Fechar

logo

Fechar

Arimatéa Souza

terça-feira, 14/04/2020

A PEC de Zé

´Deu no osso´

Os repasses já realizados este mês de ICMS às prefeituras paraibanas caíram 58% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Em reais: despencou de R$ 9.259.463,70 no ano passado para R$ 3.987.635,00 no mês em curso.

´Dominó´

São impactantes os números divulgados no dia de ontem pelo Sebrae na Paraíba, ao cabo de uma pesquisa efetuada nos últimos dias: 59% dos pequenos negócios foram fechados, pelo menos temporariamente.

Lastro

O governo brasileiro deverá lançar mais um programa para dar apoio a microempresas com bom histórico de pagamento e cujas finanças foram duramente atingidas pela crise do coronavírus.

O alvo são empresas com faturamento anual de até R$ 360 mil.

Portas abertas

Já estão começando a funcionar as antigas instalações da rede de farmácias Dias (10) em Campina Grande, agora com a bandeira da Nord Farma, que anuncia uma rede de até 50 filiais ao longo dos próximos 12 meses.

Stop

O presidente Jair Bolsonaro pediu ao ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, para suspender as medidas que permitiriam o compartilhamento de dados de geolocalização por celular de usuários da telefonia móvel, visando o controle do isolamento social.

Mais…

No seu programa radiofônico semanal de ontem, o governador João Azevedo informou que determinou a locação, em Campina Grande, das antigas instalações da Casa de Saúde Dr. Francisco Brasileiro (bairro da Prata).

… Leitos

No local funcionará o novo Hospital de Clínicas do Estado da Paraíba, que atenderá, inicialmente, pacientes com a Covid-19.

Futuro

Ultrapassada a epidemia, o hospital deverá ser destinado à realização de cirurgias eletivas.

Lacuna

Cabe registrar que historicamente o governo estadual tem uma presença acanhada na rede hospitalar de Campina Grande, restrita ao Hospital de Trauma.

Descartada

O secretário estadual da Fazenda, Marialvo Laureano, informou que, apesar da brutal queda na arrecadação, “não está prevista redução de salário, de forma alguma”, no âmbito do funcionalismo estadual.

Pontualidade

“Nós estamos é tentando pagar a folha dentro do mês, como já vinha ocorrendo. Esse mês de abril será pago dentro do mês. Agora, no mês de maio precisamos do suporte do governo federal”, acrescentou Marialvo.

Plus

Uma avaliação de contratos emergenciais assinados pelo Ministério da Saúde, publicada no jornal Folha de São Paulo, mostra que a pasta paga até 185% a mais em produtos para abastecer a rede pública federal, estadual e municipal de hospitais durante a crise do novo coronavírus.

O detalhe

A falta de opções no mercado nacional obriga o governo a importar produtos por preços mais caros e com a cotação do dólar ´nas alturas´.

Da boca de…

“… Estamos passando por um momento muito difícil e não há como se falar em eleição. Podemos adiar sim, e acho que isso é o pensamento de muitos. Acho até que nós, políticos, deveríamos fazer uma corrente para que pudéssemos adiar essas eleições…” (vereador João Corujinha, presidente da Câmara Municipal de João Pessoa e filiado ao Progressistas).

Burburinho

O grupo de WhatsApp com secretários estaduais reuniu críticas ao Ministério da Saúde, no último final de semana, por conta de uma distribuição considerada desigual de R$ 4 bilhões feita pela pasta a Estados e municípios.

Sem critérios

Na visão dos secretários, reproduzida na ´Folha´, o ministro Mandetta, filiado ao Democratas, teria privilegiado seus correligionários no repasse da verba, em detrimento de entes federativos e prefeituras que estão sofrendo mais com a crise do novo coronavírus.

Fermentado

O Republicanos (antigo PRB), legenda controlada indiretamente pela Igreja Universal do Reino de Deus, saiu ´bem na foto´ após o fechamento da ´janela´ para trocar de partidos.

Pulo

De novembro do ano passado até a 1ª semana deste mês, o Republicanos saltou no país de 424 mil filiados para 595 mil.

Em termos de vereadores, saiu de 1.618 para 2.515.

Sem recepção

Conforme informações repassadas ao ´trade´ turístico local, seis hotéis suspenderam as suas atividades em Campina Grande, por tempo indeterminado.

Na fila

Mais uma PEC (emenda constitucional) começou a tramitar no Congresso Nacional relacionada ao adiamento das eleições deste ano.

Dessa vez, a iniciativa foi do senador José Maranhão, presidente do MDB na Paraíba.

Datas

Conforme a proposta de Zé, o 1º turno das eleições ocorreria no dia 1º de dezembro e o eventual 2º turno (em Campina e/ou João Pessoa, no caso da Paraíba) aconteceria no último domingo (27) de dezembro.

Elastecimento

A PEC prevê ainda que todos os prazos do calendário eleitoral de 2020 “ficam adiados em dois meses”.

Evidência

“Com a gravidade da pandemia do coronavírus, está clara a impossibilidade de se cumprir o calendário eleitoral deste ano”, sublinha o senador.

É preciso cantar

“Felicidade é uma cidade pequenina

é uma casinha é uma colina

qualquer lugar que se ilumina

quando a gente quer amar”.

(Moraes Moreira que, dormindo, nos deixou ontem aos 72 anos).

Tire a poeira dos livros e mergulhe neles...
Share this page to Telegram

Arquivo da Coluna

Arquivo 2019 Arquivo 2018 Arquivo 2017

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube