Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

sábado, 11/02/2017

Aceno a Lira

Enxerto

O deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), relator da reforma trabalhista na Câmara Federal, defendeu a ampliação do projeto enviado pelo governo ao Congresso Nacional.

Entre os temas que ele pretende adicionar, estão a jornada de trabalho intermitente e a regulamentação do ´home office´ ou ´teletrabalho´.

 

Fica fora

Rogério avisou que não pretende avançar no tema terceirização: “Se incluirmos a terceirização na comissão, volta ao início do trâmite legislativo. Não seria inteligente”.

Suprema…

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, uma suspeita de fraude envolve o ministro (licenciado) da Justiça Alexandre de Moraes, indicado para o Supremo Tribunal Federal pelo presidente Michel Temer.

… Clonagem

A reportagem informa que Moraes, em seu livro “Direitos Humanos Fundamentais”, de 1997, copiou passagens de “Derechos Fundamentales y Principios Constitucionales”, do jurista espanhol Francisco Rubio Llorente, publicado em 1995 pela editora espanhola Ariel.

O detalhe

O jornal publicou reprodução dos textos e frisa que Alexandre de Moraes não faz qualquer referência ao fato de que os trechos tinham sido originalmente publicados pelo espanhol.

Confiante

O vereador Marinaldo Cardoso (PRB) continua confiando na sua eleição para presidir o Legislativo campinense no 2º biênio da atual legislatura – 2019/2020.

Segura

“Eu não temo, até mesmo porque conheço a vereadora Ivonete Ludgério. Até hoje não vi que a presidente descumprisse qualquer acordo”, declarou.

Espera

Ainda conforme Cardoso, “Ivonete, no momento certo, chamará os vereadores que queiram discutir. Espero que seja neste semestre. Deixo a presidente à vontade para que ela ache um momento ideal, um momento adequado de colocar esse processo para discussão e votação”.

O tal…

No exercício da presidência da sessão do Senado, esta semana, Cássio Cunha Lima (PSDB) teceu elogios, em nome do povo paraibano, ao trabalho do seu conterrâneo José Maranhão (PMDB), que até a semana passada presidiu a Comissão de Constituição e Justiça.

… Do tempo

“Receba as minhas felicitações. O povo paraibano muita se orgulha da sua atuação”, enfatizou.

SOS

O açude de Bodocongó, lendário cartão postal de Campina Grande que ontem atingiu o seu centenário, é um ´paciente´ agonizando em estado terminal.

 

Definhando

Um de seus estudiosos é o professor José Ethan Lucena Barbosa, da UEPB, que admitiu existir “muito pouco a comemorar” nessa passagem dos 100 anos, devido “aos sinais de senilidade” que o manancial apresenta.

Sem limpeza

Na prática, o açude comporta hoje de dois a três metros de sedimentos em sua base, devido ao fato de nunca ter sido feita uma dragagem pra valer.

Raso

A profundidade máxima atual fica em torno de quatro metros, sendo que em alguns locais já é possível atravessá-lo a pé, sem que as águas cheguem à altura do peito.

´Afluentes´

Aproximadamente 70% das águas que chegam ao ´Bodocongó´ são provenientes de esgotos, o que o transforma praticamente numa espécie de lagoa de estabilização desses dejetos.

Orfandade

O volume de água acumulado não chega a 1 milhão de metros cúbicos.

“É um açude órfão de pai e mãe”, resumiu o professor Ethan.

´É o cara´

O deputado Trócolli Júnior (Pros) apontou ontem o deputado-presidente Gervásio Maia (PSB) como um nome de consenso, entre os parlamentares da base aliada, para disputar o governo estadual em 2018.

Reta…

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional informou ontem que está em fase de conclusão a elaboração do projeto da nova Lei de Execuções Fiscais.

… Final

A principal mudança deverá ser a determinação para que União, Estados e municípios não recorram à Justiça para cobrar débitos de contribuintes/devedores nos quais não foi achado indício de patrimônio.

Luz à vista

O empresário Francisco Buega Gadelha, presidente da FIEP, destacou que o setor industrial brasileiro registrou em dezembro um crescimento da ordem de 3%, o que renova as esperanças de uma gradual recuperação da atividade produtiva este ano.

Preterido

Ricardo Coutinho (PSB) hesitou, mas acabou comentando a ´rasteira´ que a cúpula nacional do PMDB deu esta semana no senador paraibano Raimundo Lira, ao inviabilizar a sua indicação para presidir a Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

Tentativa de isolamento

“Naturalmente, o senador sabe de sua caminhada e tem análise do quadro em que se encontra. Eu acho que ele precisa olhar um pouco o cenário e olhar para a frente, porque a disputa tentando isolá-lo é muito forte. E ele sabe disso”, avaliou RC.

– Agora, se ele (Lira) vai sair; o destino que ele vai ter, cabe a ele, enquanto senador definir. Eu não me sinto no direito de estar interferindo de uma forma tão aberta em qualquer partido. Lira é uma pessoa que efetivamente honra o mandato que exerce, porque são ações republicanas. Tenho que reconhecer que é um senador que tem trabalhado muito pela Paraíba – acrescentou o governador.

Olhos para a Justiça Eleitoral...
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube