Fechar

Fechar

Arimatéa Souza

sábado, 09/09/2017

A idade chegando

Convergência de critério

O deputado Rômulo Gouveia, presidente do PSD no Estado, concordou com o vice-prefeito pessoense Manoel Júnior (PMDB), para quem a realização de pesquisas é um oportuno critério para definir a candidatura das oposições ao governo estadual no ano que vem.

Ele ressaltou que “nós da oposição estamos extremamente afinados e não vejo maiores dificuldades” para a formação da chapa.

Inconveniente

Gouveia também concordou com o vice pessoense no tocante à dificuldade de inserção, na chapa majoritária, “de dois nomes da mesma região e do mesmo partido”, numa referência ao senador Cássio Cunha Lima (que pretende disputar a reeleição) e ao prefeito Romero Rodrigues, que já colocou o seu nome à disposição do PSDB para a sucessão estadual.

“Fica difícil”, admitiu o deputado, em entrevista à ´Campina FM´.

Ação externa

Rômulo Gouveia creditou as especulações quanto a uma eventual aproximação entre o senador José Maranhão (PMDB) e o governador Ricardo Coutinho (PSB) ao “trabalho de nossos adversários para tentar nos dividir”.

Da boca de…

“… A luta contra o terrorismo é prioridade central. O terror é uma ameaça global, e a resposta precisa ser global…” (Mariano Rajoy, primeiro-ministro da Espanha).

Garimpo

É curioso e preocupante, apesar de parcialmente previsível, o estudo feito pelo Tribunal de Contas da União sobre o setor previdenciário no País, destacado em recente edição pelo jornal Folha de São Paulo.

Leia trechos.

Anomalias

“O Brasil é um país em que ricos fingem ser pobres, presidiários reconhecem a paternidade de filhos de mulheres que nunca viram, crianças recebem licença-maternidade, bebês indígenas são adotados e esquecidos em suas tribos, homens assassinam esposas fictícias e ciganos mudam de identidade como trocam de cidade.

A conta

“O Brasil é um país que paga por tudo isso. E a conta imposta por tanta ´criatividade´ à Previdência Social é alta.

Uma fatura maior que o governo supunha: pode chegar a R$ 56 bilhões por ano.

Proporção

“Ao cruzar dados da Secretaria de Previdência, do Ministério Público Federal, da Polícia Federal e dos ministérios do Trabalho e do Desenvolvimento Social, o TCU chegou à conclusão de que a ´percepção de irregularidades´ é que um, em cada dez benefícios, é pago com erros ou por fraude.

Campeão

“Foi identificado que o Maranhão é o estado com o maior número de fraudes. Lá, as mulheres são as brasileiras que mais recebem auxílio-maternidade. Em um dos casos, o benefício era pago a uma menina de 8 anos”.

Vigência

É de quatro anos a duração do contrato firmado este ano entre a PMCG e a empresa Aliança para a gestão do Maior São João do Mundo.

 

Adesões

15 Estados já aderiram ao projeto de privatização ou de PPP (parceria público privada) do setor de saneamento.

Cifras

Conforme o BNDES, que coordena esse processo, a movimentação financeira será em torno de R$ 35 bilhões em negócios e outros R$ 65 bilhões em investimentos na expansão dos serviços.

Transferência

Ainda de acordo com o BNDES, seis Estados já apresentaram interesse em repassar as participações que possuem em empresas encarregadas da distribuição do gás natural, transações que deverão envolver cerca de R$ 5 bilhões.

Postes

Outra área que também está sendo cobiçada pela iniciativa privada é a de iluminação pública, serviço de responsabilidade dos governos municipais.

Mais de 130 cidades de médio porte já estudam a concessão do serviço.

Sábado é dia de poesia

“Os que a estes mares ontem se arriscaram/ E vivem os que por um amor tremeram/ E dos céus os destinos esperaram…” (Diáspora, nova música dos ´Tribalistas´, que estão de volta).

Flexibilidade

Trocar de plano de saúde ficará mais fácil ainda este ano. A promessa é da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que está com uma consulta pública para alterar a norma de portabilidade dos convênios médicos.

Ladeira…

Um terço dos funcionários públicos do Brasil já completou 50 anos. Na prática, isso significa que são quase 2 milhões de servidores ´cinquentões´, entre os 6,2 milhões de funcionários públicos do Brasil com cargos estáveis na União, nos Estados e nos municípios.

Os dados são do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada).

… Abaixo

Esse grupo, com direito à aposentadoria nos regimes de Previdência pública, vai atingir a idade mínima necessária para deixar a ativa ao longo da próxima década, causando enorme pressão sobre os gastos.

Situação…

O levantamento do Ipea se concentra na análise dos Estados, onde a situação tende a ser mais grave.

… Crítica

Na média, metade dos servidores hoje na ativa nos Estados tem direito à aposentadoria especial. São professores, policiais civis, policiais e bombeiros militares. Os docentes podem parar de trabalhar entre os 52 e os 55 anos.

Quepes

O caso dos militares preocupa ainda mais. Suas aposentadorias estão se tornando cada vez mais precoces, entre 47 e 51 anos, e um enorme contingente se aproxima dos 50 anos.

Marcha rápida

Ainda sobre essa questão, o ´Estadão´ publicou recentemente que o envelhecimento acelerado e generalizado da máquina pública é expressivo no Nordeste e no Norte.

São destaques Maranhão, onde metade dos servidores completou 50 anos, Ceará (43,77%), Paraíba (41,94%) e Rio Grande do Norte (39,69%).

 

Maranhão está ainda mais esperto: festejou esta semana 81 anos...

Me Aguarde

Palanque

Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube