Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

quarta-feira, 24/08/2016

A ´Lava Jato´ assanha as togas

Muito morna

Já completamos uma semana da campanha politica propriamente dita e, para a maioria da população, ela ainda não existe.

Acontece uma mobilização restrita aos candidatos, partidos e correligionários, e adicionalmente nas visitas periódicas dos concorrentes às diversas áreas da cidade.

Explicações

Existem várias razões para (tentar) justificar essa situação, a começar pelas Olimpíadas.

Mas é fato que a eleição para prefeito – e, pior ainda, a escolha de um vereador – sequer tem frequentado as conversas entre amigos.

Desapontamento

Certamente vivenciamos mais um momento de decepção do eleitorado com a classe política, que em sua maioria faz por merecer a rejeição ou indiferença popular.

Intransferível

Mas é importante destacar que o exercício do voto é fundamental, porque quando não se participa do processo eleitoral acabamos sendo governados pela alternativa que não se mostrava como a mais oportuna para o gerenciamento da cidade ao longo dos próximos quatro anos.

Balas…

Charliton Machado, candidato a prefeito pelo PT/JP, anteontem, durante debate na TV Master, ao se dirigir à candidata Cida Ramos (PSB): “A senhora mudou muito a sua opinião sobre o golpe no Brasil. O seu vice (deputado Wilson Filho, PTB),  além de golpista, votou favorável ao golpe, defendeu o golpe e faz parte da base conservadora que quer destruir a democracia brasileira”.

… Trocadas

Cida Ramos: “Desconsiderar os aliados não é uma boa politica”.

Da boca de…

“… Eu sou tarado por Campina…” (Enivaldo Ribeiro, ex-prefeito e candidato a vice-prefeito, ontem).

Causa & efeito

As dez cidades com os piores IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) vivem outro drama.

Conforme o jornal O Globo, seus prefeitos estão terminando as gestões em meio a denúncias de descasos em áreas prioritárias, como Saúde e Educação, desvios, nepotismo e até agiotagem.

Multados

A juíza Adriana Barreto Lóssio de Souza, da 71ª Zona Eleitoral, aplicou multa de R$ 10 mil ao candidato a prefeito Adriano Galdino e ao PSB/CG, devido ao descumprimento do tamanho de propaganda política e também por propaganda subliminar.

Mediação

O jornalista baiano da Rede Globo José Raimundo é quem vai mediar, dia 29 de setembro, o debate com os candidatos a prefeito de Campina na TV Paraíba.

Chuva…

No último domingo, o candidato a prefeito Veneziano (PMDB-CG) visitou a Feira da Prata.

Foi questionado por um feirante acerca da entrada d´água nos dias de chuva.

 

… E semente

O ´V´ alegou que era falta de manutenção por parte do atual governo e prometeu ´consertar´ quando voltar à PMCG.

O número

Cada cota de patrocínio da cobertura das Olimpíadas na Rede Globo de Televisão custou R$ 255 milhões, de acordo com o jornal Valor Econômico (SP).

Exceção

Para o deputado Renato Gadelha (PSC), líder do bloco de oposição na Assembleia Legislativa, “o único político” que Ricardo Coutinho (PSB) não enganou foi Cícero Lucena (PSDB).

“Ele usa as pessoas”, cutucou.

Meta

O vereador Lula Cabral (PMB-CG) estima que a coligação que o seu partido integra (juntamente com o PRB e o PMN) conseguirá eleger três vereadores nas eleições de outubro próximo.

Da boca de…

“… Hoje, a água armazenada no semiárido paraibano caberia com folga em um único açude…” (Salomão Medeiros, diretor do Instituto Nacional do Semiárido – INSA, em entrevista à Rádio Campina FM).

Pose de grande

As pesquisas mais recentes do Ibope, divulgadas esta semana, mostram que o PRB lidera a disputa pelas prefeituras das duas principais capitais do País.

Sampa

Em São Paulo, Celso Russomanno tem 33% das intenções de voto, seguido por Marta Suplicy (PMDB), com 17%.

Fernando Haddad (atual prefeito, PT), João Doria (PSDB) e Luiza Erundina (PSOL) têm (cada um) 9%.

Cidade maravilhosa

No Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB) tem 27%, seguido por Marcelo Freixo (PSOL), com 12%; Flavio Bolsonaro (PSC), com 11%; Pedro Paulo (PMDB) e Jandira Feghali (PCdoB), com 6% cada.

Agenda

Será em meados de setembro o debate com os prefeitáveis de Campina Grande nos estúdios da Rádio Campina FM.

Puxar as rédeas

A terça-feira foi de novos percalços para a Operação Lava Jato, dessa vez no plenário do Supremo Tribunal Federal.

O ministro Gilmar Mendes afirmou que “é preciso colocar freios” na conduta dos investigadores.

Recado ao MP

Mendes sugeriu que os procuradores “calcem as sandálias da humildade”, frisando que “não se combate crime com a prática de crime”.

“Isso não vai prosseguir assim, a gente tem instrumentos para se colocar freios. É preciso colocar freios nisso, nesse tipo de conduta”, acrescentou Gilmar, que teve na denúncia de envolvimento de seu colega Dias Toffoli – publicada na mais recente edição da revista Veja – a inspiração para atacar a operação.

José Maranhão deu uma sumida...

Me Aguarde

Palanque

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube