperdiçar qualquer chance de salvar vidas. Essa decisão irá beneficiar todos os nossos professores, colaboradores e estudantes da Unifacisa”, afirmou o chanceler Dalton Gadelha ao ´Estadão´.

… Imunização

Ainda segundo Dalton, “estamos em conversa com empresas em outros países para conseguir importar essas vacinas”.

“É importante destacar que se trata de doses oferecidas à iniciativa privada e não aos governos”, grifou.

´Pendura´

As igrejas estão com dívidas junto ao governo federal que totalizam R$ 1 bilhão e 900 milhões, sendo mais de 50% relativos a débitos de natureza previdenciária.

O detalhe

Uma das principais devedoras é a Igreja Internacional da Graça de Deus.

Transparência…

O vereador Waldeny Santana (Democratas-CG) afirmou que “é preciso saber quantas doses a Paraíba recebeu, quantas Campina recebeu, quantas foram aplicadas, quem está sendo vacinado, quais os critérios”.

… Constante

“É fundamental transmitir essa informação de maneira detalhada e esmiuçada, para que cada cidadão entenda precisamente como está sendo procedido pelas autoridades”, acrescentou o parlamentar.

Da boca de…

“… É um jornalismo de credibilidade…” (vereadora campinense Fabiana Gomes, do PSD/CG, sobre os 70 anos da Rádio Caturité FM).

O ´Capitão´

“Todo homem que trabalha, toda atividade que ele exerce para levar o pão para casa é essencial. Sabemos o problema do vírus, mas também do desemprego. Está faltando um pouco de humanidade por parte de governadores e prefeitos nesta questão da pandemia”.

Bolsonaro, ontem, em solenidade no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu (PR).

Em queda

Já é possível encontrar em Campina Grande o litro da gasolina sendo comercializado a R$ 5,15 e o de etanol a R$ 3,98.

Fila andando

O PSDB na Paraíba, além de abrir espaço para o suplente Rafafá, que substituirá o deputado Pedro Cunha Lima na Câmara Federal por quatro meses, igualmente deverá abrir uma cadeira para outro suplente: Patrick Dorneles, caso a deputada Edna Henrique confirme o seu afastamento da Câmara.

´Arrumar o time´

Além de prestigiar os suplentes, esse movimento do PSDB/PB certamente tem como objetivo colateral o fortalecimento da legenda para as eleições do ano que vem, uma vez que – situação atual – não haverá coligação para as disputas proporcionais (deputado estadual e deputado federal).

As eleições de 2022 vão passar, novamente, pela ´toga´...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube